05
ago
11

Fragmentos da eternidade, por Leila D.S. Teixeira

.

.

Street art Berlin parte um: a não-exaltação do artista, por Leila Teixeira

.

Foto Leila Teixeira.

Tinha programado escrever este mês sobre a street art em Berlim: sobre o modo como a cidade colabora com a criatividade visível nas ruas e com a criatividade na mente das pessoas; sobre o fato de que, devido à street art, as ruas de Berlim mudam constantemente; enfim, sobre o círculo virtuoso que a cidade, os artistas e o público impulsionam. Porém, achei que deveria ler mais a respeito de urbanismo e de sociologia, antes de me meter em assuntos que não conheço direito.

Depois pensei em falar sobre a versão turística (East Side Gallery) e a versão alternativa da street art em Berlim, mas isso seria repetir o que centenas já fizeram: muito mais produtivo listar alguns sites e blogs que apresentam o tema (como fiz abaixo).

Já estava desistindo dos muros de Berlim quando li a entrevista que o FUCK YOUR CREW deu ao Urban Illustration Berlin. Este último é um guia da street art em Berlim, composto por centenas de fotos de intervenções em prédios da cidade, um mapa para o leitor poder visitar os locais fotografados e dezesseis entrevistas com os artistas que estão no guia. FUCK YOUR CREW é um dos artistas e ele me fez identificar o principal motivo que me leva a gostar de street art: a não-exaltação do artista.

Sei que muitos artistas de rua vivem na mídia, expõem até em museu, mas o espírito de humildade permanece. A rua proporciona isso: em um espaço público e democrático, famosos pintam ao lado de totais desconhecidos, iniciantes adesivam ao lado de consagrados. A rua é de todos, e, para ela, não interessa o artista, mas, apenas, a obra. Se eu estudasse filosofia iria falar do subjetivismo nietzscheano contido na estética da embriaguez versus o pensamento heideggeriano no qual o centro de gravidade da arte é a obra, mas a resposta do FUCK YOUR CREW é tão mais objetiva, que preferi transcrevê-la, com a ajuda do tradutor Paulo Menechelli.

“Então… o que nós devemos dizer? É lisonjeiro ter nosso trabalho publicado em livros e ser solicitado a dar uma entrevista. Mas isso não é o que nos motiva a criar arte na rua. Todo esse papo, ultimamente, só nos afasta de fazer arte. FUCK YOUR CREW é uma expressão daquilo que nós fazemos por diversão, e daquilo que nos gostaríamos de ver os outros fazendo com mais frequência. Para nós, não é importante quem nós somos ou de onde nós viemos ou qual é nosso background. Se pensarmos na repercussão dos nossos trabalhos dentro do tempo relativamente curto em que eles existem, podemos acreditar que falam por si próprios. Se nossos trabalhos chamam a atenção de outras pessoas e as fazem felizes, então, nós alcançamos o nosso objetivo (…)”

Em relação ao nome, o artista diz que FUCK YOUR CREW (foda-se o seu time, na minha tradução) é uma piada sobre a mentalidade de rebanho que alguns grafiteiros apresentam por aí.

WWW.blublu.org

http://streetart.berlinpiraten.de/

http://www.alternativeberlin.com/

http://www.eyecandiesblog.com/9/post/2010/9/berlin-street-art.html

http://www.slowtravelberlin.com/2011/07/21/the-heritage-of-berlin-street-art-and-graffiti-scene/

WWW.xoooox.com

http://www.eastsidegallery.com/

.

Leila D S Teixeira, nascida em Passo Fundo/RS em 1979, formada em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, participou dos livros “Outras Mulheres”, em 2010 e “Inventário das Delicadezas”, em 2007; venceu os concursos Osman Lins e Mário Quintana/SINTRAJUFE em 2006 e frequenta as oficinas Charles Kiefer desde 2005. Junto com Cristina Moreira e Daniela Langer, idealizou a Vereda Literária, programa de debates onde se enfocam temas literários, realizado na Palavraria.
.

.

Anúncios

0 Responses to “Fragmentos da eternidade, por Leila D.S. Teixeira”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


agosto 2011
S T Q Q S S D
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias

Blog Stats

  • 717.319 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: