30
set
09

Dica de leitura por Pedro Stiehl

dicas leitura 

Pedro Stiehl recomenda livro de Gonçalo M. Tavares 

Título: Jerusalém
Autor: Gonçalo M. Tavares
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2006
228 páginas 

JERUSALÉM_GONÇALO TAVARESO que há de desumano nas pessoas normais? O que há de profundamente humano nos loucos? Sob a espada de tais questões (dentre outras) o leitor pode tentar transitar por “Jersusalém”, do escritor português Gonçalo M. Tavares. Na interação entre uns e outros, Gonçalo Tavares conta uma história surpreendente, com uma linguagem limpa, econômica e clara; uma história onde se sobressai a tentativa (eterna?) de domínio, de poder, de força, como disciplinador –  de “ajustamento” – do indivíduo e, por conseguinte, da sociedade. Com maestria, o autor coloca o leitor como juiz tanto da necessidade de domínio quanto da justiça dos instrumentos utilizados.
Noutro ponto, chama a atenção seu estilo, seu domínio perfeito do tempo, que vai e volta, numa volatilidade estonteante. Às vezes, o peso do presente. Às vezes, as brumas do passado. O que, de certa forma, ele também faz com o narrador que, num momento é apenas um narrador na terceira pessoa e de repente, sem aviso conversa com o leitor ou com o personagem. E o choque, a agressão que isso de certa forma representa, é sempre de surpresa e nos arranca dos lábios um sorriso de satisfação. Não perca “Jerusalém”. Uma boa trama, com temática pertinente, madura e muito bem escrito. Para quem não quer uma Literatura de respostas, mas de perguntas. 

PEDRO STIEHL 01Pedro Stiehl, escritor nascido e residente em Montenegro, RS, publicou os livros Rapsódia em Berlim (Contos, AGE, 2006), Bárbaros no paraíso (Romance, WS Editor, 2003 – indicado para o Açorianos 2004), Breviário profano (Poesia, IEL – Instituto Estadual do Livro, 2000) e Vida fora da gangue (Novela, WS Editor, 2000)

 

Um pouco mais sobre Gonçalo M. Tavares 

GONÇALO M. TAVARES 02Gonçalo M. Tavares é um escritor português. Nasceu em 1970 em Luanda, Angola. Em dezembro de 2001 publicou a sua primeira obra, Livro de Dança, na Editora Assírio e Alvim. Recebeu o Prémio “Branquinho da Fonseca” da Fundação Caloustre Gulbenkian e do Jornal Expresso com O Senhor Valéry. Os seus livros deram origem a peças de teatro, vídeos de arte, ópera.

Algumas obras publicadas:

2001O Livro da dança, Assírio & Alvim
2002A colher de Samuel Beckett e outros textos, Campo das Letras
2002Investigações. Novalis, Difel
2002O homem ou é tonto ou é mulher, Campo das Letras
2002O senhor Valéry, Editorial Caminho
2003O senhor Henri, Editorial Caminho
2003Um homem: Klaus Klump, Editorial Caminho
2004A màquina de Joseph Walser, Editorial Caminho
2004Biblioteca, Campo das Letras
2004O senhor Brecht, Editorial Caminho
2004O senhor Juarroz, Editorial Caminho
2005 – 1 – Poemas, Bertrand Brasil
2005Histórias falsas – estórias, Campo das Letras
2005Jerusalém, Editorial Caminho
2005O senhor Calvino, Editorial Caminho
2005O senhor Kraus, Editorial Caminho
2006Água, Cão, Cavalo, Cabeça, Editorial Caminho
2007 – Jerusalém, Cia das Letras
2008 – Aprender a rezar na era da técnica, Cia das Letras

Anúncios

0 Responses to “Dica de leitura por Pedro Stiehl”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


setembro 2009
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias

Blog Stats

  • 726.830 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: