Arquivo para 9 de dezembro de 2011

09
dez
11

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 08/12: Lançamento do livro “Se eu olhar para trás”, de Ademir Furtado

.

.

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 08/12: Lançamento do livro Se eu olhar para trás, de Ademir Furtado. Fotos do evento.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.


.

Anúncios
09
dez
11

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, 10/11, 11h: Os tempos sem tempos de Clarice, com Cintia Moscovich e Catia Simon

.

.

.

10, sábado, 11h: Os tempos sem tempo de Clarice, bate-papo sobre a obra de Clarice Lispector, com Cintia Moscovich e Cátia Castilhos Simon.

.


.

A escritora Clarice Lispector será homenageada com uma série de palestras, debates, leituras e sarau virtual durante a primeira edição do projeto Hora de Clarice, no dia 10 dezembro, aniversário de nascimento da autora. As homenagens acontecerão em diversas capitais e, em Porto Alegre, a escritora Cintia Moscovich e a educadora Cátia Simon estarão na Palavraria conversando sobre a obra da homenageada.

Cíntia Moscovich é escritora, jornalista e mestre em Teoria Literária. Foi diretora do Instituto Estadual do Livro do Rio Grande do Sul. Em 1995, foi a ganhadora do Concurso de Contos Guimarães Rosa, da Rádio France Internationale, de Paris. Publicou O reino das cebolas, 1996 – indicação para o Prêmio Jabuti; Duas iguais: Manual de amores e equívocos assemelhados, 1998 – Prêmio Açorianos de narrativa longa; Anotações durante o incêndio, 2000 – Prêmio Açorianos, na modalidade de contos; Arquitetura do arco-íris, 2004 – Prêmios Portugal Telecom e Jabuti -2005; Por que sou gorda, mamãe? – 2006 e Mais ou menos normal – 2007.

Catia Simon é doutoranda em literatura brasileira na UFRGS. Coordenou o setor de comunicação da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre, quando foi co-organizadora do livro Utopia e democracia na escola cidadã (Editora da UFRGS, 2000) e participou da organização do livro de ensaios Prestando contas: pesquisa e interlocução em literatura brasileira (Editora Sagra Luzzatto, 1996). Atualmente é professora na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre.


.

.

.


09
dez
11

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, 10/11, 19h: Bianca Obino convida Deisi Coccaro

.

.

.

10, sábado, 19h: Bianca Obino convida Deisi Coccaro

.

Pelo segundo ano consecutivo, Bianca compartilha o palco da Palavraria com artistas da cena local, ampliando ainda mais a sua “Artesania do Som”! A edição deste mês terá a participação da cantora erudita Deisi Coccaro. A direção artística e musical é de Felipe Azevedo.

.

.


Deisi Coccaro é bacharel em canto – UFRGS. Em 2005 estreou o Ciclo Canções Interrogativas, de Fernando Mattos, obra que iniciou sua parceria com o compositor. Após isso, estreou outros ciclos e canção de Fernando Mattos. Em 2006 foi selecionada como bolsista do Ministério de Relações Exteriores da Itália, para um Curso de Especialização em Canto Lírico e estudou com a soprano italiana Patrizia Morandini. Ainda na Itália participou da Materclass Internacional Florence Opera. Estudou ainda com Annette Kutembaum na Alemanha e  participou de diversos Masterclasses com renomados professores, entre eles, Sandro Christopher, Laura de Souza, Gabriella di Laccio, Stephen Bronks (EUA), Liliana. Atualmente mantém repertório de câmara com o violonista e compositor Fernando Mattos, apresentando recitais de música brasileira contemporânea.Poli (Italia), Marconi Araújo, Denise Sartori, Marta Herr, entre outros. Na área da Educação, ministrou o Laboratório de Afinação Vocal na UFRGS de 2003 a 2005. De 2007 a 2009 foi professora na Oficina de Teoria e Percepção Musical na Extensão da UFRGS. Atua como professora de canto em importantes escolas de Porto Alegre e Caxias do Sul. É professora de Teoria Musical na Escola de Musica do Ipdae. Tambem fez a preparação vocal de alguns grupos de Porto Algre. Entre eles: Madrigal do Departamento de Música da  UFRGS, Coro do Grupo Santander, Coro Unimed Porto Alegre, Música Reservata. Hoje, é preparadora vocal do Coro da Acirs.


Bianca Obino
participou de quatro edições do Festival de Música de Porto Alegre com canções de sua autoria e realizou apresentações em eventos de empresas, dentre as quais a Souza Cruz e FORD. Participou também de “Palavra: Alegria da Influência” e “Música Autoral” – promovidos pelo Jornal VAIA (RS) na “Palavraria Livros & Cafés” e “Teatro de Arena”, incluindo recitais eruditos no “Salão Mourisco” da Biblioteca Pública do Estado, “Auditório Tasso Corrêa” do Instituto de Artes da UFRGS, e no “Chiostro San Domenico”, em Prato (Itália). O processo de compor canções iniciado aos 15 anos, estende-se até hoje, paralelo ao exercício de intérprete nos ramos popular e erudito. O uso do violão junto com a voz sempre foi traço característico nos arranjos e na maioria das apresentações em público de Bianca. Desde 2008 vem aprofundando com o compositor, violonista, cantor e educador musical Felipe Azevedo seu estudo prévio de violão, abordando neste novo aprendizado aspectos históricos e estilísticos da música popular brasileira, técnica violonística aplicada ao seu trabalho autoral e de intérprete, além de arranjo e composição de canções.

.


.





dezembro 2011
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 726.756 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: