Arquivo para 28 de outubro de 2009

28
out
09

Dica de leitura, por Daniela Langer

dicas leitura

Dica de Leitura, por Daniela Langer

Sanga Menor – Cíntia Lacroíx
Editora Dublinense
Páginas: 256
Formato: 14×21 cm
ISBN: 9788562757020

.

SANGA MENOR Alguns livros me fazem sentir como coisa morta. São livros que nada dizem ou dizem sempre do mesmo. Melhor se fossem publicados em branco. Quando acontece de me cair nas mãos um livro de um autor que não conheço, minha primeira reação é de frio. O medo de virar a coisa-morta. Por sorte, vence um outro lado, o aventureiro, e, então, dou um sorriso meio de lado, lembro do jardim da casa da minha avó e do canto que nunca cansei de explorar e que nunca foi totalmente explorado. A euforia substitui o medo. Foi acompanhada dessa euforia que abri Sanga Menor, romance de estreia da autora Cíntia Lacroíx, editado pela Dublinense.

Bem acomodada, entrei em Sanga Menor (cidade fictícia que dá título à obra) mais ou menos as seis e meia da tarde, e que tristeza foi interromper a leitura lá pela madrugada, quando o sono me arrancou da história de Lírio Caramunhoz, Lírinho, homem com jeito de criança, encarcerado no sobrado em que nasceu e se criou apalermado pela vida e pela mãe super-protetora que ainda lhe serve com mimos de bebê. Seu contraponto é o primo Gilberto, publicitário famoso e filho da excêntrica Caetana dos Fantoches, que muito nova trocou Sanga pela capital, transformando-se, através do imaginário popular, na eterna “louca” da pequena cidade.

No outro dia, acordei e fui direto para leitura. Que maravilha! A história dos moradores de Sanga não tem exageros, o que precisa ser narrado ou descrito, é posto na medida. O narrador abre mão de subterfúgios ou eufemismos: diz o que é do mundo e das coisas do mundo. Outro ponto que me chamou a atenção: Sanga Menor é um exemplo de como significado e significante se encontram, e no desvelo da trama, tornam-se um só. Ao dar vida à Caetana dos Fantoches, revela-se o títere perfeito na forma de narrador. De posse de uma linguagem lapidada, Cíntia tenciona e relaxa as cordas que mantém vivo o leitor.
Pelas horas em que estive na companhia dos moradores de Sanga Menor, senti-me mais viva do que nunca, pois são dessas preciosidades, que muitas vezes só podem ser vividas em pequenas cidades onde o maravilhoso e o real são quase palpáveis, que se necessita para viver.

.

daniela-langer-03 Daniela Langer é designer. Também estuda o que lhe causa espanto na literatura e é aluna da Oficina Charles Kiefer desde 2005. Foi premiada no Concurso Osman Lins de Contos 2005. Tem textos publicados em em antologias, entre elas Inventário das delicadezas (Nova Prova, 2007) e Novos Contos Imperdíveis (Nova Prova, 2007. Este ano foi uma das autoras selecionadas para o projeto Outras Mulheres, organizado pelo escritor Charles Kiefer.
www.ordinariedades.blogspot.com

.

Sobre Cíntia Lacroix

CÍNTIA LACROIX Nasceu em Porto Alegre, em 1969. Formou-se em direito na UFRGS e cursou jornalismo na PUC. Em Roma, estudou direito internacional e literatura italiana. Participou da oficina de criação literária ministrada por Luiz Antonio de Assis Brasil, publicando contos na coletânea Contos de oficina 28, e frequenta os seminários de criação literária coordenados por Léa Masina. Trabalha como Procuradora da Fazenda Nacional, na Advocacia-Geral da União.

.

mini logo

Anúncios



outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 722.461 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: