Arquivo para outubro \13\UTC 2009



13
out
09

Programação de 13 a 17 de outubro

program sem

17, sábado, às 11h: Lançamento dos livros Mistérios na selva amazônica e A gruta assombrada, de Eni Allgayer (WS Editora)

MISTÉRIO NA SELVA AMAZÔNICAA literatura juvenil tem uma nova família, que chega na WS Editor para marcar época e fazer história: os Steiner. A Série CAÇADORES DE ENIGMAS narra as aventuras da equipe de pesquisa do Museu Antropológico da Fundação Universitário Brasil – FUBra,  chefiada por Alberto Steiner, que conta com o apoio da esposa Suzana. Os heróis, no entanto, são a esperta Angélica, mais conhecida como Lica, de 10 anos, a irmã Raquel, a narradora das peripécias do grupo, e  o seu namorado Marcelo. Caçadores de enigmas – Mistério na selva amazônica se passa na mítica Amazônia. São cavernas, montanhas, túneis, esqueletos de animais e de estranhos seres, como um alienígena de cristal.  São múltiplas e inquietantes as imagens criadas por Eni Allgayer na narrativa juvenil Caçadores de enigmas – Mistério na selva amazônica, cujo enredo se passa na Amazônia, esse imenso espaço geográfico que consome o equivalente a quase metade do Brasil. É na Amazônia que se situa a hiléia, a feliz denominação que Alexander Von Humboldt (1769-1859) atribuiu à maior floresta equatorial do mundo. Mas é também uma Amazônia fantástica onde é processado o extrativismo vegetal da seringueira e do caucho, bem como o extrativismo mineral que propicia as riquezas geradas pelo ouro, ferro, sal-gema, manganês, bauxita, cobre, chumbo e diamante. É nessa extensão ideal e, de certo modo, sem limites, que as montanhas, os rios e as cavernas se inscrevem na narrativa não somente como recursos para evidenciar os episódios de que participam os personagens, mas também a possibilidade de criação de uma atmosfera que instaura, com a sua iluminação encantatória, os reflexos da realidade transfigurada. A GRUTA ASSOMBRADACaçadores de enigmas A gruta assombrada tem por cenário uma pacata povoação no interior do Rio Grande do Sul, onde estranhos fatos perturbam e intrigam os habitantes da região. A aventura que envolve a montagem de uma expedição arqueológica é o ponto de partida da narrativa juvenil Caçadores de enigmas A gruta assombrada, de Eni Allgayer. Numa pacata povoação no interior do Rio Grande do Sul, estranhos fatos começam a deixar intrigados os habitantes da região. Especialistas na área da antropologia e da arqueologia, valendo-se de informações sobre a mudança ambiental do povoado, dirigem sua atenção para a existência de uma caverna de conformação também inusitada e em torno da qual vão-se suceder os episódios que sustentam a narrativa. Eni Allgayer nasceu em Tupanciretã, Rio Grande do Sul, mas foi criada em Sapucaia do Sul, que lhe concedeu o título de  cidadã honorária. Obras: Sapucaia do Sul, enfim uma cidade, ensaio. Esteio, 1982; A história de Sapucaia do Sul, ensaio. Porto Alegre, 1992; Carruagens de fogo, contos. Porto Alegre, 2004; Escravidão, negros e índios: histórias e mitos, ensaio. Porto Alegre, 2005; Caçadores de enigmas: Mistério na selva amazônica, novela juvenil. Porto Alegre: WS Editor, 2009; Caçadores de enigmas: A gruta assombrada, novela juvenil. Porto Alegre: WS Editor, 2009.

17, sábado, às 17h: Lançamento do livro Modelos contemporâneos de justiça criminal, de Daniel Achutti (Editora do Advogado).

MODELOS CONTEMPORÂNEOS DE JUSTIÇA_DANIEL ACHUTTIA proposta da publicação é apresentar o resultado “cru” da pesquisa realizada entre 2005-2006, na Pós-Graduação em Ciências Criminais da PUC-RS. Busca dar continuidade ao debate que outros autores já iniciaram, e que pretendem questionar insistentemente, não a abolição do sistema penal, mas, antes, a sua própria existência.

Daniel Achutti é Advogado Criminalista; Mestre e Doutorando em Ciências Criminais (PUCRS); Conselheiro do Instituto de Criminologia e Alteridade (ICA); Membro do Instituto Transdisciplinar de Estudos Criminais (!TEC); Membro da Comissão Especial de Mediação e Práticas Restaurativas da OAB/RS; Professor Convidade na Escola Superior de Advocacia da OAB/RS; Professor de Direito Penal na Faculdade Cenecista de Osório/RS (FACOS); Professor de Direito Processual Penal na Faculdade Dom Alberto (Santa Cruz do Sul/RS).


Anúncios
03
out
09

Programação de 5 a 10 de outubro

program sem

08, quinta, 19h: Lançamento do livro O Videogame do rei, de Ricardo Silvestrin (Editora Record). Bate-papo sobre o livro com o autor, Giba Assis Brasil e Rodrigo Rosp.

LIVR O VIDEOGAME DO REI

Em um reino não muito distante, administrado como se fosse um grande videogame, o rei – um ex-professor de filosofia – entra em curto, ou melhor, fica literalmente congelado, diante das muitas contradições de seu governo. E uma grande questão se impõe – a rainha deve ou não dar um comando para salvar o rei? 

Luís Fernando Veríssimo sobre o romance O Videogame do rei, de Ricardo Silvestrin:
“Cuidado: há gargalhadas traiçoeiras. Sacadas inesperadas como alçapões. Surpresas de tirar o fôlego. Tiradas como morcegos esvoaçantes. Onde você está? Não importa. Importa é que quando chegar no fim você vai querer fazer todo o caminho de volta.”

SILVESTRIN 02Ricardo Silvestrin lançou 12 livros. Os mais recentes são O Menos Vendido, poesia, Play, contos, Transpoemas, infantil de poesia. É também músico da banda os poETs. É colunista do jornal Zero Hora. Apresenta na rádio Ipanema FM o programa Transmissão de Pensamento. Recebeu por 5 vezes o prêmio Açorianos de Literatura.  

 

 

GIBA ASSIS BRASILGiba Assis Brasil. Diretor, roteirista e montador, foi um dos fundadores da produtora Casa de Cinema de Porto Alegre, em 1987. Gaúcho nascido em 1957, em 1981 dividiu com Nelson Nadotti a direção deDeu pra ti anos 70, longa-metragem feito em Super-8. Em seguida dirigiuVerdes anos (1983), em parceria com Carlos Gerbase. Foi roteirista de curtas como O dia em que Dorival encarou a guarda (1986) e Barbosa (1988), ambos de Jorge Furtado. Realizou curtas como Interlúdio (1983), e foi assistente de direção de longas-metragens – entre eles Aqueles dois (1984), de Sérgio Amon, e O mentiroso (1987), de Werner Schünemann. Colaborou como roteirista com Carlos Gerbase emTolerância (2000) e escreveu minisséries para televisão. Mas é como montador que se destaca; é dele a montagem de praticamente todos os filmes de Jorge Furtado, incluindo os curtas Ilha das Flores (1989), Esta não é a sua vida (1991),A matadeira (1993), Estrada, episódio deFelicidade é… (1995), Ângelo anda sumido (1997), O sanduíche (2000), e os primeiros longas-metragens do diretor, Houve uma vez dois verões (2002), O homem que copiava (2003), Meu tio matou uma cara (2004) e Saneamento básico, o filme (2007). Montou também os três últimos longas de Carlos Gerbase, Tolerância (2000) e Sal de Prata (2005), pelo qual ganhou o prêmio de melhor montagem no festival de Gramado, e 3 Efes (2007). Em 2007, montou também o musical Ó paí, ó!, de Monique Gardenberg. Trabalha como montador dos projetos da Casa de Cinema de Porto Alegre e dá aulas de roteiro no curso de comunicação da UFRGS e no curso de realização audiovisual da Unisinos.  

RODRIGO ROSPRodrigo Rosp nasceu no Rio de Janeiro em 1975. Em 1980, naturalizou-se gaúcho. Tem graduação em publicidade e propaganda e pós-graduação em estudos lingüísticos do texto. Cursou MBA em marketing na ESPM. É autor das novelas Traçando a bissetriz e A pedra de Magnabosco. Na internete, teve contos selecionados nos sítios Bestiário e Armazém literário e escreve críticas de cinema para o Cine players. Além disso, participou dos livros Ficção de polpa (com o conto Lingüista) e Guia de leitura – 100 autores que você precisa ler (com ensaio sobre Vladimir Nabokov). Pratica criação literária com os mestres Léa Masina e Charles Kiefer. Alimenta-se dos textos impuros de Anaïs Ninn, Henry Miller, Charles Bukowski, Nelson Rodrigues e Rubem Fonseca. Atualmente, trabalha com redação, revisão e outras coisas que não rimam.

 

 




outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 712.864 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: