16
dez
11

Vem aí, em janeiro/2012, na Palavraria: Oficina de letra de música: o que é e como se faz, com Ronald Augusto e Felipe Elizalde

.

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

.

Oficina de letra de música: o que é e como se faz
Um diálogo dinâmico sobre a canção

.

Com Ronald Augusto e Felipe Elizalde

.

 Dias 09, 16, 23 e 30 de janeiro de 2012
Às segundas-feiras, das 16h às 18h

.

Custo: 300,00 à vista ou 350,00 em duas parcelas de 175,00

O curso abordará a relação entre essas artes a partir da perspectiva de uma valorização tanto das diferenças, quanto das interações possíveis entre os campos da expressão verbal e musical.

O que diferencia um poema de uma letra de música? Não existe poema ou letra que não possa ser musicado. É verdade que a letra não é bem poesia? Não se pode apenas recitar uma letra. O músico-letrista é um artista não-verbal? Só o poema admite a leitura muda. Na composição, o que vem primeiro, a música ou a letra? É mais fácil solfejar a música sem errar do que cantar a letra com fidelidade. A canção é tempo, sentido rítmico. A poesia é duração, continuidade imprecisa de tempo.

Essas e outras questões serão debatidas e experimentadas ao longo de um curso cujo foco será o da discussão dinâmica a respeito da composição poético-musical, permitindo ao participante um conhecimento efetivo de alguns conceitos teóricos por meio do contato o quanto possível direto com exemplos do cancioneiro. Uma oficina viva e de trocas inventivas.

Programa:

Letra de Música: Voz humana/Fala humana, Poesia escrita, Letra de Música, Canto Falado.

– Fala e letra de música: o coloquial, a linguagem comum, cotidiana.

– Poesia escrita e Letra de música: relação & distinção.

– Poesia escrita: Melopéia, Fanopéia, Logopéia (Pound).

– Aedos (Orfeu músico sublime e mais conhecido dos aedos), trovadores, menestréis.

– Poemas “musicados” & Canções “letradas”

– Poetas, compositores & letristas: Vinícius de Morais [o poema na página; a palavra voando: a canção] Tom Jobim & João Cabral.

– Compositores e letristas: Caetano, Chico, Gil, Torquato, Fernando Brant, Aldir Blanc.

– Poesia escrita e Letra de música: redução aos elementos comuns: ritmo e/ou prosódia, sonoridades.

– Poesia escrita e Letra de música: A escolha das palavras: ‘le mot juste’.

Ronald Augusto Poeta, músico, e crítico de poesia. É autor de, entre outros, Homem ao Rubro (1983), Puya (1987), Kânhamo (1987), Vá de Valha (1992), Confissões Aplicadas (2004) e No Assoalho Duro (2007). Despacha no blog www.poesia-pau.blogspot.com e é diretor-associado do website WWW.sibila.com.br

Felipe Elizalde nasceu em Porto Alegre. Compositor, colecionador e cantor de suas próprias canções. É formado em filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestrando do Programa de Pós-Graduação da UFRGS, tendo terminado os créditos, está escrevendo a dissertação de mestrado.

.

.

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
palavraria@palavraria.com.br
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

.


Anúncios

0 Responses to “Vem aí, em janeiro/2012, na Palavraria: Oficina de letra de música: o que é e como se faz, com Ronald Augusto e Felipe Elizalde”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


dezembro 2011
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 710.801 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: