Posts Tagged ‘Davi Boaventura

13
nov
14

Aconteceu na Palavraria, nesta quarta, 12, Lançamento do livro Tempo e Magia: a história vista pelo cinema – Antiguidade, de José Baldissera e Tiago de Oliveira Bruinelli. Debate Os clássicos e o cinema, com Baldissera, Davi Boaventura e Eduardo Cabeda. Feira Além da Feira.

.

aconteceu

.

12, quarta, 19h: Lançamento do livro Tempo e Magia: a história vista pelo cinema – Antiguidade, de José Baldissera e Tiago de Oliveira Bruinelli. Debate Os clássicos e o cinema, com Baldissera e Davi Boaventura. Mediação: Eduardo Cabeda. Feira Além da Feira.

.

tempo e magia 01.

tempo e magia 02tempo e magia 03 tempo e magia 04 tempo e magia 05.

.

.

.

.

tempo e magia 06tempo e magia 07 tempo e magia 08 tempo e magia 09.

.

.

.

.

tempo e magia 10tempo e magia 11 tempo e magia 12.

.

.

.

.

 

.

.

.

.

 

Palavraria - livros c.

 

Anúncios
11
nov
14

Vai rolar na Palavraria, nesta quarta, 12, Lançamento do livro Tempo e Magia: a história vista pelo cinema – Antiguidade, de José Baldissera e Tiago de Oliveira Bruinelli. Debate Os clássicos e o cinema, com os autores, Alfredo Barros e Davi Boaventura. Mediação: Eduardo Cabeda. Feira Além da Feira.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

12, quarta, 19h: Lançamento do livro Tempo e Magia: a história vista pelo cinema – Antiguidade, de José Baldissera e Tiago de Oliveira Bruinelli (Editora Escritos). Debate Os clássicos e o cinema, com o autor, Alfredo Barros e Davi Boaventura. Mediação: Eduardo Cabeda. Feira Além da Feira.

tempo e magia historia_cinemaTempo e Magia. A História vista pelo Cinema – Antiguidade analisa filmes sobre a Antiguidade, destacando produções cinematográficas sobre a Babilônia, o Antigo Egito, os povos hebreus, o mundo grego e o mundo romano. As análises contemplam a contextualização histórica dos momentos de produção, mostrando como a Sétima Arte pode ser usada para se compreenderem as construções do e sobre o passado, mas também o ponto de vista das sociedades contemporâneas a seu respeito.

Diferentes narrativas cinematográficas revelam a complexidade das épocas em que foram produzidos tais filmes. Do episódio Babilônia no filme de David Griffith (1916) até A queda do império Romano de Anthony Mann (1964), Baldissera e Bruinelli analisam os desafios da representação histórica do passado por meio da mágia do cinema. O livro lança olhares inéditos sobre produções do auge do cinema “histórico” hollywoodiano. Ben Hur de Willian Wyler (1959), Spartacus de Stanley Kubrick (1960) e Cleópatra (1963), aparecem sob um novo olhar em que interessará historiadores e aficcionados por cinema.

Este livro faz parte de uma quadrilogia que narra o passado tendo a História como referência e o Cinema como veículo de representações do tempo histórico. O próximo título analisará filmes sobre o Medievo.

.

Palavraria - livros a

.

.

05
dez
13

Aconteceu na Palavraria, nesta quarta, 4, o lançamento do livro Recortes para álbuns de fotografia sem gente, de Natália Borges Polesso. Bate-papo da autora com os escritores Davi Boaventura e Moema Vilela.

.

aconteceu

.

Aconteceu nesta quarta, 4,  o lançamento do livro Recortes para álbuns de fotografia sem gente, de Natália Borges Polesso. Bate-papo da autora com os escritores Davi Boaventura e Moema Vilela.

.

natalia polesso 01.

natalia polesso 02natalia polesso 03 natalia polesso 04 natalia polesso 05.

.

.

.

.

.

.

natalia polesso 06natalia polesso 07 natalia polesso 08 natalia polesso 09.

.

.

.

.

.

.

natalia polesso 10natalia polesso 11 natalia polesso 12 natalia polesso 13.

.

.

.

.

.

.

natalia polesso 14natalia polesso 15 natalia polesso 16 natalia polesso 17.

.

.

.

.

.

.

natalia polesso 18 natalia polesso 19 natalia polesso 20.

.

.

.

.

 

Palavraria - livros c.

 

03
dez
13

Vai rolar na Palavraria, nesta quarta, 4, Lançamento do livro Recortes para álbuns de fotografia sem gente, de Natália Borges Polesso

program sem

.

04, quarta, 19h: Lançamento do livro Recortes para álbuns de fotografia sem gente, de Natália Borges Polesso (Editora Modelo de Nuvem). Bate-papo da autora com os escritores Davi Boaventura e Moema Vilela.

recortes para albumFinalista do Prêmio Açorianos 2013, o livro de estreia de Natalia Borges Polesso, Recortes para álbum de fotografia sem gente, é uma compilação de narrativas curtas, algumas já publicadas em jornais e antologias e outras inéditas. São 51 contos que se integram na temática por querer fazer-se ouvir algo que, com cadência, repete-se e repete-se por necessidade. É um livro de coisas não ditas que escapa das narrativas mais lineares e que se integra à prosa poética. Entre cuidados quebradiços e impedimentos anunciados bem no meio das vontades, Natalia experimenta, em nível estético, paisagens internas e seus efeitos. A autora mergulha no não-dito das relações e, na inexistência ou impossibilidade de acontecimentos maiores, escreve grandes histórias do que restou de fragmentos em nossas vidas.

natalia borges polessoNatalia Borges Polesso nasceu em 1981. É escritora, professora, tradutora, revisora e equilibrista do tempo. Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade pela UCS e doutoranda em Teoria da Literatura na PUCRS. Autora premiada com contos e poesias em concursos literários, tem contos publicados em jornais, revistas, blogs e portais literários.

.

.

.

.

 




junho 2019
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Categorias

Blog Stats

  • 710.827 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: