Posts Tagged ‘Cláudio Levitan

05
mar
16

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 3, Lançamento do livro Photo Invasion, de Lucas Levitan. Pocket musical com Cláudio Levitan.

.

aconteceu

.

3, quinta, 19h: Lançamento do livro Photo Invasion, de Lucas Levitan. Pocket musical com Cláudio Levitan.

.

lucas levitan 01.

lucas levitan 02lucas levitan 03 lucas levitan 04 lucas levitan 05.

.

.

.

.

.

lucas levitan 06lucas levitan 07 lucas levitan 08 lucas levitan 09.

.

.

.

.

.

.

Palavraria - livros c.

 

Anúncios
02
mar
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 3, Lançamento do livro Photo Invasion, de Lucas Levitan. Pocket musical com Cláudio Levitan.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

 

3, quinta, 19h: Lançamento do livro Photo Invasion, de Lucas Levitan. Pocket musical com Cláudio Levitan.

cartaz lucas levitan

.

Palavraria - livros a.

 

14
out
13

Vai rolar na Palavraria, nesta, quarta, 16, a Primeira Reunião da Cambada de Leitores de Andrea Camilieri. Participam Fraga (organizador), Edgar Vasques, Ernani Ssó, Cláudio Levitan e Carla Osório.

program sem

.

16, quarta, 18h30: Primeira Reunião da Cambada de Leitores de Andrea Camilieri. Participam Fraga (organizador), Edgar Vasques, Ernani Ssó, Cláudio Levitan e Carla Osório.

A partir deste mês, Andrea Camilleri– criador do Comissário Montalbano – tem uma CLAC mensal na Palavraria.

A Palavraria sempre abrigou grupos de leitores de todos os gêneros literários. Agora ganhou mais um, específico, policialesco: a CLAC, Cambada de Leitores de Andrea Camilleri. O pretexto para os encontros da CLAC é a admiração pelo genial autor e seu humano personagem, o Comissário Montalbano. A intenção é reunir os fãs e atrair novos interessados nas aventuras do Montalbano e seus chefiados na delegacia de Vigàta.

As pautas da CLAC serão propostas de uma reunião para outra: pode ser um determinado livro, um conto qualquer, um dos personagens (imaginem tratar do Catarella ou abordar a Lívia). Haverá espaço para depoimentos, leitura ao vivo, papo em torno da tradução, curiosidades sobre  o escritor etc. Enfim, tudo sobre o prazer de acompanhar um sucesso internacional (quase 30 livros e 25 filmes da série televisiva italiana, exibida em mais de 60 países, menos aqui).

E a idéia prática final: cobrar da Editora Record os próximos lançamentos – já são 12 livros em atraso, baita descompasso com a satisfação dos leitores em outros idiomas. A partir da primeira reunião coletiva (os fãs de outros policiais são bem-vindos), entra no ar o blog da CLAC, com a programação da cambada, divulgação de resenhas, links, atualidades sobre Andrea Camilleri.

Ah, claro que a Palavraria já estocou exemplares.

Anfitriões: Carla Osório (Palavraria), Cláudio Levitan (desenhista/músico), Edgar Vasques (cartunista/ chargista/pai do Rango), Ernani Ssó (escritor/ tradutor), Fraga (jornalista/humorista/coordenador da CLAC)

O que: Papos em torno dos casos do Comissário Montalbano
Quando: Quarta-feira, dia 16/10, das 18:30 às 21h
Onde: Palavraria, Vasco da Gama/165, fone 3268 4260
Quanto: Evento gratuito, aberto a quem aparecer

.

andrea camillieriNascido em Porto Empedocle (Agriento) em 1925, Andrea Camilleri trabalhou por muito tempo como roteirista e diretor de teatro e televisão, produzindo os famosos seriados policiais do comissário Maigret e do tenente Sheridan. Estreou como romancista em 1978. A consagração, porém, viria apenas no início dos anos 1990, quando publicou A forma da água, primeiro caso do comissário Salvo Montalbano. Desde então recebeu alguns dos principais prêmios literários italianos e tornou-se sucesso de público e crítica em todos os países onde foi lançado, com mais de 3 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

.

.

 

19
jul
13

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 18, o lançamento do livro A vaca transparente, de Cláudio Levitan

aconteceu

.

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 18,  o lançamento do livro A vaca transparente, de Cláudio Levitan (Editora Libretos). Bate-papo do autor com Luis Fernando Verissimo e Edgar Vasques. Fotos do evento.

.

a vaca transparente - levitan 01.

a vaca transparente - levitan 02a vaca transparente - levitan 03 a vaca transparente - levitan 04 a vaca transparente - levitan 05.

.

.

.

.

.

a vaca transparente - levitan 06 a vaca transparente - levitan 07 a vaca transparente - levitan 08 a vaca transparente - levitan 09.

.

.

.

.

.

a vaca transparente - levitan 10 a vaca transparente - levitan 11 a vaca transparente - levitan 12 a vaca transparente - levitan 13.

.

.

.

.

.

 

Palavraria - livros a.

16
jul
13

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 18, Lançamento do livro A vaca transparente, de Cláudio Levitan, com Luis Fernando Verissimo e Edgar Vasques

program sem

.

18, quinta, 19h: Lançamento do livro A vaca transparente, de Cláudio Levitan (Editora Libretos). Bate-papo do autor com Luis Fernando Verissimo e Edgar Vasques.

poster vaca

 

.

capa a vaca tranparenteCom Levitan, Luís Fernando e Edgar vão tratar da década de 70, data de origem de A Vaca Transparente que foi parcialmente publicada em fascículos na publicação Pato Macho, que, nanica, não resistiu por muitas edições.

A Vaca Transparente é uma novela com textos e ilustrações de Claudio Levitan, apresentada em projeto gráfico da Prime Design. Conta a história de Dânuta e Tipístolo, dois grandes amigos aventureiros que encontram uma verdade universal e precisam difundí-la. Porém, a verdade é proibida e aí começam seus problemas. A luta entre a descoberta e a revelação de uma importante verdade, no livro A Vaca Transparente, acontece de diversas formas: em quadrinhos, em texto, de uma forma gráfica que oscila entre palavras dominadora ou singelos e discretos comentários. Esta história de Levitan começou a ser escrita para o jornal Pato Macho, nos anos 1970. No entanto, depois de alguns números publicados, o jornal foi fechado, junto a outros títulos da imprensa nanica. Levitan deixou a novela sem fim e agora rende homenagem a todos os seus leitores. E nos conta a história completa em A Vaca Transparente. Quando decidimos publicar este livro, em janeiro de 2013, nunca imagináramos que ele poderia estar tão atual, tendo em vista a realidade brasileira a partir deste junho de 2013. Manifestações, futebol, censura e manipulação. Parecia ser apenas memória. E era o inconsciente coletivo.

.

claudio levitan2Cláudio Levitan, (8 mar 1951, Porto Alegre, RS) é arquiteto, com mestrado na Inglaterra, mas suas atividades atuais são a música e a literatura infantil. Autor dos CDs O Primeiro Disco, Minha Longa Milonga, Opereta Pé de Pilão, Projeto LP, Canções do Livro das Crianças Perdidas e Avulsas, com os quais ganhou vários prêmios, entre eles, Açorianos, Tibicuera, Itaú Cultural e o reconhecimento da UNESCO com o seu trabalho Minha Longa Milonga, “pelo respeito à diversidade, à tolerância e ao diálogo cultural”. Escreveu o livro infantil O Porão Misterioso, L&PM, Prêmio Açorianos de Literatura Infantil 2001; Pimenta do Reino em Pó, L&PM, indicado ao Prêmio Açorianos de Literatura Infanto-Juvenil 2007; Porto Alegre no Livro das Crianças Perdidas; escreveu Tangos e Tragédias em Quadrinhos, com desenhos de Edgar Vasques, L± participou de antologias de contos como Caio de Amores, Nós, os gaúchos, Contos no Solar, 101 que Contam, Brevíssimos e Histórias de Quinta. Transformou em História em Quadrinhos o livro-poema Pé de Pilão, de Mario Quintana, L&PM.

.

.

 

22
nov
11

Aconteceu na Palavraria, nesta segunda, 21/11: Vereda Literária 2011

.

.

Nesta segunda, 21, rolaram na Palavraria dois debates da Vereda Literária: Convicções e liberdades, com Altair Martins, Carlos Reis e Lu Thomé e Diversão e respeito, com Carlos Urbim, Cláudio Levitan e Mário Corso. Fotos do evento.


.

.

.

.

.

.

.

.

.

.


.

.

.

.


.

.



.

.


.


.

.

.

.

.


.

.

.

21
nov
11

Nesta segunda, 21, na Palavraria, 19h: Diversão e respeito, com Carlos Urbim, Cláudio Levitan e Mário Corso

.

.

21, segunda, 19h30: Diversão e respeito, com Carlos Urbim, Cláudio Levitan e Mário Corso. 

A relação do autor com o leitor na literatura infanto-juvenil. Como se faz literatura para crianças e jovens hoje.

Carlos Urbim nasceu em Sant´Ana do Livramento, no dia 4 de fevereiro de 1948. Transferiu-se para Porto Alegre, onde graduou-se em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde 1968 atua como profissional junto aos principais meios de comunicação rio-grandenses. Pai de Emiliano e Glauco, é casado com a jornalista Alice Urbim. Ocupou, entre outros, os cargos de diretor da Rádio da UFRGS, correspondente da revista IstoÉ, editor de Cultura da Folha da Manhã e do Diário do Sul, editor de cadernos de Zero Hora e editor de História da RBS TV.  Sua primeira obra de ficção para crianças, Um Guri Daltônico, foi lançada na Feira do Livro de 1984. Com Saco de Brinquedos, Urbim obteve o título de altamente recomendável da Fundação Nacional do Livro Infanto-Juvenil. Com Rio Grande do Sul – Um Século de História, ganhou o Prêmio Açorianos de Literatura 2000, categoria especial. Também em 2000 foi condecorado com a Medalha Carlos Cavaco de Mérito Cultural, outorgada pela Câmara Municipal de Livramento. É cidadão honorário do município de Alvorada, título entregue pela Câmara de Vereadores em 2002. Em 2006, a nova edição de Bolacha Maria obteve o Prêmio de Livro Infantil do Ano da Associação Gaúcha de Escritores e o autor também recebeu o troféu Homem de Destaque do Ano, entregue pela Liga Feminina de Combate ao Câncer de Livramento. Em 2009, passou a ocupar a Cadeira nº 40 da Academia Rio-grandense de Letras e foi eleito patrono da 55ª Feira do Livro de Porto Alegre, além de receber a Medalha do Mérito Farroupilha, outorgada pela Assembléia Legislativa, e a Medalha de Porto Alegre, entregue pela Prefeitura Municipal em 2010. Entre 3 e 6 de novembro de 2011 participa, como patrono brasileiro, da 2ª Feira Binacional do Livro, evento na divisa entre Santana do Livramento e Rivera. Crédito da foto: Rodrigo Migliorin.

Cláudio Levitan, (8 mar 1951, Porto Alegre, RS) é arquiteto, com mestrado na Inglaterra, mas suas atividades atuais são a música e a literatura infantil. Autor dos CDs “O Primeiro Disco”, “Minha Longa Milonga”, “Opereta Pé de Pilão”, “Projeto LP”, “Canções do Livro das Crianças Perdidas” e “Avulsas”, com os quais ganhou vários prêmios, entre eles, Açorianos, Tibicuera, Itaú Cultural e o reconhecimento da UNESCO com o seu trabalho “Minha Longa Milonga”, “pelo respeito à diversidade, à tolerância e ao diálogo cultural”. Escreveu o livro infantil “O Porão Misterioso”, L&PM, Prêmio Açorianos de Literatura Infantil 2001; “Pimenta do Reino em Pó”, L&PM, indicado ao Prêmio Açorianos de Literatura Infanto-Juvenil 2007; “Porto Alegre no Livro das Crianças Perdidas”; escreveu “Tangos e Tragédias em Quadrinhos”, com desenhos de Edgar Vasques, L± participou de antologias de contos como “Caio de Amores”, “Nós, os gaúchos”, “Contos no Solar”, “101 que Contam”, “Brevíssimos” e “Histórias de Quinta”. Transformou em História em Quadrinhos o livro- poema “Pé de Pilão”, de Mario Quintana, L&PM (Edição esgotada).

Mário Corso é psicanalista, membro da APPOA (Associação Psicanalítica de Porto Alegre). Formado em psicologia pela UFRGS, trabalha com adolescentes e adultos. Em 2002 lançou Monstruário – Inventário de Entidades Imaginárias e de Mitos Brasileiros pela editora Tomo, Menção Honrosa do prêmio Jabuti, numa tentativa de revitalizar figuras esquecidas do folclore nacional. Publicou o livro Fadas no Divã: psicanálise nas histórias infantis, em 2005, e Psicanálise na Terra do Nunca: ensaios sobre a fantasia, em 2010, ambos pela Ed. Artmed, escritos em parceria com sua esposa Diana Corso. Publica artigos, ensaios e crônicas em diversos meios de comunicação.

.

.

.





julho 2018
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Categorias

Blog Stats

  • 667,021 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: