31
maio
14

Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 2, 19h: Clube de Leitura, com o livro Madrugada suja, de Miguel Souza Tavares. Mediação de Cristina Aragonez

.

clube de leitura.

.

Leitura de junho: Madrugada suja, de Miguel Souza Tavares

Mediação de Cristina Aragonez

 

02 de junho de 2014, segunda-feira, 19h

Na Palavraria

Madrugada suja - Miguel de Souza TavaresNuma madrugada de 1988, três estudantes de Évora e uma jovem de dezesseis anos saem para uma farra regada a muito álcool que terminaria em tragédia. Um dos rapazes é Filipe, último descendente da aldeia alentejana de Medronhais da Serra, hoje habitada por um único homem, seu avô, Tomaz da Burra.

O romance do português Miguel Sousa Tavares acompanha as vidas desta família desde a Revolução dos Cravos, que derrubou a ditadura de Salazar em abril de 1974, até os dias atuais. O pai de Filipe, Francisco, ficou viúvo muito cedo e sempre pareceu alheio ao que acontecia na aldeia. Mas, com as mudanças políticas, ele parece encontrar na reforma agrária uma razão para viver e decide se mudar para uma fazenda comunal, deixando o filho único para ser cuidado pelos avós.

Filipe cresce nesta Medronhais da Serra fora do tempo, um lugar que tinha pouco mais de cinquenta habitantes e demorou muito a ganhar o seu primeiro aparelho de televisão. Ele se torna arquiteto e vai trabalhar em uma cidade costeira do Alentejo, onde passa a conhecer cada vez mais de perto as sujeiras da corrupção política. Ao tentar não se envolver num esquema de fraudes e propinas, voltará a ser assombrado pela trágica noite que viveu na juventude.

Narrado em um ritmo vertiginoso, que faz o leitor agarrar-se ao livro até o fim, Madrugada suja alterna a voz de diferentes personagens a cada capítulo. Além de um retrato crítico e acurado sobre as mudanças em Portugal nos últimos quarenta anos, o escritor criou uma história fascinante sobre como os acasos da vida nos levam a situações-limite.

miguel souza tavaresMiguel Souza Tavares nasceu no Porto, em 1952. É formado em direito, mas trabalha como jornalista. É comentarista da TV1 e colunista do jornal Expresso. É autor de livros de reportagem e crônicas, como Sahara, a república da areiaSul, e de livros infantis e juvenis, como O planeta Branco e O segredo do rio.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

 

 clube de leitura

Clube de Leitura Penguim/Companhia das Letras – Palavraria
Inscrições gratuitas

O Clube de Leitura reúne, preferencialmente na primeira segunda-feira de cada mês, pessoas interessadas em ler e trocar idéias sobre obras da literatura clássica e contemporânea.

A primeira reunião foi em novembro de 2012, e desde então mais de uma dezena de livros já foram enfocados.

Em cada reunião os participantes escolhem as obras a serem discutidas nos próximos encontros e os respectivos mediadores, que serão sempre alternados.

Os participantes do Clube de Leitura terão um desconto de 10%, ao adquirirem na Palavraria os livros destinados à discussão.

 

 

Informações e inscrições na Palavraria
Rua Vasco da Gama, 165 – 51 3268 4260 – de segunda a sábado das 11 às 21h
ou pelo email palavraria@palavraria.com.br.

 

Palavraria - livros a

 

Anúncios

0 Responses to “Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 2, 19h: Clube de Leitura, com o livro Madrugada suja, de Miguel Souza Tavares. Mediação de Cristina Aragonez”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


maio 2014
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 620,387 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: