26
ago
09

Dica de leitura, por Luciano Mattuella

 

dicas leitura

 

Uma trilogia nem tão óbvia

Títulos: Febre de Bola, 31 Canções e Frenesi Polissilábico
Autor: Nick Hornby
Editora: Rocco  

FEBRE DE BOLA NICK HORNBYNo fim das contas, suponho que eu também acredito que a vida é momentânea e triste, mas não destruidora de toda esperança, e talvez isto faça de mim um depressivo dramático, ou talvez isto faça de mim um idiota feliz, mas de qualquer modo ‘Thunder Road’ [música de Bruce Springsteen] sabe como eu me sinto e quem eu sou, e isto, no final, é um dos consolos da arte. (trecho de 31 Canções
Em um de seus famosos seminários, o psicanalista francês Jacques Lacan afirmou que aquilo “que a cultura nos veicula como sendo o mundo é um empilhamento, um depósito de destroços de mundos que se sucederam”. Frase que relembra a relação entre os vivos – o mundo em que estamos inseridos – e os mortos – aqueles que deixaram a cultura como uma herança. 
NICK HORNBY 31 CANÇÕESNa literatura contemporânea, talvez um dos autores que melhor conseguem expor esta construção da identidade a partir de destroços da cultura é o britânico Nick Hornby, conhecido especialmente por duas obras suas que foram adaptadas às telas do cinema: Alta Fidelidade e Um Grande Garoto. Em pleno auge criativo, Nick Hornby é uma prova de que boa literatura não precisa ser literatura clássica, de que existem escritores atuais com um sentido muito aguçado para as inquietações humanas. 
Dentre as suas obras, eu gostaria de destacar três, que formam uma trilogia nem tão óbvia: Febre de Bola, 31 Canções e Frenesi Polissilábico, publicados no Brasil pela Editora Rocco.
NICK HORNBY FRENESITrata-se de três livros em que Nick Hornby reflete sobre como a sua vida pessoal e a sua identidade encontram alicerces no futebol, na música e na literatura. São livros de memórias, mas não por isso deixam de ser livros de crítica cultural. Em última instância, Hornby fala sobre a experiência de ser torcedor, espectador e leitor, de ser alguém imerso entre os destroços da cultura. 

 

LUCIANO MATUELLALuciano Mattuella é psicólogo (UFRGS), psicanalista, especialista em Atendimento Clínico (UFRGS), mestre em Filosofia – Estética (PUC-RS), doutorando em Filosofia – Estética (PUC-RS). Desenvolve atualmente na Palavraria, às quintas-feiras, o curso O sujeito contemporâneo: as novas formas de ser e de habitar o mundo.

Obras de Nick Hornby

NICK HORNBY

Ficção:

1995 High Fidelity (Alta Fidelidade)
1998 About a Boy (Um Grande Garoto – Rocco, 2000)
2002 How to Be Good (Como Ser Legal – Rocco)
2005 A Long Way Down (Uma Longa Queda – Rocco)
2008 Slam

 

Não-Ficção:
1992 Fever Pitch (Febre de Bola – Rocco)
2003 31 Songs (31 Canções – Rocco, )
2004 The Polysyllabic Spree (Frenesi Polissilábico – Rocco)

 

Filmografia
1997 Fever Pitch (Febre de Bola) — dirigido por David Evans; roteiro por Nick Hornby
2000 High Fidelity (Alta Fidelidade) — dirigido por Stephen Frears
2002 About a Boy (Um Grande Garoto) — dirigido por Chris Weitz e Paul Weitz
2005 Fever Pitch (Amor em Jogo) — dirigido por Bobby Farrelly e Peter Farrelly

 

Anúncios

0 Responses to “Dica de leitura, por Luciano Mattuella”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


agosto 2009
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias

Blog Stats

  • 712.864 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: