29
ago
16

Programação de 29 de agosto a 3 de setembro de 2016

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

 

30, terça, 19h: Lançamento do livro A lista de Schindler nunca termina, de Renato Moreira.

8 30 a lista
O livro A Lista de Schindler nunca termina trata da própria vida que se desvela entre as linhas através de reflexões sobre esperança, política, romance, drogas, liberdade, conflitos sociais – entre outros temas. Bem sabemos que a existência possui uma multiplicidade impossível de ser resumida e, por aqui, encontramos os diversos personagens, as diversas personas que somos todos os dias enquanto tentamos alcançar a expectativa de uma felicidade. O autor propõe, nesse livro, uma visão proposital do conteúdo em vez da forma milimetricamente perfeita – um compromisso com a mensagem ofertada pela sensibilidade da poesia.

.

Palavraria - livros a.

.

31, quarta, 19h: Lançamento do livro O menino que se tornou Brizola, de Cleber Dione Tentardini.

8 31 brizolaA vida de Leonel Brizola, com ênfase para os primeiros anos em Porto Alegre, até o exílio no Uruguai e a volta, quinze anos depois. “…Éramos todos jovens e nos identificávamos com aquela massa anônima a percorrer as ruas de Porto Alegre, gritando ‘Getúlio’, ‘Getúlio’ e empunhando faixas com toscas inscrições em favor dos sindicatos e das garantias de trabalho”. Leonel de Moura Brizola.

.

Palavraria - livros a.

.

1, quinta, 19h: Lançamento do livro Rindo do trágico: o humor na literatura israelense contemporânea, de Leniza Kautz Menda. Bate-papo da autora com Abrão Slavutzki e Rafael Ban-Jacobsen.
9 1 rindo do trágicoEm Rindo do trágico: o humor na literatura israelense contemporânea, são apresentadas e dissecadas as obras de escritores como Sayed Kashua (mestre da autoironia), David Grossman (com seu humor cáustico, que flerta com o preconceito), Meir Shalev (de um humor delicado, saudosista, que aponta um caminho de esperança mesmo em meio a adversidades e à guerra), Yoram Kaniuk (autor que tangencia o “humor negro”, explorando a sátira grotesca) e Amós Oz (cujos textos estão recheados de uma comicidade profundamente humana, capaz de lançar luzes sobre temas tão espinhosos quanto o conflito árabe-israelense). Esses e outros prosadores têm suas características gerais, a sua literalidade e – por que não? – suas obsessões aqui analisadas diretamente a partir de trechos das suas obras.

.

Palavraria - livros a.

.

2,  sexta, 18h: Lançamento do livro Celebrando a vida, de Nilva Ferraro.

9 2 Celebrando a Vida 3.

Palavraria - livros a.

.

03, sábado, 17h: Lançamento do livro 2038, de Max Telesca. Bate-papo do autor com Roberto Medina.

2038
Em 2038 “tudo é normal, pois todo mundo faz”. Este é o princípio fundamental de um país que resolveu de maneira bastante original o problema da corrupção: legalizando-a. Este mesmo país, também de maneira inusitada, solucionou o problema da violência urbana regularizando os esquadrões da morte ao considerar “não-pessoas” os latrocinas, homicidas e os traficantes irregulares de drogas, aqueles que não distribuem de forma regular o “arrego”, propina policial também liberada em Lisarb. Verificando a impossibilidade de vencer o problema dos grandes desvios éticos, os líderes de Lisarb decidiram que o tema da corrupção deveria ser superado de vez e incorporado aos costumes a partir da Doutrina da Aceitação.

Max Telesca nasceu em Porto Alegre em 1974. Passou a infância no interior, na região do Pampa gaúcho, em Canguçu. Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pelotas em 1997 e logo depois foi para Brasília, onde iniciou sua carreira de advogado. Em sua trajetória, destaca-se a atuação política na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Exerceu cargos relevantes, como a Presidência do Tribunal de Ética, da Comissão de Direitos Sociais e de Diretor da OAB/DF. Criou a Telesca e Advogado Associados e é representante em Brasília da Procuradoria-geral do Município de Porto Alegre. Fundou o Instituto de Popularização do Direito, no qual é secretário-executivo. Exerce, ainda, a função de vice-presidente do Sindicato dos Advogados do Distrito Federal. É especialista em tribunais superiores, processo civil e direito penal. Atuou nas mais importantes investigações criminais do país nos últimos anos, destacando-se a defesa que produziu na AP 470-Mensalão, quando absolveu sua cliente por unanimidade no Supremo Tribunal Federal. É casado pela segunda vez e pai de dois filhos. Na área literária, 2038 é seu romance inicial, embora tenha escrito Mortes Modernas, ainda não publicado. Foi indicado ao Prêmio Habitasul Correio do Povo Revelação Literária de 2001 da Feira do Livro de Porto Alegre pelo conto “Verão Grego”.

.

Palavraria - livros a.

.

 

Anúncios

0 Responses to “Programação de 29 de agosto a 3 de setembro de 2016”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


agosto 2016
S T Q Q S S D
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias

Blog Stats

  • 614,797 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: