Posts Tagged ‘Oficinas Ronald Augusto

21
jul
14

Vem aí, em agosto, na Palavraria: A precisão do Impreciso – Oficina de Poesia com o escritor Ronald Augusto. Inscrições abertas.

ofic ronald augusto

.

A precisão do Impreciso

Oficina de Poesia com o escritor Ronald Augusto

 

Às terças feiras, das 19 às 21h
12 encontros
Valor: R$ 400,00

Dia 25 de Agosto de 2014 iniciam os trabalhos do segundo semestre de mais um ciclo de A Precisão do Impreciso, oficina de poesia coordenada por Ronald Augusto e que acontece na Palavraria Livros desde 2005. O foco é o trabalho corpo-a-corpo do participante com o seu próprio poema e o poema alheio, tendo em vista a função estética da linguagem. De acordo com Ronald, prosadores medíocres são tolerados e até publicados com entusiasmo, mas poetas medíocres são intragáveis e facilmente se revelam aos olhos de muitos. “Quem não quiser ser um representante nem de um lado nem de outro, pode vir participar da minha oficina”, afirma Ronald Augusto.

Em seus objetivos gerais a oficina pretende:

Reforçar o valor da literatura como forma de ampliar a subjetividade do indivíduo — objetivo por si só pertinente, haja vista o panorama sociocultural cada vez menos voltado ao pensamento e à interpretação.

Divulgar e, na medida do possível, ampliar a riqueza da produção poética brasileira.

Estimular a produção de poemas no sentido de acréscimo criativo (qualitativo) à nossa tradição literária.

E em seus objetivos específicos:

Identificar e explorar no interior do texto a função poética da linguagem, de modo a potencializar os elementos já iniciados ou prefigurados racional ou intuitivamente nos escritos dos candidatos.

Ler, em cada poema apresentado, o que está de fato escrito/inscrito desde um ponto de vista de forma-e-fundo, e não aquilo que gostaríamos que estivesse escrito.

Trabalhar elementos/insumos essenciais como sonoridade, rima, ritmo, imagem, espacialidade verbal e outras ferramentas de linguagem.

Perceber que forma e conteúdo são inseparáveis.

Tomar consciência de que a poesia não é uma janela para o real. A arte da poesia propõe quando muito um sentido provável para o real.
A oficina acontecerá às terças, sempre a partir das 19h. Cada ciclo/módulo se desenvolve durante três meses (12 encontros). O custo total por participante é de Cr$ 400,00.Maiores detalhes é só enviar um email para dacostara@gmail.com ou fazer contato pelo celular (51) 99480569.

Ministrante:

ronald augustoRonald Augusto. Poeta, músico, letrista e crítico de poesia. Nasceu em Rio Grande (RS), em 1961. Publicou, entre outros livros, Homem ao Rubro (1983), Puya (1987), Kânhamo (1987), Vá de Valha (1992), Confissões Aplicadas (2004) e No assoalho duro (2007). É integrante do grupo os poETs, co-editor, ao lado de Ronaldo Machado, da Editora Éblis e também editor associado do website Sibila.

 

Veja mais de Ronald Augusto em:

www.poesiacoisanenhuma.blogspot.com
www.poesia-pau.blogspot.com
www.ospoets.com.br
www.editoraeblis.blogspot.com
www.sibila.com.br

 

.

Palavraria - livros a.

.

 

 

Anúncios
05
jan
14

Começa amanhã, na Palavraria: Literatura negra contemporânea e sua recepção – curso com Ronald Augusto. Inscrições abertas

.

cursos de verão 2014

.

Literatura negra contemporânea e sua recepção 
(breve painel crítico: textos e autores) 

Com Ronald Augusto

Nos dias: 06, 07, 08, e 10 de janeiro de 2014.
Horário: 19h às 21h.
Custo: Cr$ 160,00 pelos 4 encontros. Pagamento em dinheiro ou cheque.

.

Informações/inscrições com Ronald Augusto.

telefones 9948 0569 ou pelo e-mail dacostara@gmail.com

 

Debater a produção literária negra significa divulgar e estimular a pesquisa e a reflexão a respeito das obras dos brasileiros afrodescendentes. Campo plural, traço distintivo e ponto de convergências. Mas, também, ambiente lacunar, feito de presenças e ausências, que adquire e projeta sentidos pelo que apresenta e pelo que ainda está por vir e apresentar. Espaço em construção, aberto sempre a investigações e intervenções.

Literatura negra ou afro-brasileira (feita por negros) é um conceito em construção, processo e devir. Além de segmento ou linhagem, é componente de amplo encadeamento discursivo. Vertente textual ao mesmo tempo dentro e fora da Literatura Brasileira. Constitui-se a partir de textos que apresentam temas, autores, linguagens, mas sobretudo, um ponto de vista culturalmente identificado à afrodescendência, como fim e começo. Sua presença implica redirecionamentos recepcionais e suplementos de sentido à história literária canônica.

Proposta: apresentar e debater com o público interessado alguns textos criativos de poetas e ficcionistas negros e, ao mesmo tempo, propor leituras críticas que procurem rastrear e dimensionar, nas fissuras ou à margem do cânone da branquitude, os limites e desdobramentos desses percursos textuais em diálogo com a diversidade cultural brasileira.

ronald augustoRonald Augusto nasceu em Rio Grande (RS) a 04 de agosto de 1961. Poeta, músico, letrista e ensaísta. É autor de, entre outros, Homem ao Rubro (1983), Puya (1987), Kânhamo (1987), Vá de Valha (1992), Confissões Aplicadas (2004), No Assoalho Duro (2007), Cair de Costas (2012), Oliveira Silveira: poesia reunida (2012), Decupagens Assim (2012) e Empresto do Visitante (2013). Dá expediente no blog www.poesia-pau.blgspot.com e é colunista do site http://www.sul21.com.br/jornal/

.

ofic ronald augusto
Desde 2005, a Palavraria abriga oficinas e cursos promovidos pelo escritor Ronald Augusto, como a Oficina/Curso de Criação Poética – A Precisão do Impreciso e a Oficina de Prosa Primeiro Percurso, ambas com duração de um semestre. O escritor promove também anualmente atividades de verão. As Oficinas/Cursos realizam atividades paralelas aos encontros regulares, como saraus, lançamentos de livros, palestras e debates. 

.

.

10
dez
13

Vem aí, em janeiro, na Palavraria: Literatura negra contemporânea e sua recepção – curso com Ronald Augusto. Inscrições abertas

.

cursos de verão 2014

.

Literatura negra contemporânea e sua recepção 
(breve painel crítico: textos e autores) 

Com Ronald Augusto

Nos dias: 06, 07, 08, e 10 de janeiro de 2014.
Horário: 19h às 21h.
Custo: Cr$ 160,00 pelos 4 encontros. Pagamento em dinheiro ou cheque.

.

Informações/inscrições com Ronald Augusto.

telefones 9948 0569 ou pelo e-mail dacostara@gmail.com

;

Debater a produção literária negra significa divulgar e estimular a pesquisa e a reflexão a respeito das obras dos brasileiros afrodescendentes. Campo plural, traço distintivo e ponto de convergências. Mas, também, ambiente lacunar, feito de presenças e ausências, que adquire e projeta sentidos pelo que apresenta e pelo que ainda está por vir e apresentar. Espaço em construção, aberto sempre a investigações e intervenções.

Literatura negra ou afro-brasileira (feita por negros) é um conceito em construção, processo e devir. Além de segmento ou linhagem, é componente de amplo encadeamento discursivo. Vertente textual ao mesmo tempo dentro e fora da Literatura Brasileira. Constitui-se a partir de textos que apresentam temas, autores, linguagens, mas sobretudo, um ponto de vista culturalmente identificado à afrodescendência, como fim e começo. Sua presença implica redirecionamentos recepcionais e suplementos de sentido à história literária canônica.

Proposta: apresentar e debater com o público interessado alguns textos criativos de poetas e ficcionistas negros e, ao mesmo tempo, propor leituras críticas que procurem rastrear e dimensionar, nas fissuras ou à margem do cânone da branquitude, os limites e desdobramentos desses percursos textuais em diálogo com a diversidade cultural brasileira.

ronald augustoRonald Augusto nasceu em Rio Grande (RS) a 04 de agosto de 1961. Poeta, músico, letrista e ensaísta. É autor de, entre outros, Homem ao Rubro (1983), Puya (1987), Kânhamo (1987), Vá de Valha (1992), Confissões Aplicadas (2004), No Assoalho Duro (2007), Cair de Costas (2012), Oliveira Silveira: poesia reunida (2012), Decupagens Assim (2012) e Empresto do Visitante (2013). Dá expediente no blog www.poesia-pau.blgspot.com e é colunista do site http://www.sul21.com.br/jornal/

.

ofic ronald augusto
Desde 2005, a Palavraria abriga oficinas e cursos promovidos pelo escritor Ronald Augusto, como a Oficina/Curso de Criação Poética – A Precisão do Impreciso e a Oficina de Prosa Primeiro Percurso, ambas com duração de um semestre. O escritor promove também anualmente atividades de verão. As Oficinas/Cursos realizam atividades paralelas aos encontros regulares, como saraus, lançamentos de livros, palestras e debates. 

.

.

18
dez
12

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 21/12: Um som é uma pausa: o poema e a canção – sarau das Oficinas Ronald Augusto

program sem

.


21, sexta, 19h: Um som e uma pausa: o poema e a canção. Sarau Oficinas Ronald Augusto.

 Sarau de encerramento dos alunos da oficina de poesia de Ronald Augusto, apresentando algumas músicas e poemas produzidos ao longo do curso dedicado ao exercício da canção e do poema. A dialética do capricho e do relaxo entre essas artes consanguíneas mas não idênticas.

 

Pequena Amostra

 

Oriki da cheia

Denise Freitas

Muita força em repouso num cinza frágil.

Rios e rios que eram um.

Cume pra marca da água,

cimo sem monte.

Ilha ao redor de tudo.

Entulho. Sobra da margem.

Podre: muito nem dá pro gasto.

No lado de fora, por cima,

o silêncio todo de dentro das coisas.

Casario nesse escuro de lago fundo.

Barro. Santíssima Bárbara deslavada.

Três dias lentos fazendo água e mais nada.

Deisi Scherer Beier

os olhos ardiam e, iludidos, avistavam

miragens de coisas estéreis

não tinha voz para proferir

tímido pedido de socorro

no vazio, nenhuma palavra

em direção ao ceu

a despeito da chuva fina

tenho eu também olhado

aquele que me vê

carregando no ventre

outro deserto
 

Duas Letras

(Denise Freitas, Liana Sinara Marques e Deisi Scherer Beier):

Sem medo de sofrer

Não sei dizer

Onde está meu coração

Penso que foi bem pra lá.

Não vou mentir

Pra tentar te convencer.

Não vou gritar

O que o corpo já mostrou

Esse teu jeito

De partir sem dizer nada

Calar meu sossego

Disfarçado de razão

Inventar a calmaria

Abrir o meu peito

Pra te dar essa canção

Sem medo de sofrer.

Vem cá, vem dançar

Subi o morro da luz
Atrás de um bem pra sonhar
A noite vem devagar
Vem cá, vem dançar.
Meu samba seduz, também teu olhar
Dancei pra valer, morena meu bem.
Até pensei mal dizer
O meu amor por você
Mas te esquecer não vai dar
Vem cá, vem sambar.

.

03
nov
11

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 04/11: Sarau poético das Oficinas Ronald Augusto: “A precisão do impreciso”

.

.

04, sexta, 19h: Sarau poético A precisão do impreciso, com os participantes das Oficinas Ronald Augusto

Desde 2005, a Palavraria abriga a Oficina/Curso de Criação Poética – A Precisão do Impreciso, de Ronald Augusto.  Ronald Augusto realiza atividades paralelas aos encontros regulares, como saraus, lançamentos de livros, palestras e debates. Dia 04 de novembro às 19h é a vez do sarau poético A Precisão do Impreciso

com os seguintes participantes:

Denise Freitas

Deisi Beier

Liana Marques

João Pedro Wapler

Maria da Graça

Paulo Prates

Jackeline Barcellos

Juliana Ben

.

.





agosto 2019
S T Q Q S S D
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 717.339 hits

Top Clicks

  • Nenhum
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: