Posts Tagged ‘Cuti

07
nov
09

Programação de 9 a 14 de novembro

program sem9 a 14 de novembro

12, quinta, 19h: Lançamento dos livros Poemayprosa, Dois nós na noite e Contos Crespos, de Cuti.

Poemaryprosa contempla a linguagem da poesia em verso e aquela do poema em prosa em um só amálgama, realçando a temática do amor e suas nuanças no mundo dos sentimentos. O poeta Cuti, pelo viés da identidade negra, apresenta uma obra densa, na qual a sensualidade se entrelaça com a ternura, buscando a superação dos entraves mais comuns no mundo dos afetos.

Esta segunda edição de Dois Nós na Noite e outras peças de teatro negro-brasileiro apresenta além dos 5 textos da 1ª edição, mais 6 esquetes (cenas curtas de motivação satírica). A presença das relações raciais revela uma variedade de situações do nosso cotidiano, cuja tensão dramática diz muito da necessidade de a arte cênica contemplar o que o silêncio e a hipocrisia social abafam.

Nos Contos Crespos, o escritor Cuti apresenta as várias facetas da vida cotidiana das descendências étnicas, com ênfase para o segmento negro da população brasileira, empregando desde o mini-conto até a narrativa mais densa, por onde perpassam personagens cujas trajetórias ora apelam para o real ora nos trazem o inusitado do mundo metafórico.

CutiCuti (pseudônimo de Luís Silva), nasceu em 1951 na cidade de Ourinhos, SP. Formou-se em Letras pela Universidade de São Paulo. É mestre em Teoria da Literatura pelo Instituto de Estudos da Linguagem – UNICAMP, onde realiza doutoramento em Literatura Brasileira. Sua obra abarca os gêneros conto, poesia, novela juvenil, memórias e teatro. Foi um dos criadores e mantenedores da série Cadernos Negros, de 1978 a 1993 e do Grupo Quilombhoje, de 1980 a 1994. Além dos livros deste lançamento, é autor de Poemas da Carapinha (1978), Batuque de Tocaia (1982), Suspensão (1983), Flash Crioulo sobre o Sangue e o Sonho (1987), Quizila (1987), A Pelada Peluda no Largo da Bola (1988)

.

13, sexta, 19h: Lançamento do livro Ramiz Galvão: lambanças e lembranças, de Mario Pepo Santarem.

Fantasia e realidade se misturam na miscelânea de lambanças, lembranças e até algumas verdades neste livro. A ideia é homenagear um lugar, uma gente; brincar com quem se foi e, por que não, com os que ainda estão; resgatar a memória de tempos mágicos e de chumbo vividos num lugar pequeno, falando um pouco (muito pouco) da história do local.

MARIO PEPO1O jornalista Mario Pepo Santarem nasceu em Rio Pardo, no bairro Ramiz Galvão. Reside em Porto Alegre, desde 1978.

.

mini logo

Anúncios



outubro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias

Blog Stats

  • 726.605 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: