.

ofic charles kiefer

.

►Oficinas de Literatura Charles Kiefer

.

As Oficinas de Literatura Charles Kiefer, que de 2004 até o primeiro semestre de 2013 ocorriam também na Palavraria,  atualmente acontecem em unidades próprias dos bairros Bom Fim e Menino Deus. Informe-se no blog Oficina Literária Charles Kiefer.

Oficina de literatura – teoria e prática da ficção, da poesia, da crônica e do ensaio. A partir da produção literária dos alunos, os encontros põem em revista o repertório de recursos estéticos da literatura ocidental, valendo-se para tanto de leituras e análises das obras dos principais autores da tradição e da atualidade. Além disso, privilegiam temas afins ao ofício de escritor, como questões relativas a direitos autorais, produção gráfica e sistema editorial. Com base nessas práticas, os alunos são incentivados a aprimorar seus textos e a produzir publicações coletivas ou individuais. Resultados diretos e indiretos do trabalho das oficinas podem ser conferidos em 20 obras individuais e 8 obras coletivas já publicadas, algumas delas premiadas em diversas instâncias.

Quando: anual, 2h/aula por semana, às sextas (das 11 às 13h).

Informações: Oficinas Charles Kiefer – pelos telefones 51 3311 4825 e  51 8116 7928 ou pelo email charleskiefer@uol.com.br.

.

CHARLESMinistrante: Charles Kiefer. Romancista, ensaísta, contista e poeta, nasceu em Três de Maio em 1958. Estreou na ficção em 1982, com a novela Caminhando na chuva, texto dedicado a leitores adolescentes. Em 1987 participou do International Writing Program, da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, programa destinado a qualificar escritores. É doutor em Teoria da Literatura pela PUC-RS, onde leciona atualmente no Curso de Letras. Publicou mais de 30 títulos, entre eles O pêndulo do relógio (Prêmio Jabuti, 1994), Um outro olhar (Prêmio Afonso Arinos, 1993) e Valsa para Bruno Stein (em 8ª edição, 2006). Seu livro Você viu meu pai por aí? (1986) obteve o Prêmio Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, em 1987. Em poesia, publicou Museu de coisas insignificantes (1994) e Antologia pessoal (1998).

Veja mais de Charles Kiefer em:
http://charleskiefer.blogspot.com/
http://oficinaliterariacharleskiefer.blogspot.com/

,


2 Responses to “oficinas charles kiefer”


  1. 1 patricia
    3 de dezembro de 2012 às 18:20

    ótimo o livro que ele escreveu… Valsa para Bruno Stein…

  2. 2 eduarda
    12 de março de 2012 às 15:43

    muito interresante me ajudou bastante no meu trabalho sobre ele


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias

Blog Stats

  • 417,352 hits

Comunidade


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.333 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: