Arquivo para 15 de agosto de 2010

15
ago
10

Programação de 16 a 21 de agosto

.

.

18, quarta, 19h: Lançamento do livro O narcisismo contemporâneo, do psicanalista Miguel Juchen.

Editar um livro sobre narcisismo, na ótica do autor, é propiciar ao leitor oportunidade de conhecer os sintomas (jeitos e maneiras) daquele que é portador desta verdadeira patologia. Para ele, a cultura moderna estabelece e, porque não, determina, este modelo de comportamento na medida em que instala, na psique humana, valores e validações artificiais. Colecionando reflexões, depoimentos de psicanalistas e de escritores diversos, Miguel Juchem enfatiza a necessidade da compreensão interna – insight – para percepção da erroneidade e malefício de tal comportamento.

A obra é singela mas densa em conteúdo e visão psicalítica. Tema atual, assinala, de forma pontual, a afirmação das superficialidades no viver do ser humano; na volta dele para si,  impregnado das informações midiáticas veiculadas à exaustão, e, por isso, fortemente recebidas, crendo que a saída para os seus males,  dúvidas e misérias psíquicas é a fixação e enraizamento de uma personalidade voltada, única e exclusivamente, para seus interesses e deleite – o narcisismo.

Miguel Juchem é natural de São Luiz Gonzaga/RS, nas Missões. Psicanalista formado pela Sociedade Psicanalítica Ortodoxa do Brasil e Procurador da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul. Articulista, assina  coluna quinzenal no jornal A Notícia (São Luiz Gonzaga), com o título “Pergunte ao Psicanalista”, onde escreve sobre temas diversos e responde perguntas dos leitores sobre questões gerais de enfoque psicanalítico.

.

.

19, quinta, 19h: A mulher e a fotografia – Bate-papo das fotógrafas Luciana Lee e Isaura Saraiva – a propósito da exposição Fadas, de Luciana Lee.

20, sexta, 19h: Coquetel de Abertura da exposição Fadas, de Luciana Lee & Pocket show com Karine Cunha.

Fadas, mais recente trabalho da fotógrafa Luciana Lee, reúne dois de seus temas-fetiche: o universo feminino e a metalinguagem fotográfica.

Ao crescente interesse da fotógrafa pelo registro de mulheres, essencialmente no formato de retratos e autorretratos, une-se a vontade de capturar o próprio fazer fotográfico daquelas que encontraram na fotografia sua forma de manifestação artística.

Providencialmente, agosto, mês em que se comemora, no dia 19, o “Dia Mundial da Fotografia”, foi o escolhido para dar início a essa mostra fotográfica. Para realizar o projeto, além de expor seu próprio autorretrato, a fotógrafa convida outras nove fotógrafas para serem retratadas por ela. E assim, esses dez retratos vão representar, neste momento, todas as artistas que veem o mundo através das lentes e que literalmente utilizam a luz para escrever suas histórias.

Por fim, Fadas surge de algo que ficou gravado na memória da fotógrafa desde que ouviu o seguinte verso de um repentista nordestino:  “A fotógrafa é uma fada; sua câmera, a varinha de condão”.

A exposição tem curadoria da fotógrafa Fernanda Chemale, apresentação do fotógrafo Gutemberg Ostemberg e produção do fotógrafo Cristiano W. Soares.

Luciana Lee, fotógrafa porto-alegrense, é formada em Letras pela Faculdade Porto-Alegrense de Educação, Ciências e Letras. Integra o Grupo de Fotografia 35mm e o Sul Foto Clube, além de exercer a secretaria do Paralelo 30 Fotoclube, gestão 2008/2010. Participou de diversas exposições fotográficas, sendo as mais recentes Instantes Urbanos – coletiva dentro da programação do II Fórum Interlocuções do Imaginarium, da Câmera Viajante, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Porto Alegre, agosto de 2009; Mais Zoom Menos Zoom – coletiva no Espaço das Artes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Porto Alegre, setembro de 2009 e 15 anos do Café do Porto – coletiva no Café do Porto, Porto Alegre, junho de 2010. Mantém o blog Luciana Lee – Fotografia http://lusalee.blogspot.com

Isaura Estefano Saraiva possui Curso Superior em Fotografia pela Universidade Luterana do Brasil – ULBR. É membro e fundadora do Grupo 35mm, membro do Fotoclube Paralelo 30 e foi diretora de cultura da Associação Gaúcha de Fotografia. Tem premiação em vários concursos fotográficos (1º Lugar Concurso de Fotografia Sioma Breitman 2001 da Câmara Municipal de Porto Alegre). Participa do livro de fotos coletivo Vida Palafita (Tomo Editorial, 2008). Vem desenvolvendo oficinas de fotografia em várias instituições. Atualmente ministra oficinas no Laboratório Digital.

Karine Cunha é cantora, compositora, arranjadora e instrumentista (violão e cavaquinho). Estudou violão clássico e cursou música na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Além de apresentar-se em shows solos e coletivos, a musicista desenvolve trabalho de Educação Musical em canto e violão para adultos e grupos da melhor idade. Tem dois CDs gravados: Fluida (2005 – com seis canções premiadas ou classificadas em festivais) e Epahei! (2007 – homenagem à cultura afro-brasileira com canções sobre orixás e de temática livre).

.

.

21, sábado, 19h: Bianca Obino convida Marco de Curtis.

.



.

Bianca Obino Convida é um espetáculo que propõe o entrelaçamento dos universos artísticos da cantora, violonista e compositora Bianca Obino aos dos seus convidados, semelhante aos diálogos que estabelece nos arranjos do seu violão com sua voz. Assim, a artista, convidados e público tornam-se artesãos em cada encontro.

Bianca Obino participou de quatro edições do Festival de Música de Porto Alegre com canções de sua autoria e realizou apresentações em eventos de empresas, dentre as quais a Souza Cruz e FORD. Participou também de “Palavra: Alegria da Influência” e “Música Autoral” – promovidos pelo Jornal VAIA (RS) na “Palavraria Livros & Cafés” e “Teatro de Arena”, incluindo recitais eruditos no “Salão Mourisco” da Biblioteca Pública do Estado, “Auditório Tasso Corrêa” do Instituto de Artes da UFRGS, e no “Chiostro San Domenico”, em Prato (Itália). O processo de compor canções iniciado aos 15 anos, estende-se até hoje, paralelo ao exercício de intérprete nos ramos popular e erudito. O uso do violão junto com a voz sempre foi traço característico nos arranjos e na maioria das apresentações em público de Bianca. Desde 2008 vem aprofundando com o compositor, violonista, cantor e educador musical Felipe Azevedo seu estudo prévio de violão, abordando neste novo aprendizado aspectos históricos e estilísticos da música popular brasileira, técnica violonística aplicada ao seu trabalho autoral e de intérprete, além de arranjo e composição de canções.
[Veja mais em http://www.biancaobino.com/]

.

Nascido em Porto Alegre, Marco De Curtis graduou-se em arquitetura e urbanismo pela UFRGS. Arquiteto, designer e aquarelista, atua na construção civil. Cursa a oficina de criação literária ministrada por Charles Kiefer desde 2005. Escreveu Camicases digitais, texto premiado pela revista Carta Capital. Teve seus contos publicados em diversas coletâneas. Sua narrativa Beijos de borboleta foi selecionada para compor a coletânea Curta o conto em concurso organizado pela RBS TV..

Anúncios



agosto 2010
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias

Blog Stats

  • 721.865 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: