Arquivo para 26 de novembro de 2012

26
nov
12

Vai rolar na Palavraria, nesta quarta, 28/11: Lançamento de livros da coleção Leituras obrigatórias UFRGS 2013, da Editora Leitura XXI

program sem

.

28, quarta, 19h: Lançamento dos livros O Guardador de Rebanhos, de Fernando Pessoa (Alberto Caieiro) e Memória de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida. Edições críticas assinadas respectivamente pelos professores Pedro Gonzaga e Guto Leite, fazem parte da coleção Leituras Obrigatórias UFRGS 2013, da Editora Leitura XXI. Com Pedro Gonzaga e Guto Leite.

Atribuída a Alberto Caeiro, O Guardador de Rebanhos é uma das obras fundamentais de Fernando Pessoa. Nesta edição, além do texto completo, o leitor encontrará uma análise crítica da poética e do significado dos versos realizada pelo professor Pedro Gonzaga.
Número de Páginas:  95 páginas.
Formato :     12,5 x 17,5cm
Preço de capa: 12,00
Isbn: 978 85 86880 186

Verdadeiro clássico que possibilita a emergência literária da malandragem brasileira, Memórias de um sargento de milícias encontra em Guto Leite um leitor arguto que examina a natureza do romance e o comenta de forma esplendidamente didática.
Número de Página: 175 páginas.
Formato:  14x21cm
Preço: 17,00
Isbn: 978 8586880 179

Pedro Gonzaga é músico, tradutor e escritor. Já verteu para o português nomes como Conan Doyle, Patricia Highsmith, Raymond Chandler e Charles Bukowski. É autor dos livros de contos Cidade Fechada, Editora Leitura XXI, 2004 e Dois Andares: Acima!, Editora Novo Século, 2007, e dos poemas de A última temporada, Editora ArdoTempo, 2011. Participou ainda de diversas coletâneas digitais e impressas.

Guto Leite. Poeta, músico, compositor, professor. Poeta dos livros “zero um” (2010), “Poemas Lançados Fora” (7Letras, 2007), “Sintaxe da Última Hora” (Scortecci, 2006) e “Reflexos” (FEME, 2000), além de premiado em concursos literários e presente em diversas coletâneas de poesia. Indicado ao Prêmio Açorianos (Categoria Poesia) no ano de 2010. Co-roteirista dos filmes de curta-metragem “Estado Senil” (2009), “Revés” (2008) e “Bons sonhos, Maria”(2006). Argumentista da personagem Júlio César, publicado em setembro de 2010 pela revista independente “Eixada” e em julho de 2011 na coletânea “O melhor da festa, volume 3″. Linguista pela Unicamp, especialista, mestre e doutorando em Literatura Brasileira pela UFRGS. Atualmente trabalha como professor temporário de Literatura Brasileira na UFRGS.

www.gutoleite.com.br.

.

.

Anúncios
26
nov
12

Vai rolar na Palavraria, nesta terça, 27/11: Era uma vez… um editor, na Festipoa revisitada

program sem

.

27, terça, 19h: Festipoa revisitada e sampleada: Era uma vez… um editor – Cláudia Tajes entrevista Ivan Pinheiro Machado

No encontro, “Era uma vez… um editor”, com a mediação de Cláudia Tajes, Ivan falará a respeito de seu trabalho, junto com Paulo Lima, no comando da editora L&PM, desde quando a editora foi inaugurada, em 1974, com a publicação de “Rango” (Edgar Vasques), passando pela realização da mais bem-sucedida coleção de livros pockets do país até os e-books dos dias atuais.

Ivan Pinheiro Machado é fundador e editor da Editora L&PM.

Claudia Tajes trabalha em criação publicitária, escreveu alguns roteiros para televisão e tem 6 livros publicados: Dores, Amores e Assemelhados, Dez (Quase) Amores, As Pernas de Úrsula, Vida Dura, A Vida Sexual da Mulher Feia e Louca por Homem. Faz parte do grupo de apresentadores do Sarau Elétrico.

Entrada franca

 

FestiPoa Literária revisitada e sampleada é a retomada de parte da programação do evento, com a presença de alguns dos artistas que participaram de sua 5ª edição em abril deste ano, e a oportunidade que o público leitor está tendo de acompanhar a festa literária ao longo de todo o segundo semestre. Temas, reflexões, debates e livros, que estiveram na pauta da última edição, recebem novas abordagens dos convidados, e os escritores revisitam assuntos e textos seus e de outros autores, contemporâneos ou clássicos. A organização da FestiPoa, que prepara a 6ª edição do evento para maio de 2013, pretende manter à tona e aquecidos debates sobre a produção literária atual, destacar livros lançados pós-abril e experimentar situações e atividades que poderão fazer parte do evento em 2013.

Conheça a FestiPoa Literária: www.festipoaliteraria.com

E acompanhe as novidades no blog http://festipoaliteraria.blogspot.com/ no facebook/festipoa e no twitter

——
Cabaré do Verbo: http://cabaredoverbo.blogspot.com

.

.

26
nov
12

A crônica de Emir Ross: Outubro

.

.

Outubro, por Emir Ross

 

Em outubro sempre acontecem duas coisas.

Um: sou demitido.

Dois: faço aniversário.

Outubro sempre é especial. É o mês do começo da Feira do Livro de Porto Alegre. É o mês que antecede ao atraso nas contas. À criatividade para encontrar presentes de final de ano por preços módicos. De preferência negativos. Se souberem de alguém que pague para eu retirar presentes, topo.

Já decidi. Dei-me mais um ano. Vou fazer exatamente o mesmo. Vou arranjar trabalho. Alguma coisa que pague a luz, o plano de saúde e o condomínio. Escrever não dá dinheiro. Só preciso pagar luz, plano de saúde e condomínio. Supermercado não precisa. Inscrevi-me no Medida Certa do Fantástico.

Dei-me mais um ano. Se outubro do ano que vem chegar e, novamente, eu for demitido e fizer aniversário, tomo uma decisão definitiva.

Viro vagabundo profissional.

E exigirei salário.

Farei um projeto de lei.

Vagabundo precisa virar profissão.

De preferência com carteira assinada.

Quero INSS. Férias. Décimo terceiro. Décimo quarto e quinto. Horários flexíveis. Ser vagabundo não é fácil. Tenho visto.

Mas estou decidido. É meu futuro. Escrever não dá dinheiro. Ter emprego não dá dinheiro. Não tenho coluna nos tabloides de Porto Alegre. Vou esperar mais um ano. Em dois de janeiro procuro ocupação. Quando for demitido, em outubro do ano vem, alguns dias antes do meu aniversário, assumo meu novo cargo. Empregador adora demitir antes do aniversário das pessoas. Economiza com o presente. Nunca ganhei presente.

Vou virar vagabundo profissional.

Até lá, quem tiver um jornal, ou uma coluna vaga, me avise.

 

.

Emir Ross é publicitário e escritor e mora em Porto Alegre. Tem participação em 9 antologias de contos e recebeu mais de 20 prêmios literários. Entre eles, o Felippe d’Oliveira em Santa Maria (3 vezes), o Escriba de Piracicaba (2 vezes), o Luiz Vilela de Minas Gerais (2 vezes), o José Cândido de Carvalho do Rio de Janeiro (2 vezes), o Prêmio Araçatuba, entre outros. Escreve no blog milkyway.

.

Emir Ross publica quinzenalmente neste blog.

.

.




novembro 2012
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Categorias

Blog Stats

  • 717.339 hits

Top Clicks

  • Nenhum
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: