10
dez
14

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 12, Pocket de lançamento do CD Café Frio, com Killy Freitas.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

12, sexta, 19h: Pocket de lançamento do CD Café Frio, com Killy Freitas.

CafeFrioCapa

Antônio Skármeta e Killy Freitas se conheceram em 2012, quando o escritor foi patrono da Feira do Livro de Santa Cruz do Sul – cidade onde vive o músico. A afinidade entre o chileno – considerado um dos principais escritores contemporâneos, autor do clássico “O Carteiro e o Poeta” (1985) – e o gaúcho foi imediata. “Eu toquei violão e mostrei minhas músicas. Aí ele me deu uma letra que tinha escrito, mas que ainda não havia sido musicada”. Na mesma noite, Killy compôs a música e, no outro dia pela manhã, gravou em estúdio. Logo à tarde já entregou o CD para Skármeta. “Ele ficou impressionado com a minha determinação e achou a música linda,” conta Killy.

Foi assim que nasceu “Samba de los muertos”, a música que seria o início de um projeto que resultou em um álbum – Café Frio. Por dois anos, eles se corresponderam, trocaram poesias, referências e melodias que originaram o disco, composto por treze canções, todas com letras de Skármeta, musicadas por Killy – que assina também a produção independente e os arranjos do trabalho. As gravações foram feitas de setembro de 2012 a junho de 2014 em Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Montevideo, Santiago e Inglaterra.

“O projeto é o resultado daquele encontro”, define Killy. Com sotaque sulista e portenho, Café Frio tem influências que vão da milonga, passando por chamamé, guarânia até samba, bolero, bossa nova e jazz fusion. “A palavra que me vem em mente quando vejo o CD é amor. Porque todas as letras do Skármeta têm uma temática muito em cima do amor. E eu acho que ele gostou e se identificou com a minha maneira de fazer música, com melodias melancólicas. Uma vez, no Chile, Skármeta comentou: ‘Por isso que deu certo! As minhas letras também são melancólicas. Eu sou melancólico!’”

O trabalho conta com participações dos cantores Victor Hugo e Bianca Obino (indicada ao Prêmio Açorianos de Música 2013 nas categorias Instrumentista MPB e Revelação), acordeonista Renato Muller, o saxofonista Pedrinho Figueiredo, o guitarrista Ricardo Vogt (da banda de Esperanza Spalding), entre outros. A arte da capa do CD foi criada especialmente para o projeto, pelo artista plástico paulista Newton Mesquita, a pedido de Skármeta.

 

.

Palavraria - livros a

.

.

Anúncios

0 Responses to “Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 12, Pocket de lançamento do CD Café Frio, com Killy Freitas.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


dezembro 2014
S T Q Q S S D
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias

Blog Stats

  • 614,797 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: