18
ago
13

Programação de 19 a 24 de agosto de 2013

program sem

.

20, terça, 19h: Confraria de Leitura Reinações: A culpa é das estrelas, de John Green. Coordenação de Rosinaura Barros.

.

reinações ago

.

.

21, quarta, 19h: A poesia de Basilio Sánchez – no Ciclo de poetas de língua espanhola. Coordenação de Raquel Grossman, com a participação de Jane Felipe, Luandra Lucena Moschen, Gisele Rodrigues Soares e Gladis Kaercher.

O segundo encontro do CICLO DE POETAS DE LÍNGUA ESPANHOLA trará a poesia de Basilio Sánchez, poeta espanhol da cidade de Cáceres.

Basilio_sanchez

“Escribo casi a oscuras, en las habitaciones pequeñas de la casa, donde difícilmente podría caber un hombre. Me obstino en la palabra que se dice al oído, que empaña los cristales, que humedece los bordes de la página. Presiento que un poema es un ruido que se intuye a lo lejos, la puerta que se abre al otro lado de una misma ciudad. Por eso cada noche, después de que el cansancio consigue disuadirme, dejo sobre la mesa una vela encendida: la lámpara votiva de una iglesia sin culto, desprovista de imágenes”

Coordenação geral:

raquel grossmanProfª Raquel Grossman Uruguaia, reside no Brasil há muitos anos. Formada em nutrição pela Faculdade de Medicina de Montevidéu; professora de música pelo Conservatório Musical Kolischer, Montevidéu. Atualmente leciona o idioma espanhol, ministrando aulas particulares de conversação, individuais ou em grupo, bem como na preparação de profissionais em suas diversas áreas de atuação. Coordena seu próprio curso, cujo diferencial consiste em atividades culturais bilíngues em espanhol-português.

Participações especiais:

jane felipeProfª Drª Jane Felipe – professora de graduação e pós-graduação da FACED/UFRGS. Psicóloga (UFRJ), Mestre (UFF/RJ) e doutora em Educação (UFRGS). Pós-doutorado em Cultura Visual (Universidad de Barcelona). Atualmente coordena a pesquisa Violências de gênero, amor romântico e famílias: entre idealizações e invisibilidades, os maus tratos emocionais e a morte. Possui inúmeras publicações na área de gênero, sexualidade, infâncias e educação.

Luandra Lucena MoschenProfª Luandra Lucena Moschen – professora de Educação Infantil da Escola Educar. Atualmente cursa Pedagogia na UFRGS, tendo participado de várias bolsas e projetos de pesquisa, dentre os quais Crianças e adolescentes em situação de trabalho infanto-juvenil. Participou recentemente de intercâmbio de mobilidade acadêmica na Universidad Nacional de Córdoba, Argentina.

Gisele Rodrigues SoaresProfª Gisele Rodrigues Soares – professora de Educação Infantil da rede municipal de Porto Alegre. Atualmente cursa Pedagogia na UFRGS e participa como bolsista da pesquisa sobre Monitoramento de políticas públicas para a Educação Infantil no Rio Grande do Sul. Participou recentemente de intercâmbio de mobilidade acadêmica na Universidad Autonoma de Madrid.

Gladis KaercherProfª Drª Gladis Kaercher  formada em Letras pela UFRGS, é professora de literatura da Faculdade de Educação da UFRGS. Mestre em Educação (UFRGS); Em 2006, defendeu sua tese de doutorado intitulada “O mundo na caixa: gênero e raça no Programa Nacional Biblioteca da escola – 1999” (UFRGS). Coordena atualmente o curso de Aperfeiçoamento política de Promoção da Igualdade Racial na Escola – UNIAFRO/UFRGS, possuindo ainda inúmeras publicações na área de texto, literatura infantil, raça e etnia, infâncias e educação infantil.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Basilio Sánchez nasceu em 1958, na cidade de Cáceres, Espanha. Considerado um dos maiores poetas de poesia meditativa contemporânea, seu primeiro livro, “A este lado del alba”, ganhou o segundo lugar do Adonais de Poesia (1983), um dos mais importantes prêmios de literatura da Espanha. Foi laureado também com o prêmio Jaime Gil de Biedma (1995 e 2003), o Prêmio Internacional de Poesia Unicaja (2005), o Prêmio Internacional de poesia Tiflos (2008), o Prêmio Extremadura de criação da melhor obra Literária de Autor Extremeño (2007) e o Prêmio Ciudad de Córdoba “Ricardo Molina” (2012).

Seus livros de poesias: “La mirada apacible” (Pre-Textos, 1996), “Al final de la tarde” (Calambur, 1998), “El cielo de las cosas” (EREx, 2000), “Para guardar el sueño” (Visor, 2003), “Entre una sombra y otra” (Visor, 2006), “Las estaciones lentas” (Visor, 2008). O conjunto de sua obra poética está no livro “Los bosques de la mirada. Poesía reunida 1984-2009” (Madrid, Editorial Calambur, 2010). Recentemente publicou o livro de poemas intitulado “Cristalizaciones” (Hiperión, 2013).

Basilio Sánchez, além de poeta, é licenciado em medicina e cirurgia pela Universidad de Extremadura, especialista em Medicina Intensiva. Muitos de seus poemas, em alguma medida, refletem os limites da experiência entre a vida e a morte.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Ciclo de poetas de língua espanhola

Este projeto se propõe a compartilhar as obras de poetas de língua espanhola consagrados pelo público e pela crítica literária.  Através de leituras públicas realizadas por convidados/as, discutir-se-á de que forma as poesias escolhidas lhes tocam e quais os temas que elas podem suscitar em suas vidas. A fruição e o deleite que tais poemas podem proporcionar e os modos pelos quais estes podem nos capturar, nos convidam a perceber a poesia como manifestação sensível da vida, em seus embates, dores e prazeres. Tais encontros também objetivam divulgar e incentivar a apreciação da poesia como arte, bem como o aprendizado do idioma espanhol através destes e de outros eventos culturais. O primeiro encontro, realizado em junho na Palavraria, enfocou o poeta uruguaio Mario Benedetti e o próximo, a realizar-se em outubro, terá como tema o poeta chileno Pablo Neruda.

.

.

22, quinta, 19h: Palavreio Avesso, com Leandro Maia & Jorge Falkembach (Especial 10 anos da Palavraria)

Palavreio Avesso comemora o Aniversário da Palavraria. É um pocket que apresenta as canções de Leandro Maia e trechos dos contos de Jorge Falkembach. Voz, violão e leituras. Na mesma ocasião ocorre a sessão de autógrafos do livro Avesso, de Jorge Falkembach, de caráter biográfico, no qual o músico Leandro aparece como protagonista.

Considerado um dos dez melhores discos brasileiros de 2008 pela imprensa de Porto Alegre, Palavreio é um cd gravado de um livro e apresenta canção impregnada de literatura. A obra caracteriza-se como um tratado autoral em três partes sobre canção brasileira: Palavra de Papel (poemas), Palavra Dita (poemas recitados) e Canção, onde realiza o percurso da palavra falada à palavra cantada. Palavreio tem a produção musical de Pedrinho Figueiredo, integrante do quarteto de Renato Borghetti há 20 anos, e ilustrações de Jorge Herrmann, músico e artista plástico de prestígio na capital gaúcha.  O disco conta com diversas participações especiais, como Hique Gomez (Tangos e Tragédias), Luciano Maia (Quartcheto) e Ernesto Fagundes (Os Fagundes), além de trazer a sonoridade de mais de 20 músicos do primeiro time do cenário gaúcho.

Dialogando com poetas, escritores e compositores como Luís de Camões, João Simões Lopes Neto, Manuel Bandeira, Mário Quintana, João Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Noel Rosa, Chico Buarque, Caetano Veloso, Vitor Ramil, entre outros, Leandro Maia depura o conceito de antropofagia e tropicalismo, misturando formas eruditas e populares. Em suas canções aparecem citações de Villa-Lobos, Lennon e Mcartney, Richard Wagner, J.S. Bach, Kurt Cobain, além de literatura de cordel, haikai e poesia concreta. Este trabalho também rendeu a Leandro Maia o Prêmio Açorianos de Música na categoria Revelação. (e-Cult)

leandro maiaLeandro Maia é cantor, violonista e compositor. Mestre em Letras – Pós Graduação em Literaturas Brasileira, Portuguesa e Luso-Africanas, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com a dissertação Quereres de Caetano: da canção à Canção, 2007. Licenciado em Música, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com o trabalho de conclusão O professor de música no trânsito entre dois mundos, 2002. Prêmio Açorianos – Revelação e Troféu Cultura RBS pelo Cd-Livro “Palavreio”. Vem realizando palestras e conferências no Brasil e no exterior sobre o tema ‘Poética da Canção’, palestra-show que já foi apresentada em diversos eventos e universidades do exterior. Atualmente vive na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, onde se dedica ao trabalho artístico, à produção cultural e à docência junto ao Centro de Artes da UFPEL. Está lançando em setembro  o disco infantil intitulado “Mandinho”, expressão típica da cidade de Pelotas para designar a primeira infância.

.

.

23, sexta. 19h: Lançamento do livro A riqueza desmistificada, de Antonio David Cattani (Editora Marcavisual)

A riqueza desmistificada“A posse da riqueza substantiva não apenas garante rendas excepcionais mas também viabiliza privilégios indevidos, impunidade e poder desmedido. É extremamente difícil obter informações precisas sobre a composição das classes abastadas e sobre as formas pelas quais elas asseguraram a apropriação material da riqueza e a hegemonia política. A mitificação da riqueza leva a santificar seus detentores, considerados pela opinião pública como superiores, impolutos, inquestionavelmente merecedores de suas rendas e patrimônios. Como totem e tabu, a riqueza possui dimensões arcanas. Arcano, neste caso, não remete a sentidos místicos ou esotéricos. Etimologicamente, arcano é sinônimo de misterioso ou enigmático, de algo importante conhecido ou compreendido por poucos. Este livro busca contribuir para a superação da mitificação ideológica que sacraliza pseudoelites, revelando os sofismas que legitimam a riqueza. Demonstrar as práticas dos agentes que operam contra o bem comum é um requisito para a construção de uma sociedade justa, verdadeiramente livre e fraterna.”

Antônio david cattaniAntonio David Cattani é doutor pela Université de Paris I – Panthéon-Sorbonne (1980), com pós-doutorado na Ecole de Hautes Etudes en Sciences Sociales (Paris, 1993-1994). Professor titular de Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e no Programa de Pós-Graduação em Sociologia; professor visitante na Université Laval (Québec – Canadá), Pesquisador visitante na Universidade de Oxford – 2010-2011. Consultor ad hoc : CNPQ, CAPES, FINEP, Editora da UFRGS,Scielo, revistas de Ciências Sociais. Prêmio Fapergs 2007 Pesquisador destaque em Ciências Humanas e Sociais. Vencedor do prêmio Açorianos de Literatura 2007- categoria Ensaios de Humanidades (c/ L. Holzmann). Organizador e autor de vários livros publicados no Brasil, Argentina, Colombia, França, Inglaterra, Itália, México e Portugual. Coordenador do site http://www.dmtemdebate.com.br. Editor da revista Sociologias. (Qualis A1). Área de especialização : Sociologia do Trabalho, Sindicalismo, Desigualdades socioeconômicas., Riqueza e Desigualdade.

http://www.antoniodavidcattani.net/.

.

Palavraria - livros a

.

24, sábado, 19h: Lançamento do CD Artesã, de  Bianca Obino (Especial 10 anos da Palavraria)

Primeiro CD de Bianca Obino, Artesã apresenta doze músicas autorais no formato violão e voz. “Artesã é o resultado de um trabalho iniciado em 2008, período em que passei a refletir sobre meu processo de composição. Entre os sons, as palavras e os sentidos, percebi que conceber e executar músicas usando apenas o violão e minha voz era algo especialmente minucioso, na tentativa de atingir uma sonoridade única para cada canção, ressaltando os detalhes, deixando florescer o que há de peculiar em cada obra. Por ‘dizer com voz’* e tocar `com as próprias mãos’*, considero-me uma ‘artesã’ – na busca deste resultado estético-musical e no manejo das ‘tramas’ desta vida que muito me faz aprender.”

Artesã foi gravado no Estúdio Soma, em Porto Alegre, tendo como técnico de som Tiago Becker. Possui as participações especiais de Mônica Lima (violoncelista) e Killy Freitas (violonista). A proposta de “ARTESÔ é, pela alternância entre dois tipos violões (nylon e 12 cordas) e pela referida maneira com que as canções são construídas, promover uma peculiar variedade de timbres e texturas, fazendo com que o apreciador tenha a impressão de escutar uma “banda” ou uma “orquestra”, através, apenas, dos instrumentos violão e voz.

bianca obino - por Marcelo Stefani

A apresentação na Palavraria marca também a despedida da cantora e compositora que parte agora em setembro para uma temporada de estudos na Inglaterra: na Bath SPA University, ela desenvolverá seu mestrado em Composição e Canção.

Bacharel em Canto Lírico pela UFRGS, Bianca agrega ao seu currículo diversos cursos, workshops e masterclasses de aperfeiçoamento nas áreas de canto lírico, canto popular, técnica vocal e fisiologia do canto com reconhecidos professores e fonoaudiólogos. Entre os cursos, participou do Florence Opera International Masterclass, cidades de Florença e Prato (Itália), em 2009, e certificou-se nos três níveis do método Somatic Voiceworktm, nas cidades de Nova Iorque e Winchester (EUA), em 2011.

 

.

.

.

Anúncios

0 Responses to “Programação de 19 a 24 de agosto de 2013”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


agosto 2013
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 612,145 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: