Posts Tagged ‘Livro

04
maio
14

Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 5, 19h: Clube de Leitura – Livro Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato, com mediação de Jeferson Tenório

clube de leitura

.

Leitura de maio: Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato

Mediação de Jeferson Tenório

 

05 de maio de 2014, segunda-feira, 19h

Na Palavraria

 

eles eram muitos cavalos - capaLançado originalmente em 2001, o romance Eles eram muitos cavalos tornou seu autor num grande sucesso de público e crítica. Com uma voz literária original e arrebatadora, Luiz Ruffato retratava um dia na vida de São Paulo, combinando recursos de sua formação jornalística a inovações formais e estéticas. O romance, que chega neste relançamento à sua 11ª- edição, seria ainda vencedor dos prêmios APCA e Machado de Assis. Considerado pelo jornal O Globo um dos dez melhores livros de ficção da década, está publicado em Portugal, na França, Itália, Alemanha, Colômbia e Argentina.

O nove de maio de 2000 é um dia qualquer em São Paulo. Os habitantes seguem realizando pequenos e grandes feitos cotidianos, protagonistas de uma narrativa subterrânea, que representa, ao fim e ao cabo, o próprio tecido da cidade. Para captar essa polifonia urbana, Ruffato estruturou seu romance em 69 episódios, cada qual com registro e fôlego próprios, alternando entre poesia, discurso publicitário, música, teatro e prosa, instantâneos de uma cidade que só se move deixando para trás um rastro de esquecidos. Ao jogar luz sobre esses anônimos, o autor iluminou também as circunstâncias em que eles se confrontam, em atos que se alternam entre a solidariedade e a frieza. Doze anos depois de sua publicação, Eles eram muitos cavalos ainda é um retrato atual e doloroso da vida na grande cidade.

 

Luiz Ruffato 2011Luiz Ruffato nasceu em Cataguases, Minas Gerais, em 1961. Formado em comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, publicou vários livros, entre os quais a pentalogia Inferno provisório e o aclamadoEles eram muitos cavalos, que recebeu o prêmio APCA e o Machado de Assis, da Biblioteca Nacional.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – 

Clube de Leitura Penguim/Companhia das Letras – Palavraria

clube de leitura

Inscrições gratuitas

O Clube de Leitura reúne, preferencialmente na primeira segunda-feira de cada mês, pessoas interessadas em ler e trocar idéias sobre obras da literatura clássica e contemporânea.

A primeira reunião foi em novembro de 2012, e discutiu o livro Terra Sonâmbula, de Mia Couto. Já foram enfocados Se um viajante numa noite de inverno (Italo Calvino), Barba ensopada de sangue (Daniel Galera), Caixa preta (Amoz Oz), Jacob, o mentiroso (Jurek Becker), A ausência que seremos (Héctor Abad), Risíveis amores (Milan Kundera), , O pintor de batalhas (Arturo Pérez-Reverte), A infância de Jesus (J. M. Coetzee), A máquina de Joseph Walser (Gonçalo M. Tavares), Há quem prefira urtigas ( Junichiro Tanizaki) e Todos os homens são mentirosos (Alberto Manguel).

.

Em cada reunião os participantes escolhem as obras a serem discutidas nos próximos encontros e os respectivos mediadores, que serão sempre alternados.

Os participantes do Clube de Leitura terão um desconto de 10%, ao adquirirem na Palavraria os livros destinados à discussão.

 

Informações e inscrições na Palavraria
Rua Vasco da Gama, 165 – 51 3268 4260 – de segunda à sexta das 11 às 21h
ou pelo email palavraria@palavraria.com.br.

.

.

.

 

Anúncios
03
dez
13

Aconteceu na Palavraria, nesta segunda, 2, Clube de Leitura – Livro, de José Luís Peixoto. Mediação de Telma Vaitzes.

.

aconteceu

.

02, segunda, 19h: Clube de Leitura – Livro, de José Luís Peixoto. Mediação de Telma Vaitzes.

.

clube 01.

clube 02clube 03clube 04.

.

.

.

.

clube 05 clube 06 clube 07.

.

.

.

.

.

 

Palavraria - livros c.

 

30
nov
13

Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 2, segunda, 19h: Clube de Leitura – Livro, de José Luís Peixoto

clube de leitura

.

Leitura do mês: 

Livro, de José Luís Peixoto

Mediação de Telma Vaitses

cp livro

O escritor português José Luís Peixoto recria neste romance o sabor das grandes narrativas de formação. A vida de Ilídio, o protagonista, é o relato de uma perseguição que começa no dia traumático em que a mãe o abandonou na infância, avançando através de seu amor pela delicada Adelaide. Determinada a afastar os jovens amantes, a tia de Adelaide a obriga a emigrar para Paris, seguindo o caminho que fizeram mais de um milhão de portugueses entre os anos 1960 e 1970. De Ilídio, Adelaide carrega só um livro, que recebeu de presente – o mesmo livro que a mãe lhe entregou quando era menino, dizendo que voltava logo. Na França, a existência de Adelaide é um esforço contínuo para preencher vazios. Mais por infelicidade do que por felicidade, casa-se. Também um livro a conduz a esse marido que parece mais apaixonado pela política do que pela mulher. O sonho de um reencontro é tortuoso. Mas Ilídio resolve viajar para a França em busca da amada, deixando para trás o pedreiro Josué, o homem que o criou. Cartas que não chegam aos destinatários, buscas que não se completam e amores difíceis trançam este delicado romance, no qual a dor se afirma como primeira condição do existir.

josé luís peixotoJosé Luís Peixoto nasceu em 1974, em Galveias, Portugal. Jovem revelação literária, estudou línguas e literaturas modernas (inglês e alemão) na Universidade Nova de Lisboa. Em 2001, recebeu o Prêmio José Saramago com o romance Nenhum olhar. Seus livros foram traduzidos para cerca de vinte idiomas.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – 

Clube de Leitura Penguim/Companhia das Letras – Palavraria

clube de leitura

Inscrições gratuitas

O Clube de Leitura reúne, preferencialmente na primeira segunda-feira de cada mês, pessoas interessadas em ler e trocar idéias sobre obras da literatura clássica e contemporânea.

A primeira reunião foi em novembro de 2012, e discutiu o livro Terra Sonâmbula, de Mia Couto. Já foram enfocados Se um viajante numa noite de inverno (Italo Calvino), Barba ensopada de sangue (Daniel Galera), Caixa preta (Amoz Oz), Jacob, o mentiroso (Jurek Becker), A ausência que seremos (Héctor Abad), Risíveis amores (Milan Kundera), , O pintor de batalhas (Arturo Pérez-Reverte), A infância de Jesus (J. M. Coetzee), A máquina de Joseph Walser (Gonçalo M. Tavares), Há quem prefira urtigas ( Junichiro Tanizaki) e Todos os homens são mentirosos (Alberto Manguel).

.

Em cada reunião os participantes escolhem as obras a serem discutidas nos próximos encontros e os respectivos mediadores, que serão sempre alternados.

Os participantes do Clube de Leitura terão um desconto de 10%, ao adquirirem na Palavraria os livros destinados à discussão.

 

Informações e inscrições na Palavraria
Rua Vasco da Gama, 165 – 51 3268 4260 – de segunda à sexta das 11 às 21h
ou pelo email palavraria@palavraria.com.br.

.

.

.

 




setembro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Categorias

Blog Stats

  • 721.811 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: