08
jun
14

Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 9, Lançamento do livro Outono de 68, de Marco Vieira

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

 

09, segunda, 19h: Lançamento do livro Outono de 68, de Marco Vieira (Editora Sulina).

outono de 68Outono de 68 é um passeio no tempo. Um retorno a um passado recente e, ao mesmo tempo, distante, melancólico e trepidante, luminoso e sombrio, absurdo e carregado de sentidos. Marco Vieira leva o leitor a visitar uma época de sonhos e utopias, um tempo de apostas e perdas, de violências, esperanças e desespero. Dá para sentir a atmosfera dos anos 1960. É como se o vento daqueles dias viesse roçar nossa pele, mexer em nossos cabelos, bulir com nossa memória. Crônica de um salto no escuro, o relato recupera a história individual na História coletiva, nacional, trágica. Aos poucos, um universo vem à tona. Tem cheiro, ritmos, frases, um estilo.
Sim, Outono de 68 aborda um estilo de vida justamente num momento em que a vida sofre um baque e todos os estilos caem na clandestinidade. O ano de 1968 parece falar por si: juventude, musicalidade, desejo de mudanças, manifestações nas ruas e, no Brasil, um final de ano fúnebre com o AI-5. Os personagens de Marco Vieira evoluem nesse tempo transformado em universo. Parece, inicialmente, um espaço ingênuo de cidade do interior. O que se vê, em seguida, é a densidade das vidas acossadas, dos saltos no abismo, das janelas fechadas e de destinos marcados para sempre. No Brasil da ditadura, pais e filhos descobrem-se e encobrem suas diferenças. Dá para sentir os passos dos protagonistas nas ruas de Porto Alegre. Há um olhar de viés. Em tom de novela, a história revela, desnuda, surpreende e traduz o passado como presente perpétuo.
Confira a fanpage da Editora Sulina www.facebook.com/editorasulina

 

marco vieiraMarco Vieira nasceu em São Luiz Gonzaga, RS, e mora em Porto Alegre. É jornalista formado pela PUCRS; já trabalhou em rádio, em um jornal segmentado para a área médica e trabalha atualmente como assessor de imprensa. O gosto pela literatura vem da infância. Durante a ditadura militar, escreveu poesias sobre protestos e questões sociais, publicadas semanalmente em jornais da capital e do interior. Em 1990, editou, de forma independente, a novela No cair da tarde, lançada na Feira do Livro de Porto Alegre.

.

Palavraria - livros a.

.

Anúncios

0 Responses to “Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 9, Lançamento do livro Outono de 68, de Marco Vieira”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


junho 2014
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Categorias

Blog Stats

  • 609,756 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: