Arquivo para 3 de agosto de 2009

03
ago
09

Mais promoções da Palavraria: 20% de desconto

 

promocoes

Promoção do DIA DOS PAIS na PALAVRARIA:  

Descontos de 20% nos livros das editoras 
Civilização Brasileira, José Olympio e Best Seller  

grupo record

A Palavraria promove descontos de 20% na compra de livros das Editoras José Olympio, Civilização Brasileira e Best Seller. Somente para livros em estoque na Palavraria e para pagamentos em dinheiro, cheque, cartão de débito e cartão de crédito em uma vez.

 Promoção válida para o período de 03 a 22 de agosto.

 

MARCADOR 01_LIVROS

Anúncios
03
ago
09

Dica de leitura, por Ademir Furtado

 

dicas leitura

A recomendação de leitura desta semana – a obra Cidades Mortas, de Monteiro Lobato, vai por conta de Ademir Furtado. 

Título: Cidades Mortas
Autor: Monteiro Lobato
Editora: Globo, 2008

As cidades são mortas, modorrentas, provincianas. O silêncio só é quebrado de quando em quando pelo ranger das rodas enferrujadas de um carro de boi, ou pelo sino da capela em frente à praça central. Os habitantes são matutos oriundos de um mundo rural prestes a se urbanizar. Monteiro Lobato descreve as peripécias desses personagens anônimos, cuja única preocupação é a garantia da sobrevivência. Mas seu olhar não traz mais a crueldade do Naturalismo, muito menos a idealização do Romantismo. O ponto de vista, aqui, é o de um homem culto, que tem os olhos num futuro progressista, mas mantém os pés presos ao arcaísmo crônico de um Brasil pré-industrial. A reação não é de censura nem de rancor. Ao contrário: a cada página, o que verte é um humor condescendente, quase terno, ao observar essa gente caipira, que viria a formar a Nação que temos hoje. O Brasil de Monteiro Lobato é uma criança brincando de ser um país adulto. E nesse sentido, Cidades Mortas é um livro muito atual.
ADEMIR FURTADO 02Ademir Furtado escreve no blog http://prosaredo.blogspot.com 

  

 

 

 

Um pouquinho mais sobre Monteiro Lobato
José Bento Renato Monteiro Lobato (1882-1948) foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. Foi o “precursor” da literatura infantil brasileira e ficou popularmente conhecido pelo conjunto educativo, bem como divertido, de sua obra de livros infantis, o que seria aproximadamente metade da sua produção literária. A outra metade, consistindo de inúmeros e deliciosos contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, prefácios, um livro sobre a importância do petróleo e do ferro e um único romance, O Presidente Negro, que não alcançou a mesma popularidade que suas obras para crianças.

Livros infantis  – Coleção Sítio do Picapau Amarelo
1921 – O Saci
1922 – Fábulas
1927 – As aventuras de Hans Staden
1930 – Peter Pan
1931 – Reinações de Narizinho
1932 – Viagem ao céu
1933 – Caçadas de Pedrinho
1933 – História do mundo para as crianças
1934 – Emília no país da gramática
1935 – Aritmética da Emília
1935 – Geografia de Dona Benta
1935 – História das invenções
1936 – Dom Quixote das crianças
1936 – Memórias da Emília
1937 – Serões de Dona Benta
1937 – O poço do Visconde
1937 – Histórias de Tia Nastácia
1939 – O Picapau Amarelo
1939 – O minotauro
1941 – A reforma da natureza
1942 – A chave do tamanho
1944 – Os doze trabalhos de Hércules (dois volumes)
1947 – Histórias diversas

Outros livros infantis
1920 – A menina do narizinho arrebitado
1921 – Fábulas de Narizinho
1921 – Narizinho arrebitado (incluído em Reinações de Narizinho)
1922 – O marquês de Rabicó (incluído em Reinações de Narizinho)
1924 – A caçada da onça
1924 – Jeca Tatuzinho
1924 – O noivado de Narizinho (incluído em Reinações de Narizinho, com o nome de O casamento de Narizinho)
1928 – Aventuras do príncipe (incluído em Reinações de Narizinho)
1928 – O Gato Félix (incluído em Reinações de Narizinho)
1928 – A cara de coruja (incluído em Reinações de Narizinho)
1929 – O irmão de Pinóquio (incluído em Reinações de Narizinho)
1929 – O circo de escavalinho (incluído em “Reinações de Narizinho, com o nome O circo de cavalinhos)
1930 – A pena de papagaio (incluído em Reinações de Narizinho)
1931 – O pó de pirlimpimpim (incluído em Reinações de Narizinho)
1933 – Novas reinações de Narizinho
1938 – O museu da Emília (peça de teatro, incluída no livro Histórias diversas)

Livros para adultos
1918 O Saci Pererê: resultado de um inquérito
1918 Urupês
1918 Problema vital
1919 Cidades mortas
1919 Idéias de Jeca Tatu
1920 Negrinha
1921 A onda verde  
1923 O macaco que se fez homem
1923 Mundo da lua
1923 Contos escolhidos
1924 O garimpeiro do Rio das Garças
1926 O choque
1927 Mr. Slang e o Brasil
1931 Ferro
1932 América
1933 Na antevéspera
1933 Contos leves
1936 O escândalo do petróleo
1940 Contos pesados
1941 O espanto das gentes
1943 Urupês, outros contos e coisas
1944 A barca de Gleyre
1947 Zé Brasil
1947 Prefácios e entrevistas
1948 Literatura do minarete
1948 Conferências, artigos e crônicas
1948 Cartas escolhidas
1948 Críticas e outras notas
1948 Cartas de amor 

Veja mais sobre Monteiro Lobato em
http://www.projetomemoria.art.br/MonteiroLobato/index2.html

 

MARCADOR 01_LIVROS




agosto 2009
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias

Blog Stats

  • 722.917 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: