09
jul
12

A crônica de João Pedro Wappler: O porto das artes

.

.

.

O porto das artes, por João Pedro Wapler

.

.

Porto Alegre poderia ser um pólo cultural e isso não é mais uma daquelas conversas para boi dormir. É comum em muitas pequenas cidades europeias um fato: tal lugarejo transforma-se num pólo de artes visuais, cinema, dança, literatura ou teatro. Há muitos anos as metrópoles clássicas (Berlim, Londres, Paris, Praga, Viena, etc) coexistem com outros minicentros de ebulição criativa em harmonia.

No Brasil se dá de outra forma esse fenômeno: temos dois grandes centros e é lá onde acontece quase tudo. Esse panorama já vem de décadas e não é somente um decreto governamental que fomentará a cultura aqui ou acolá. É essencial, acima de tudo, modificar nosso posicionamento diante da cultura. O quanto a arte é essencial para nós, como cidade brasileira? O como podemos fazer para avançarmos nesse sentido e virarmos o jogo o quanto antes?

Nossa capital está recheada de movimentos culturais expressivos. Há diversos coletivos de artes visuais, outras tantas bandas de rock, além de numerosos grupos de dança e de teatro, além de vários novos escritores e pesquisadores surgindo nas universidades. Dentre nossos espaços culturais mais importantes citaria: Casa de Cultura Mario Quintana, Fundação Iberê Camargo, MARGS, Teatro São Pedro, Santander Cultural e Usina do Gasômetro. Abrigamos também outros espaços que também valem a pena ser destacados: Teatro de Câmara Túlio Piva, Teatro Renascença e Casa de Teatro de Porto Alegre. Eventos como o a Bienal do Mercosul, o Fantaspoa, a Feira do Livro, a Festipoa Literária e o Porto Alegre em Cena atestam que, além de um espaço físico propício para a arte, também sediamos acontecimentos vibrantes em matéria artística.

Esse cenário comprova dois fatos: devemos apreciar e fomentar ainda mais a divulgação e afirmação desses espaços e eventos; devemos trabalhar na formação da nossa clássica artística de um modo geral. São dois desafios que exigem parcerias entre governo e iniciativa privada e que não ocorrerão do dia pra noite, evidentemente. O fato é que faltam incentivos locais à cultura e sobreviver como artista aqui é uma tarefa hercúlea. Por isso muitos de nós fazem as malas e somem. E esse panorama não é um fenômeno dos últimos anos…

Convivemos historicamente com um êxodo criativo e urgentes esforços conjuntos, envolvendo também outros grupos sociais e econômicos, tornam-se imperativos para transmutar tais carências estruturais. Nosso ensino público (primário, médio e superior) ainda é muito falho na área artística. Os cursos privados são inacessíveis e também ainda incipientes. Para buscar uma formação de qualidade no campo da arte é ainda indispensável ir para o centro do país.

Pois bem, costumam dizer que o povo gaúcho é muito culto. Não sei bem até onde essa assertiva é válida. Nosso estado é inegavelmente um exemplo de qualidade de vida e de desenvolvimento humano, posicionando-se na frente de muitos outros estados brasileiros em tais quesitos. Nossa cidade se insere nessa realidade regional também. Somos uma das capitais mais bem estruturadas do país sem dúvida alguma, tanto em quesitos humanos quanto materiais. Porém, na seara artística, ainda precisamos de mais pessoas interessadas e ativas, necessitamos de mais energia e incentivos para criar e acima de tudo, deve haver uma constante troca e união entre todos os campos de manifestações artísticas locais. Sem esses quesitos, continuaremos na periferia da arte.

.

João Pedro Wapler. Ator e escritor. Assina o blog de poesia Poesia Imoral (http://poesiaimoral.blogspot.com) e o de fotografia Mobile Frame (http://mobileframe.tumblr.com) . É colunista de literatura do site O Café (http://ocafe.com.br). 

.

.

About these ads

1 Response to “A crônica de João Pedro Wappler: O porto das artes”


  1. 1 Carlota Albuquerque
    7 de agosto de 2012 às 11:11

    Sábias palavras ,João. Parabéns pela delicada visão e por sua síntese tão coerente. Admiração!!!
    Carlota Albuquerque


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


julho 2012
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias

Blog Stats

  • 434,035 hits

Comunidade

Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.395 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: