Arquivo para 7 de outubro de 2010

07
out
10

Palavraria indica: Manoelito, o palhacinho tristonho, livro de Angélica Rizzi

.

.

Sugestão para dia da criança:

 

Manoelito o palhacinho tristonho, livro infantil de Angélica Rizzi.

À venda na Palavraria – R$ 23,00

Reserve seu exemplar – palavraria@palavraria.com.br, 3268 4260
ou venha até a loja: Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim

Era uma vez um palhacinho que não sabia sorrir, mas almejava descobrir a alegria de viver. Entre fórmulas desastradas e feitiços atrapalhados, um mago descobre, escondido em seu pequenino coração de menino,o antídoto que pode salvar a infância do pequeno palhaço: a magia de sorrir e fazer rir por meio da essência do coração.
A história de Manoelito, o Palhaço Tristonho surgiu em meados de 2007, como uma peça de teatro escrita por Angélica Rizzi encenada por ela e o artista plástico Ednilson Pissolato para internas da ala psiquiátrica do Hospital Presidente Vargas e também para crianças da comunidade de papeleiros de Gravataí, na região Metropolitana de Porto Alegre. E, após foi transformado em CD intitulado as aventuras de Manoelito o palhacinho com produção e composição de Jottagá baseado no livro de Angélica que agora concorre ao Prêmio Açorianos de melhor disco infantil/2009.
Pensando nos surdos e contadores de história, a obra tem também tradução na escrita da língua de sinais (Libras), realizada pela tradutora-intérprete de língua de sinais Patricia Ughi Barbosa e pela instrutora de língua de sinais Renata Heinzelmann. As ilustrações, de Eduardo Medeiros, são publicadas lado a lado em cores e em preto-e-branco (para colorir), junto com o texto vertido para o inglês.

Angélica Rizzi é cantora, poeta e compositora e denota em suas canções um olhar sobre o mundo. Além de ressaltar a paixão, e a simplicidade do viver para cantar a autora também personifica a miséria humana em composições de contextualização social. Com o intuito de simplificar o mundo, a vida extravasar sentimentos mais íntimos ela se utiliza da essência da poesia em suas letras,pois acredita na arte, como forma de sensibilizar, ousar os sentidos, fazer sentir.

.

.

Anúncios
07
out
10

Palavraria indica: Sabres e utopias, livro de Mario Vargas Llosa

.

.

Sabres e utopias, livro de Mario Vargas Llosa. Editora Objetiva, 2010.

À venda na Palavraria – R$ 49,90

Reserve seu exemplar – palavraria@palavraria.com.br, 3268 4260
ou venha até a loja: Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim

Em Sabres e utopias, Vargas Llosa nos mostra que não é apenas um excelente romancista – “um dos melhores do mundo”, nas palavras de John Updike -, mas também um crítico e ensaísta brilhante, e um exímio observador da história recente da América Latina.
Nos artigos reunidos no livro, ele fala sobre os mais diversos temas: política, direitos humanos, literatura e artes plásticas, economia e história. Acima de tudo, Vargas Llosa se mostra um defensor aguerrido da democracia e da liberdade. Ele ataca com precisão tanto os regimes militares de direita, corruptos e violentos, quanto as ditaduras de esquerda, que prometem utopias mas entregam somente repressão e autoritarismo.
Com respeito ao Brasil, ele faz análises impactantes sobre a situação política atual, com duras críticas à relação entre Lula e Fidel Castro, e constrói relatos comoventes sobre grandes nomes da literatura – como Euclides da Cunha e Jorge Amado -, em textos selecionados especialmente para esta edição.

Jornalista, dramaturgo, ensaísta e crítico literário, Mario Vargas Llosa é um escritor consagrado internacionalmente. Nascido em Arequipa, no Peru, em 1936, ganhou notoriedade literária com a publicação do premiado romance A Cidade e os Cães (1961).  Mudou para Paris nos anos 60, e lecionou em diversas universidades americanas e européias, ao longo dos anos. Com uma vasta produção literária, que inclui peças teatrais, ensaios e memórias, Vargas Llosa publicou sobretudo romances, entre eles Conversa na Catedral, Pantaleão e as Visitadoras, Tia Júlia e o Escrevinhador, A Guerra do Fim do Mundo, Quem Matou Palomino Molero? e Cartas a um Jovem Escritor. Foi vencedor dos prestigiosos prêmios Cervantes, Príncipe de Astúrias, PEN/Nabokov e Grinzane Cavour. Numa incursão ao mundo da política, candidatou-se, em 1990, à presidência do Peru, perdendo a eleição para Alberto Fujimori. O autor vive entre Londres, Paris, Madrid e Lima.

.

.




outubro 2010
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Categorias

Blog Stats

  • 709.175 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: