Arquivo para 3 de outubro de 2011

03
out
11

Aconteceu na Palavraria, neste sábado, 01/10, na Palavraria: Leituras Feevale, com Henrique Schnneider

.

.

Neste sábado, 01, aconteceu na Palavraria mais uma edição de Leituras Feevale – Contos da Vida Breve, com Henrique Schneider. Canja musical por Dona Ivone Pacheco.

.


.

.

.

.

.

.

.

.

.

.


.

.
.

.

.

.


.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

.

.

.

Anúncios
03
out
11

Aconteceu na Palavraria, nesta sexta, 30/01, lançamento do livro Poemas de aprendiz, de Cleci Silveira

.

.

Aconteceu na Palavraria, sexta passada, 30/09, o lançamento do livro de Clecy Silveira. Fotos do evento.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.


.

.
.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.
.

.

03
out
11

Vai rolar na Palavraria, nesta terça, 04/10: Lançamento do livro Kuami, de Cidinha da Silva

.

.

04, terça, 19h: Lançamento do livro Kuami, de Cidinha da Silva.

 

Cidinha da Silva mergulha na prosa mais uma vez e traz uma história que nos encharca de poesia ao nos contar sobre o Sereal, “reino das sereias, próximo à pororoca, onde se misturam olhos apascentados pelo rio e outros famintos de mar”.

Cheio de imaginação, musicalidade, situações engraçadas e a segurança de quem sabe onde vai chegar, este novo livro da autora é um presente à inteligência dos  leitores.
A história nos fala sobre os amigos Kuami, um elefantinho, e Janaína, uma pequena sereia, que percorrem águas, florestas e também os céus, vivendo numerosas aventuras, na procura por Dara, a mãe de Kuami, aprisionada por fazendeiros.
No caminho de sua busca, acabam ensinando muitas coisas a seus leitores, entre as quais o valor da amizade, a força da perserverança e também o amor que pode vencer muitas barreiras. Mas isso não quer dizer que se trata de uma estória carrancuda ou cheia de “lições de moral”. Não! Pelo contrário, cortada todo o tempo por um humor refinado, que cria situações engraçadas mesmo nos momentos de maior tensão, a história flui e acompanhamos com crescente interesse a procura da mãe do pequeno, mas destemido e amoroso elefantinho.Trata-se, assim, de uma narrativa que será lida com prazer tanto por gente grande como pelos pequeninos, pois se a fantasia e o suspense, sem dúvida, cativarão os jovens leitores e farão com que leiam a história quase sem parar, os adultos encontrarão uma prosa bem elaborada que os deliciará com os achados de linguagem, com a ironia e a sólida construção de personagens.
Ao tecer os fios do maravilhoso – tingidos de africanidade -, com os traços de uma realidade brasileira geralmente deixada à margem, Cidinha da Silva, neste seu livro, nos leva também à reflexão sobre um Brasil que todos precisamos conhecer.
É assim que a música negra brasileira – inclusive o funk de periferia que faz até elefantes voarem -, a nossa paisagem e os saberes tradicionais de nossa gente, mas, sobretudo, a dura realidade do que ocorre nos rincões do país, comparecem no texto a partir de uma focalização poética, mas nem por isso menos comprometida.
Dessa forma, ganha sentido pleno a última frase de Kuami: “vale a pena iluminar a vida.”
Acrescentaríamos que, por tudo isso, “vale a pena ler Cidinha da Silva”.
Tania Macedo – Professora de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa – USP.

Cidinha da Silva é prosadora. Organizadora do livro Ações Afirmativas em Educação: experiências brasileiras (Selo Negro Edições, 2003, 3a edição) e co-autora de Racismo no Brasil (Peirópolis, 2002) e Colonos e Quilombolas (Irene Santos – edição da autora, Porto Alegre, 2011). Tem dois livros de histórias curtas publicados pela Mazza Edições: Cada Tridente em Seu Lugar (2007, 3a edição) e Você me deixe, viu? Eu vou bater meu tambor! (2008). Escreveu também uma novela juvenil, Os nove pentes d’África (2009) e um romance para todas as idades, Kuami (Nandyala, 2011).  Participa da coletânea Questão de pele, organizada por Luiz Ruffato para a editora Lingua Geral, com o texto Dublê de Ogum. Tem alguns textos em processo de adaptação para o cinema e, recentemente, Os nove pentes d’África chegou ao teatro. Oh, margem! Reinventa os rios! ( crônicas, Selo Povo Edições, 2011) e O mar de Manu (conto, Kuanza Produções, 2011) são os mais recentes.  Em 2010, seu primeiro livro, “Cada tridente em seu lugar” (Maza Edições, 2006), ofereceu base conceitual para a campanha publicitária Novembro Negro, da Secretaria de Promoção da Igualdade do Governo do Estado da Bahia, disponível no Youtub: http://www.youtube.com/watch?v=XCdBBSqwruc

É editora do blogue cidinhadasilva.blogspot.com

 .





outubro 2011
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias

Blog Stats

  • 712.922 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: