29
set
09

Mais promoções da Palavraria

promocoes

 

 PROMOÇÃO DA PALAVRARIA: LIVROS COM DESCONTOS ATÉ mais de 50%

 

Convidamos que você escolha na lista abaixo os livros de sua preferência e faça sua reserva ou vá até a loja.

Estoque limitado.

Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim. Telefone 51 3268 4260 ou palavraria@palavraria.com.br.

 

Protesto e o novo romance brasileiro. Malcolm Silverman. Civilização Brasileira, 2000. De R$ 61,00 por R$ 30,00.  Além de seu caráter temático centrado no protesto social e político, o texto de Malcolm Silverman acaba por tornar-se um gigantesco painel introdutório ao romance brasileiro contemporâneo, servindo de guia a estudantes, professores, escritores e a todos que desejarem ter uma visão ampla, completa do que se produziu entre nós nas últimas décadas. Este livro recebeu o prêmio de melhor ensaio literário da Associação Paulista de Críticos de Arte.  

O álbum de Oscar Wilde. Merlin Holland. Civilização Brasileira, 2001. 192 pág. De R$ 54,00 POR R$ 20,00. Oscar Wilde – escritor genial e ferino, rei da autopromoção – teve uma vida marcada pela polêmica, o que o tornou um dos homens mais odiados e festejados de seu tempo. Este livro traz imagens e fotografias posteriores (muitas inéditas) do arquivo familiar, mostrando Oscar Wilde, sua família e amigos, e raros instantâneos dos últimos anos de Wilde na Itália, tirados por um amigo com a própria câmera do escritor. 

O conto de Machado de Assis. Organizado por Sônia BRAYNER. Civilização Brasileira. ESGOTADO. POR R$ 15,00 

Os reis. Julio Cortazar. Civilização Brasileira, 2001. 82 pág. FORA DE CATÁLOGO POR R$ 23,00. Lançado em 1949, ‘Os Reis’ – um misto de poema dramático e peça – marca a estréia literária de Julio Cortázar e apresenta muitas chaves para entender a sua criação literária. Nesta obra, o jovem Cortázar recria o mito de Minos, Teseu, Ariadne e o Minotauro. As perspectivas do rei, do herói, da anelante alma feminina e do monstro se projetam da dimensão clássica para o existir humano, imediato e concreto, de qualquer tempo. Em ‘Os reis’, Julio Cortázar discorre sobre a tentação permanente do mistério, o fascínio de um conhecimento que se revela insaciável, o poderoso chamado de uma outra realidade mais funda e verdadeira que aquela que refulge nas aparências – tudo isso surge do labirinto que abriga o monstro

Ouvindo Cézanne, Degas, Renoir. Ambroise Vollard. Civilização Brasileira, 2000.  319 pág. ESGOTADO. POR R$ 20,00. Os três retratos presentes neste livro são tão vívidos pelo simples fato de que Vollard se dispõe a ouvir suas idéias sobre pintura e sobre pintores, com as vantagens inestimáveis de ter usado o melhor momento para fazer as perguntas e ter sabido o que perguntar. Como as telas de seus interlocutores, ele usa os diversos pontos de vista para multiplicar em vez de dividir. Mas o que vale no livro são as declarações de cada pintor. Cézanne critica Manet porque trabalha ‘fácil’. Diz que Van Gogh pinta como louco. Exalta Ingres. Degas detesta Ingres. Também reclama de Manet, especialmente do tardio. E se irrita com a mania de pintar ao ar livre. Há também o que os outros dizem deles. De fofocas invejosas a comentários técnicos, o que este livro traz, é a prova de que um gênio só existe quando existe alguém para ouvi-lo. E entendê-lo. 

O prazer e o mal. Filosofia da droga. Giulia Sissa. Civilização Brasileira, 1999. 208 pág. ESGOTADO POR R$ 20,00  Numa escrita concisa, a italiana Giulia Sissa nos arrebata na viagem vertiginosa que realiza pelos universos do prazer e do mal provocados pelas drogas. Ela parte de relatos fascinantes, que vão de Baudelaire e de Thomas de Quincey, no século XIX, até a experiência de Freud com a cocaína nos primórdios da psicanálise, além de tecer comentários agudos sobre os anônimos drogados contemporâneos que, da heroína ao LSD e à cocaína, traçam as cenas apocalípticas daqueles que buscam, numa aventura sem porto de chegada, o insólito e o inesperado. 

Mimesis: desafio ao pensamento.  Luiz Costa Lima. Civilização Brasileira, 2000. 432 pág. De R$ 61,00 POR R$ 30,00.  A maioria dos analistas contemporâneos da literatura acredita que o fenômeno da mímesis corresponde simplesmente ao que se costuma chamar de ‘imitação’. Mas o ensaísta, crítico e professor Luiz Costa Lima, um dos mais prestigiados representantes da intelectualidade brasileira, não concorda. Neste livro ele afirma que o conceito de mímesis – já estudado por Walter Benjamin, René Girard e Theodor Adorno – nunca foi este. Pode haver arte na imitação. Pode haver originalidade no plágio. Luiz Costa Lima faz uma outra leitura do conceito. De Descartes a Freud, ele mostra como é importante reconsiderar a idéia de sujeito e repensar a mímesis. Além disso, revela claramente a insuficiência do pensamento de vanguarda na tentativa de ultrapassar suas próprias debilidades

O enigma do dom. Maurice Godelier.  Civilização Brasileira, 2001. 336 pág. De R$ 43,00 POR R$ 25,00.  Um dos maiores clássicos da antropologia, ‘O Enigma do Dom’ avalia o papel e importância do ”dom” no funcionamento das sociedades e na constituição do laço social. A perspectiva geral adotada pelo autor renova profundamente a nossa compreensão dessa dinâmica. De fato, Maurice Godelier analisa as coisas que se dão ou aquelas que se vendem a partir das coisas que não se dão ou não se vendem, das coisas que se guardam e que se devem guardar, entre as quais objetos sagrados aparecem em primeiro lugar. 

Galo de ouro e outros textos para cinema. Juan Rulfo. Civilização Brasileira, 1999.  96 pág. De R$ 26,00 POR R$ 15,00. O roteiro inedito de O Galo de Ouro, escrito em linguagem acessivel, plastica e funcional, sem as preocupacoes estilisticas e a precisao que se esperam de um projeto cinematografico, mergulha nas obcessoes caracteristicas do universo do seu autor.

Decadência e queda do império freudiano. Hans Jurgen Eysenck. Civilização Brasileira, 1993. 224p. De R$ 41,00 POR R$ 20,00.

O desejo frio. Michel Tort. Civilização Brasileira, 2001. 366 pág. ESGOTADO. POR R$ 20,00. O autor mostra neste livro que, apesar de uma criança não precisar, necessariamente, de seus progenitores para o próprio desenvolvimento, é certo que essa construção cultural parte da concepção simbólica de família – ao passo que as manipulações genéticas não possuem referencial conhecido. Michel Tort argumenta que esta viabilização técnica da ordem da vida se insere numa série bem mais ampla na qual se inscrevem também as pesquisas sobre o genoma, a neurociência e a instrumentalização da morte. 

Dédalo. Para finalizar o século XX. Georges Balandier. Bertrand Brasil, 1999.  254 pág. De R$53,00 POR R$ 30,00 Este livro apresenta um estado de nossas sociedades, e faz disso um reconhecimento comentado. No início identifica seus pontos críticos. Em seguida traça em cada capítulo um itinerário – ao longo dos caminhos confusos da memória; ao encontro dos novos Dédalos, senhores do poder técnico; na descoberta das encruzilhadas do imaginário; na busca dos desvios do sagrado e, finalmente, na interrogação de uma democracia abalada, que dá ao texto sua conclusão política

O corpo do diabo entre a cruz e a caldeirinha. Um estudo sobre a mulher, o masoquismo… Silvia Alexim Nunes. Civilização Brasileira, 2000. 255 pág. ESGOTADO. POR R$20,00

Paul Gauguin: Uma vida. David Sweetman. Record, 1998.  644 pág. ESGOTADO. POR R$20,00

Guia da Paris impressionista. Patty Laurie. Record, 1998.  188 pág. De R$ 39,00 POR R$ 25,00.

Mudança, crise e violência. Política e cultura no Brasil contemporâneo. Gilberto Velho. Civilização Brasileira, 2002. 304 pág. De R$ 38,00 POR R$ 20,00.  Conjunto de textos escrito por um cientista social, voltado para temas e questões que aparecem na imprensa diária. Vida política, ações governamentais, questões e debates sobre diversos aspectos da sociedade brasileira são focalizados. 

A companhia. Robert Littel. Record, 2003. 784 pág. De R$ 76,00 POR R$ 30,00 ‘A companhia’ é o romance definitivo sobre os serviços de inteligência norte-americanos, que não poupa críticas a seus métodos, às suas ações e aos seus objetivos. Em um momento em que os Estados Unidos estão envolvidos em novo conflito militar, é bom olhar para o passado e tentar evitar a repetição de erros históricos, que tiveram conseqüências terríveis sobre nosso presente.  

A voz de um século. Biografia de George Eliot. Record, 1998.  884 pág. De R$ 98,00 POR R$ 40,00.

Réquiem alemão. Philip Kerr. Record, 2001. 368 pág. De R$ 38,00 POR R$ 15,00. Dando continuidade à trilogia que iniciou com ‘Violetas de março’ e ‘Assassino branco, este livro traz, mais uma vez, uma Berlim nazista que renasce através dos olhos de um investigador particular alemão. No enredo, o mais durão dos detetives do noir germânico, Bernie Gunther, enfrenta o mundo pós-nazismo de 1948. No último capítulo da trilogia, Gunther vai para a Viena destroçada pela Segunda Guerra Mundial à procura de provas que inocentem um contrabandista, ex-companheiro de polícia, e envolve-se num plano para salvar criminosos nazistas. 

Raízes da violência. Roland Corbisier. Civilização Brasileira, 1991. 294 p. De R$ 48,00 POR R$ 20,00.

Rios vermelhos. Jean-Christophe Grange. Record, 2000.  400 pág. ESGOTADO. POR R$ 20,00. Com a atmosfera envolvente e bem construída, característica dos melhores policiais, aliada à ação eletrizante, este livro põe dois detetives inesquecíveis na pista de assassino que planeja crimes em série com requintes de crueldade em uma pequena cidade universitária do interior da França. Apenas um crime com requintes de crueldade ou obra de uma seita satânica? Para rastrear as pistas deixadas pelo assassino, o escritor Jean-Christophe Grangé escalou a dupla de tiras Niémans e Abdouf. Experientes, mergulham na investigação e são levados além do limite da imaginação humana. 

Metamorfoses entre o sexual e o social. Uma leitura da teoria psicalitica sobre a perversa. Carlos Augusto Peixoto Jr. Civilização Brasileira, 1999. 316 p. De R$ 54,00 POR R$ 20,00.

A ilha de sagitário. Antonio Calloni. Bertrand Brasil, 2000. 108 pág. De R$ 27,00 POR R$ 15,00. Após o sucesso do livro de poesias ‘Os Infantes de Dezembro’, Antonio Calloni brinda o leitor com uma série de 11 contos em ‘A Ilha de Sagitário’ onde os personagens trafegam pelo livro com a descarada desenvoltura de gente que está mais é viva, vivente. Em todos os seus contos fica nítida que a paixão de Calloni pela literatura é tão forte quanto à arte de representar. Com aguçado teor poético e humor, o autor descreve, no primeiro conto que dá o título ao livro, suas primeiras impressões do mundo da caça. Em outro conto, ‘Sessão da tarde’, Calloni conta a história de macho e fêmea, de avanços e recuos onde as peles uivam a mais antiga das linguagens. ‘A Ilha de Sagitário’ revela, através de um lirismo pungente, as impressões vividas e apreendidas na realidade do ser humano, Antonio Calloni. Parte da renda do livro é destinada ao Retiro dos Artistas. 

Marcas de nascença. Uma Aventura da Hannah Wolfe. Sarah Dunant. Record, 1999.  238 pág. De R$ 41,00 POR R$ 20,00. Quem disse que o mundo dos detetives particulares é exclusivamente masculino? Sarah Dunant prova o contrário neste romance policial apresentando Hannah Wolfe, uma investigadora que, como seus colegas de ofício, tem uma facilidade incrível para se meter em encrencas. Hannah, uma balzaquiana situada no lado errado de seus 30 anos, é obrigada a servir de segurança para milionárias em compras para conseguir pagar o aluguel. Um dia, porém, recebe a missão de investigar o desaparecimento de uma jovem bailarina que havia muito tinha deixado de se comunicar com sua protetora, uma típica senhora inglesa. Encontrar a moça, até que ela encontra – só que afogada no Tâmisa, com o bolso cheio de pedras e grávida de oito meses. Suicídio ou assassinato? 

Nossa paixão era inventar um novo tempo. Gilmar Chaves / Daniel de Souza (Orgs.). Rosa dos Tempos, 1999. 194 pág. De R$ 39,90 POR R$ 20,00. Trinta e quatro brasileiros ilustres dão aqui seus depoimentos sobre a resistência à ditadura militar. Com prefácio de D.Paulo Evaristo Arns, apresentação de Oscar Niemeyer e organização de Gilmar Chaves e Daniel Souza, Nossa paixão era inventar um novo tempo é um livro fundamental para se compreender um dos períodos mais difíceis da História recente do Brasil. 

A morte no moinho. Ellis Peters. Record, 1996. 224 pág. De R$ 35,00 POR R$ 20,00.

O contorno. Poder e modernidade. Georges Balandier. Bertrand Brasil, 1997.  278 pág. De R$ 53,00 POR R$ 30,00.

Diário póstumo. 84 Poemas dedicados a Annalisa Cima. Eugênio Montale. Trad. Ivo Barroso. Record, 2001. 208 pág. De R$ 39,00 POR R$ 20,00. Este livro traz 84 poemas de Montale, reunidos por Annalisa Cima – poeta e pintora que conheceu Montale aos 27 anos de idade, quando ele já chegara aos 72, mantendo com ele uma amizade que se transformou em sentimento amoroso. Nesta obra estão poemas confessionais e de versos curtos, adequados aos suportes sobre os quais foram escritos – guardanapos, cartões-postais e envelopes de carta. 

A crueldade melancólica. Jacques Hassoun. Civilização Brasileira, 2002.  176 pág. De R$ 26,00 POR R$ 15,00. Neste estudo instigante, o psicanalista Jacques Hassoun analisa como o sofrimento, a paixão, o vício, a violência, a desesperança política e uma tendência à tirania são manifestações da melancolia, um distúrbio que ocupa lugar de destaque na teoria psicanalítica. 

A origem da linguagem. Eugen Rosentock-Huessy. Record, 2002. 270 pág. De R$ 47,90 POR R$ 20,00. O livro apresenta elementos como o pensamento da fala, o método gramatical, a cruz da realidade, a preocupação com o tempo, o ataque ao penso, logo existo de Descartes e a centralidade de Deus. Rosenstock-Huessy inicia a obra com o tempo e a história, com a linguagem das tribos e nações que dão aos indivíduos o poder e o dom da fala e com isto criam novas sociedades no tempo e no espaço. ‘A origem da fala’ não ataca apenas o cogito cartesiano, mas também as pressuposições das velhas escolas filosóficas sobre lógica e gramática. 

Anúncios

0 Responses to “Mais promoções da Palavraria”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


setembro 2009
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias

Blog Stats

  • 717.837 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: