Arquivo para 18 de novembro de 2010

18
nov
10

Palavraria indica: Rocha, CD de Pablo Grinjot

.

.

Rocha, CD de Pablo Grinjot.

À venda na Palavraria – R$ 15,00

Reserve seu exemplar – palavraria@palavraria.com.br, 3268 4260
ou venha até a loja: Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim

A apresentação do autor e do CD, abaixo transcrita, é de Diego Valente:

Pablo Grinjot es un cantautor con formación académica (se graduó en Dirección Orquestal y Coral) que supo colaborar con artistas tan disímiles como El Otro Yo, Tomi Lebrero o Jaime sin tierra. “Rocha”, su tercer disco, es una colección de ocho canciones frágiles y despojadas que lo coloca en la línea de otros cantautores como Jorge Drexler o Ezequiel Borra. El productor del cd, Juan Stewart, puso el foco en la suave voz de Grinjot y apuntó a la fórmula guitarras acústicas + pianos + orquestaciones ocasionales.  Esta ecuación sonora esta presente desde “Milonga del tren”, con sus dulces aires rioplatenses,  hasta  los 12 minutos de la extraña balada “Barriga de luna” que cierra el disco.  Entre esos dos extremos del cd, no pasan desapercibidos tracks como “La bella durmiente” o la somnolencia crepuscular  de “La hora del cansancio”.
Desde el título, el álbum remite al Uruguay y la influencia de ritmos típicos de ese país (como la milonga) aparecen con frecuencia en las canciones. Tal vez Grinjot abuse un poco de las atmósferas reposadas y mansas, pero se mantiene fiel a un concepto sonoro que solo hace agua en el pop autobiográfico y un tanto simplón de “Restaurant”. “Rocha”  es un disco ideal para escuchar al atardecer, cuando la  inminencia de la noche le baja las pulsaciones al día.

Amostra: Clip da música La bella durmiente:

.

.

Anúncios
18
nov
10

Vai rolar na Palavraria: 19/11: Lançamento do livro As melhores entrevistas do Rascunho

.

.

19, sexta, 19h: Lançamento do livro As melhores entrevistas do Rascunho – volume 1, de Luís Henrique Pellanda (org.). (Editora Arquipélago)

.

Este é um livro improvável. Quando circulou pela primeira vez, em 2000, o jornal literário Rascunho parecia condenado ao mesmo destino de muitas outras publicações do gênero: uma morte tão rápida quanto certa. Ao contrário de todas as previsões, no entanto, o Rascunho teve a audácia de sobreviver e se transformou em uma aventura editorial que – teimosamente – já dura uma década. Nesse período, o Rascunho publicou entrevistas com 153 escritores, de jovens promessas a nomes consagrados. Essas conversas – geralmente longas e por escrito, sempre minuciosas e reveladoras – são um traço característico do jornal, uma marca de nascença que o acompanha desde o número zero.

As entrevistas dos 15 escritores reunidas neste volume cobrem uma boa parte da trajetória do Rascunho, mas revelam bem mais do que isso. Elas são um retrato vívido da literatura brasileira contemporânea pela voz de quem a produz. As opiniões, os métodos, as influências e as manias desses escritores – que podem não ser os seus preferidos, mas sem dúvida têm muito o que dizer – formam um documento para o leitor de hoje e o pesquisador do futuro. Um registro em primeira pessoa da cena literária brasileira neste começo de século 21.

Escritores entrevistados:

Altair Martins
Bernardo Carvalho
Cristovão Tezza
Elvira Vigna
Fausto Wolff
Fernando Monteiro
João Gilberto Noll
João Ubaldo Ribeiro
José Castello
Luiz Ruffato
Mario Sabino
Milton Hatoum
Nelson de Oliveira
Sérgio Sant’Anna
Wilson Martins

.

.





novembro 2010
S T Q Q S S D
« out   dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Categorias

Blog Stats

  • 710.799 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: