Posts Tagged ‘ensaios

23
out
16

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 28, Lançamento do livro O cheiro do desejo em cena.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

28, sexta, 18h: Lançamento do livro O cheiro do desejo em cena – bate-papo com os autores e sessão de autógrafos.

10-28-o-cheiro-do-desejoO livro aborda o entendimento de três filmes: Perfume – a história de um assassino, O cheiro do ralo e Perfume de mulher, a partir da metapsicologia freudiana.

Autores:

 

.

Palavraria - livros a.

.

08
out
16

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, 8, Lançamento do livro A descoberta dos vínculos sociais – os fundamentos da solidariedade, de Luiz Inácio Geyger.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

8, sábado, 17h: Lançamento do livro A descoberta dos vínculos sociais – os fundamentos da solidariedade, de Luiz Inácio Geyger.

10-8-vinculos-sociaisEste livro discute essencialmente o tema contemporâneo da prospecção de possibilidades de uma economia solidária. Mostra alternativas recentes para acionar princípios de ação promotores de laços e que impulsionam a solidariedade. Por suas páginas o leitor terá ocasião de descortinar fundamentos primordiais de uma vida humana com fundação na solidariedade.

 

.

Palavraria - livros a.

.

06
out
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 6, O individualismo e o tempo: conversa com os autores e lançamento de livros, com Raquel Weiss e Rafael Faraco Benthien.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

6, quinta, 19h: O individualismo e o tempo: conversa com os autores e lançamento de livros, com Raquel Weiss e Rafael Faraco Benthien.

O Individualismo e o Tempo: conversa e lançamento de livro com Raquel Weiss e Rafael Benthien, coordenadores da Coleção Biblioteca Durkheimiana. e orgnaizadores, respectivamente, do Volume 1, “O Individualsimo e os Intelectuais, de Émile Durkheim” e do Volume 2, “Estudo Sumário Sobre a Representação do Tempo na Religião e na Magia, de Henri Hubert”, que serão lançados nessa ocasião.

A coleção é editada pela EDUSP, produzida pelo Centro Brasileiro de Estudos Durheimianos e coordenada por Raquel Weiss e Rafael Benthien. Trata-se de uma edição bilíngue e crítica de textos centrais produzidos por autores da Escola Durkheimiana, acrescido de matérias de época e análises de autores e autoras contemporâneos, de modo a ampliar as possibilidades de leitura e compreensão.
***
O Volume 1, “O Individualismo e os Intelectuais, de Émile Durkheim”, trata de um texto que representa um marco importante na trajetóridurkheima de Durkheim, que, naquele momento, ultrapassou as fronteiras do território da ciência e adentrou o mundo do debate político. Nesse sentido, o texto afirma o direito dos intelectuais de tomar partido em relação a questões morais de sua época e elabora um conjunto de justificativas em defesa do individualismo, entendido como ideal do respeito à pessoa humana. A fim de permitir um aprofundamento do texto principal, o volume compreende ainda um dossiê crítico com textos de Louis Pinto, Marcia Consolim, Susan Stedman Jones, Raquel Weiss e William Watts Miller, além do artigo de Ferdinand Brunetière ao qual “O Individualismo e os Intelectuais” reagia e de um segundo texto de Durkheim, “A Elite Intelectual e a Democracia”.

Mais sobre o Volume 1: https://www.edusp.com.br/detlivro.asp?id=415951
***
hubertO segundo volume “Estudo Sumário da Representação do Tempo na Religião e Na Magia”, traz pela primeira vez em português, o importante estudo de Henri Hubert sobre o tempo, no qual o autor defende que o tempo não é uma dimensão autônoma, caracterizada pela sucessão de instantes homogêneos, desprovidos de qualidade. Com base no exame dos elementos que constituem os calendários mágico-religiosos, os intervalos e as datas críticas, Hubert defende que o tempo se revela para os grupos sociais como uma sucessão de eternidades, cada qual caracterizada por uma qualidade própria, vinculada a uma realização particular da noção de sagrado. E esse sagrado impõe à passagem do tempo variações rítmicas, proibindo e exigindo, em consonância com a própria dinâmica societária, determinados ritos. O volume apresenta o texto de Hubert em edição bilíngue, um dossiê crítico com estudos de especialistas e, nos anexos, resenhas de Marcel Mauss, Jean Lafitte e Salomon Reinach sobre a obra de Hubert.

Mais sobre o volume 2:
https://www.edusp.com.br/detlivro.asp?id=415968

***

Rafael Benthien é professor do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná, com várias pesquisas realizadas sobre a história intelectual francesa.

Raquel Weiss é professora do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sual, e atua sobretudo na área de teoria sociológica e sociologia da moral.

.

Palavraria - livros a.

.

27
set
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quarta, 28, Lançamento do livro O alcançe da canção, de Guto Leite e Luís Augusto Fischer.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

28, quarta, 19h: Lançamento do livro O alcançe da canção, de Guto Leite e Luís Augusto Fischer.

o-alcance-da-cancao

 

.

Palavraria - livros a.

.

22
set
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 22, Alteridades, deslocamentos, espera – palestra com Josoaldo Lima Rêgo e lançamento do livro Carcaça.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

22, quinta, 18h: Alteridades, deslocamentos, espera – palestra com  Josoaldo Lima Rêgo e lançamento do livro Carcaça.

parerga

 

.

Palavraria - livros a.

.

07
set
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 8, Lançamento do livro Paradoxos da segurança cidadã, de José Vicente Tavares e César Barreira.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

8, quinta, 19h: Lançamento do livro Paradoxos da segurança cidadã, de José Vicente Tavares e César Barreira.

9-8-paradoxos-da-seguranca-cidaaEste livro reconstitui um campo intelectual acerca da violência e da segurança cidadã na América Latina, salientando as dinâmicas reprodutoras da violência – em suas formas econômicas, sociais, culturais e institucionais – e as dificuldades do sistema de justiça criminal em reduzir os crimes violentos e os homicídios. Na América Latina, no início do século XXI, muitos governos de centro-esquerda implementaram políticas sociais inclusivas e estratégias de política internacional orientadas pelo multilateralismo. No campo de controle social, entretanto, os mesmos governos acentuaram, em vários aspectos, políticas policiais repressivas, um judiciário penalizante e um aumento do encarceramento; ou seja, veremos aqui os paradoxos entre políticas de inclusão social e políticas de segurança pública repressivas.

.

Palavraria - livros a.

.

31
ago
16

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 1, Lançamento do livro Rindo do trágico: o humor na literatura israelense contemporânea, de Leniza Kautz Menda. Bate-papo da autora com Abrão Slavutzki e Rafael Ban-Jacobsen.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

1, quinta, 19h: Lançamento do livro Rindo do trágico: o humor na literatura israelense contemporânea, de Leniza Kautz Menda. Bate-papo da autora com Abrão Slavutzki e Rafael Ban-Jacobsen.
9 1 rindo do trágicoEm Rindo do trágico: o humor na literatura israelense contemporânea, são apresentadas e dissecadas as obras de escritores como Sayed Kashua (mestre da autoironia), David Grossman (com seu humor cáustico, que flerta com o preconceito), Meir Shalev (de um humor delicado, saudosista, que aponta um caminho de esperança mesmo em meio a adversidades e à guerra), Yoram Kaniuk (autor que tangencia o “humor negro”, explorando a sátira grotesca) e Amós Oz (cujos textos estão recheados de uma comicidade profundamente humana, capaz de lançar luzes sobre temas tão espinhosos quanto o conflito árabe-israelense). Esses e outros prosadores têm suas características gerais, a sua literalidade e – por que não? – suas obsessões aqui analisadas diretamente a partir de trechos das suas obras.

 

 

.

Palavraria - livros a.

.

17
ago
16

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 19, Lançamento do livro A reprodução do racismo. Fazendeiros, negros e imigrantes no oeste paulista, 1880-1914, de Karl Monsma.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

19, sexta, 19h: Lançamento do livro A reprodução do racismo. Fazendeiros, negros e imigrantes no oeste paulista, 1880-1914, de Karl Monsma.

8 19 a reprodução do racismo

A partir do final da década de 1880, São Paulo atraiu muito mais imigrantes que qualquer outra província ou estado brasileiro em função, sobretudo, do programa paulista de imigração subvencionada para italianos e outros europeus que aceitavam trabalhar nas fazendas de café. No estado paulista, os fazendeiros de café enfrentaram a rebeldia dos cativos e, depois da abolição, precisavam controlar uma grande massa de trabalhadores composta principalmente de imigrantes, com uma minoria significante de brasileiros, em que se destacam os libertos.

Os negros esperavam ser tratados com dignidade por cumprirem as mesmas funções que os brancos, e os imigrantes se sentiam ameaçados por isso, ou mais precisamente pela possibilidade de serem tratados como negros. Em longo prazo, o racismo levou à consolidação de divisões raciais no mercado de trabalho e no sistema escolar que dificultavam a mobilidade social de negros e aumentavam ainda mais a desigualdade. Todos esses fatos são destrinchados neste livro que não desenvolve uma explicação completa das diferenças raciais de hoje, mas levanta algumas hipóteses a respeito dos processos que ampliaram as pequenas vantagens iniciais dos europeus nas primeiras décadas após a abolição.

Para isso, o autor enfatiza sobre as teorias do racismo e sua reprodução, contextualizando o pós-abolição na América e no Brasil e examinando como os fazendeiros, administradores de fazendas e delegados de polícia exerciam autoridade sobre negros no período da abolição e como isso influenciou suas percepções. A mesma análise é feita com os imigrantes, o que leva a um comparativo entre as relações estabelecidas com os negros, sejam eles escravos, libertos ou nascidos livres. Para encerrar, Monsma analisa as consequências desses processos para as posições sociais e econômicas de negros e imigrantes, como a desigualdade racial crescente.

Sobre o autor – Karl Monsma é professor de Sociologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atua como especialista na área de sociologia histórica, com ênfase em temas relacionados a racismo, imigração e identidades étnicas.

 

.

Palavraria - livros a.

.

06
jul
16

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 8, Lançamento do livro Amizades contemporâneas – inconclusas modulações de nós, de Danichi Hausen Mizoguchi.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b

.

8, sexta, 18h30: Lançamento do livro Amizades contemporâneas – inconclusas modulações de nós, de Danichi Hausen Mizoguchi.

7 08 amizades contemporâneas - danichiNeste livro sobre a amizade no contemporâneo, o peso das quimeras é dissipado pela força das imagens e das palavras. É uma escrita elaborada por um corpo ereto, curioso, atento ao que as cidades têm a dizer ou silenciar sobre as tramas da amizade. Nas páginas desta obra não encontramos o otimismo dos empresários da felicidade à venda no mercado, ou o pessimismo dos intelectuais que ignoram o que extrapola os limites das suas angústias. Inexistem otimismos ou pessimismos que façam curvar um corpo sob um céu cinzento.

Amizades Contemporâneas: inconclusas modulações de nós problematiza a tensão recorrente nos modos de subjetividade do presente, apostando nas amizades como pontos cruciais – mas jamais únicos ou primordiais – de um jogo biopolítico vital e ininterrupto. Desacreditando da certeza que sufoca a história em um suposto fim, engendra-se uma ética da estrangeiridade a fim de passar junto a um mundo que simultaneamente estranha e aclara a força subjetiva do capital e dá passagem a que algo diferente desta mesma força possa ser inventado.

Danichi Hausen Mizoguchi é professor do departamento de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal Fluminense e autor do livro Segmentaricidades: passagens do Leme ao Pontal.

 

.

Palavraria - livros a.

.

06
jul
16

Vem aí, na Palavraria, a partir desta sexta, curso Quatro Escritoras da Novíssima Literatura Brasileira, com Juliane Welter

.

Cursos oficinas 2016

.

 

Curso Quatro Escritoras da Novíssima Literatura Brasileira,

com Juliane Vargas Welter

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES NA PALAVRARIA

4escritoras

.

Palavraria - livros a.

.




setembro 2020
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias

Blog Stats

  • 759.718 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: