Posts Tagged ‘Publicidade

07
ago
12

Cursos e oficinas na Palavraria: Vem aí Curso/Oficina de criação poética e musical, com Ronald Augusto

.

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

.

Curso/Oficina de criação poética e musical
A precisão do impreciso na poesia e na canção

Com Ronald Augusto

A partir de 28 de agosto de 2012,
Terças-feiras, das 19h às 21h

NA PALAVRARIA

Informações & Inscrições:
Com Ronald Augusto, pelo telefone  9948 0569
dacostara@gmail.com / www.poesia-pau.blogspot.com

Ronald Augusto dá continuidade à oficina de poesia que vem ministrando há cerca de 6 anos e que renderam, nas sucessivas edições, grandes diálogos e poemas surpreendentes a partir dos exercícios propostos.

Aos novos interessados
Desta vez a dinâmica da oficina incorpora uma novidade, ao longo de 12 encontros (um por semana – 3 meses no total), os participantes trocarão impressões exercitando a produção poética, a leitura crítica e a fruição estética, mas com dois momentos distintos e complementares, a saber, durante seis encontros o tema será a canção e a letra de música, e nos seis encontros restantes o tema será a linguagem poética. Nos dois momentos os participantes exercitarão o corpo-a-corpo dialógico acerca da produção individual e das soluções musicais e de linguagem dos seus pares.

Na análise dos experimentos dos participantes da oficina, Ronald Augusto aplicará conceitos como: função poética da linguagem, hermenêutica, relação da poesia com as outras artes, versificação tradicional e livre, etc. Em outras palavras, no exercício mesmo da leitura de prazer e da prática textual, os alunos se familiarizarão com noções fundamentais da arte da poesia e da canção.

Com relação à canção e à letra, o curso abordará a relação entre a palavra e a melodia a partir da perspectiva de uma valorização tanto das diferenças, quanto das interações possíveis entre esses campos da expressão verbal e musical. O que diferencia um poema de uma letra de música? É verdade que a letra não é bem poesia? O músico-letrista é um artista não-verbal? Na composição, o que vem primeiro, a música ou a letra? Essas e outras questões serão debatidas e experimentadas ao longo dos seis primeiros encontros do curso, cujo foco será o da prática da composição poético-musical, permitindo ao participante um conhecimento efetivo de alguns conceitos teóricos por meio do exercício criativo. Uma oficina viva e de trocas inventivas. Tal como a música, na essência a poesia se faz de um som e uma pausa.

PREÇO E FORMAS DE PAGAMENTO:
R$550,00 à vista
 ou em 2 parcelas de R$ 290,00;sendo a 1ª, no ato da inscrição e a segunda parcela em cheque.

____________________________________________________

 

Ronald Augusto é um escritor que atua em inúmeras áreas: é poeta, músico (integra a banda os poETs), letrista, ensaísta e possui ainda um trabalho significativo no âmbito da literatura. Suas produções foram publicadas em revistas literárias, bem como em antologias, dentre elas destacamos: A razão da Chama, organizada por Oswaldo de Camargo (1986), a revista americana Callaloo: African Brasilian Literature: a special issue, EUA (1995 e 2007), a revista alemã Dichtungsring Zeitschrift für Literatur, e outras. As principais temáticas presentes no repertório intelectual de Ronald Augusto referem-se à poesia contemporânea e à literatura negra no Brasil. Entre essas publicações um estudo referente à obra de Cruz e Sousa mereceu destaque e por este trabalho o escritor recebeu a Medalha de Mérito conferida pela Comissão Estadual para Celebração do Centenário de Morte de Cruz e Sousa. Atualmente Ronald Augusto realiza palestras e oficinas/cursos abordando assuntos como música, poesia contemporânea e visual. Em 2007 criou ao lado do poeta Ronaldo Machado a Editora Éblis, voltada para a poesia. Diretor associado do website WWW.sibila.com.br. Colaborador do caderno Cultura do Diário Catarinense.  Entre suas principais publicações destacamos Homem ao rubro, de 1983, Puya, com a primeira edição em 1987; e ainda um dos seus mais recentes trabalhos, que recebeu o nome de Confissões Aplicadas, publicado em 2004. Recentemente publicou pela editora Éblis o livro de poemas No assoalho Duro (2007) e Cair de costas (2012).

.

 

08
maio
12

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí Oficina de Língua Inglesa Com Anderson Borba

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Oficina de Língua Inglesa

Com Anderson Borba

.
Inscrições abertas 

.

De  01 de junho a 26 de outubro de 2012

NA PALAVRARIA

Carga horária: 40 horas (20 encontros de 2 horas)
Horário: as 14h15 às 16h15, às sextas-feiras
Investimento: R$ 500,00 ou 5 x R$100,00
Material disponibilizado pelo professor

Programa/Conteúdos:
– Aplicação de estratégias de leitura e interpretação de textos em níveis crescentes de dificuldade;
– Produção de textos;
– Atividades com áudio e vídeo como músicas, entrevistas, filmes etc;
– Oportunidades para conversação e discussão de temas específicos;
– Numerais;
– Vocabulário;
– Tempos verbais;
– Classes de palavras;
– Cognatos;
– Inferências;
– Afixos

PROFESSOR: Anderson Borba é graduado em Letras pela Universidade de Santa Cruz do Sul, com 8  anos de experiência no ensino de Língua Inglesa para jovens e adultos em escolas, cursos e aulas particulares.

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre

.

.

.

26
abr
12

Vem aí: Encontros com a literatura israelense contemporânea, com Leniza Kautz Menda

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Encontros com a literatura israelense contemporânea

Com a professora Leniza Kautz Menda


Leniza Kautz Menda é graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tradutora-Intérprete (Inglês) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tradutora Pública Juramentada de Língua Inglesa pela Junta Comercial do Rio Grande do Sul. Professora da Escola Técnica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pesquisadora em Literatura Israelense Contemporânea.

.

 

09
jan
12

Vem aí, dias 19 e 20 de janeiro: Oficina de Criatividade, com Lehgau-Z Qarvalho

.

.

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Oficina de Criatividade

com Lehgau-Z Qarvalho

.

Dias 19 e 20 de janeiro de 2012

Inscrições abertas

Investimento: R$ 90,00

.



.

 “O homem criativo não é o homem comum ao qual se acrescentou algo; o homem criativo é o homem comum do qual nada se tirou.” 

Abraham Maslow


A Oficina de Criatividade é uma atividade dinâmica e multidisciplinar que tem por objetivo resgatar as infinitas fontes criativas adormecidas em cada ser. Durante dois encontros passeia-se por várias áreas e atividades lúdicas trabalhando sempre questões relativas aos bloqueios e aos desbloqueios da capacidade criativa de cada participante.

Quando: Dias 19 e 20 de janeiro, às 18h30min

Onde: Na Palavraria – Vasco da Gama, 165 – Telefone: 3268 4260

Quanto: R$90,00 por participante

Lehgau-Z Qarvalho (nascido e registrado Alexandre Carvalho da Rosa) é jornalista por formação; artista gráfico por impulso; músico por amor e escritor por compulsão. Nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul; e renasceu na Internet, mundo. É autor do livro A Teoria das Sombras (2007 – Oikos Editora), da Coleção Gibicróbio (2010 – BIFE editorial) e da HQ Halvin & Caroldo (2011 – BIFE editorial); é ilustrador freelancer; é pós-graduado em Teoria da Comunicação; ministra cursos de desenho, de desinibição textual e escrita criativa, histórias em quadrinhos e oficinas de mini-comics na Palavraria, na Koralle, no Colégio Israelita, na Escola Projeto e em agências de propaganda, endomarketing e assessorias de comunicação em Porto Alegre, e na Universidade Feevale, em Novo Hamburgo; é palestrante e ministra oficinas sobre criatividade nos mais diversos lugares e para os mais diversos públicos; compôs, dirigiu, executou e coloriu o álbum de música experimental contemporânea Pintura Sônica (2007); é o idealizador do projeto Desenhando Na Rua; é criador do projeto Lori-Jel, que visa espalhar HQs pelo mundo, e da banda de música fictícia Traquitana Vulnerável; alimenta vinte blogs ao mesmo tempo; é diretor e editor da BIFE Editorial; vencedor do Primeiro GoGoComics Awards de mini-comics; compõe trilhas sonoras para teatro e espetáculos de dança; compôs, arranjou, gravou e lançou o single Samba Triste – o primeiro samba progressivo do mundo (2010/2011); e adora livros, música, HQs, produção independente, café(s), quindins, pistaches e outras coisas encantadas.

www.lehgau-z.blogspot.com

 

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

.

.

24
nov
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí Oficina de Criatividade, com Lehgau-Z Qarvalho

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Oficina de Criatividade

com Lehgau-Z Qarvalho

.

Dias 05 e 07 de dezembro de 2011

Inscrições abertas

.



.

 “O homem criativo não é o homem comum ao qual se acrescentou algo; o homem criativo é o homem comum do qual nada se tirou.” 

Abraham Maslow


A Oficina de Criatividade é uma atividade dinâmica e multidisciplinar que envolve fala, conversação, escrita, desenho, teatro, música, dobradura, recorte e bons sentimentos.
Durante dois encontros passeia-se por várias áreas e atividades lúdicas trabalhando sempre questões relativas aos bloqueios e aos desbloqueios da capacidade criativa de cada um. Ao final, os resultados são sempre os melhores possíveis, e cada participante constrói dicas e possibilidades para um dia-a-dia mais criativo e, por consequência, mais feliz.

Quando:
Dias 05 e 07 de dezembro, das 14:30 às 17:30

Onde:
Na Palavraria – Vasco da Gama, 165 – Telefone: 3268 4260

Quanto:
R$70,00 por participante

Lehgau-Z Qarvalho (nascido e registrado Alexandre Carvalho da Rosa) é jornalista por formação; artista gráfico por impulso; músico por amor e escritor por compulsão. Nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul; e renasceu na Internet, mundo. É autor do livro A Teoria das Sombras (2007 – Oikos Editora), da Coleção Gibicróbio (2010 – BIFE editorial) e da HQ Halvin & Caroldo (2011 – BIFE editorial); é ilustrador freelancer; é pós-graduado em Teoria da Comunicação; ministra cursos de desenho, de desinibição textual e escrita criativa, histórias em quadrinhos e oficinas de mini-comics na Palavraria, na Koralle, no Colégio Israelita, na Escola Projeto e em agências de propaganda, endomarketing e assessorias de comunicação em Porto Alegre, e na Universidade Feevale, em Novo Hamburgo; é palestrante e ministra oficinas sobre criatividade nos mais diversos lugares e para os mais diversos públicos; compôs, dirigiu, executou e coloriu o álbum de música experimental contemporânea Pintura Sônica (2007); é o idealizador do projeto Desenhando Na Rua; é criador do projeto Lori-Jel, que visa espalhar HQs pelo mundo, e da banda de música fictícia Traquitana Vulnerável; alimenta vinte blogs ao mesmo tempo; é diretor e editor da BIFE Editorial; vencedor do Primeiro GoGoComics Awards de mini-comics; compõe trilhas sonoras para teatro e espetáculos de dança; compôs, arranjou, gravou e lançou o single Samba Triste – o primeiro samba progressivo do mundo (2010/2011); e adora livros, música, HQs, produção independente, café(s), quindins, pistaches e outras coisas encantadas.

www.lehgau-z.blogspot.com

 

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

.

.

24
nov
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí Oficina de Histórias em Quadrinhos, com Lehgau-Z Qarvalho

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Oficina de Histórias em Quadrinhos

com Lehgau-Z Qarvalho

.

Dias 06 e 08 de dezembro de 2011

Inscrições abertas

.


.

 “O trabalho que fazemos é tão exigente como o que tem qualquer um dos grandes pintores.
Nada que apareça em uma página de HQ é acidental, antes passou por nossa mente e nossa imaginação.”

Will Eisner

A HQ ou História em Quadrinhos é, sem dúvidas, uma das artes e formas de comunicação mais populares do mundo. Sua história é longa e sólida. Ao contrário das belas-artes, que se baseiam na exclusividade de uma criação individual, a HQ moderna tem a ver com reprodução em massa, especializando-se em fazer com que tantas pessoas quanto possível entendam uma mensagem ou uma ideia nos mais variados formatos. Ou seja, a HQ é uma forma de arte de longo alcance e um instrumento de comunicação muito poderoso.

Além disso, a indústria dos quadrinhos muda todo dia e muito rapidamente. Velhos formatos se vão e outros nascem. Mas existem princípios narrativos que vêm demonstrando ao longo dos anos a sua eficácia; princípios que valiam há um século e continuarão valendo por, ao menos, mais um.

Quando:
Dias 06 e 08 de dezembro, das 14:30 às 17:30

Onde:
Na Palavraria – Vasco da Gama, 165 – Telefone: 3268 4260

Quanto:
R$70,00 por participante

Lehgau-Z Qarvalho (nascido e registrado Alexandre Carvalho da Rosa) é jornalista por formação; artista gráfico por impulso; músico por amor e escritor por compulsão. Nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul; e renasceu na Internet, mundo. É autor do livro A Teoria das Sombras (2007 – Oikos Editora), da Coleção Gibicróbio (2010 – BIFE editorial) e da HQ Halvin & Caroldo (2011 – BIFE editorial); é ilustrador freelancer; é pós-graduado em Teoria da Comunicação; ministra cursos de desenho, de desinibição textual e escrita criativa, histórias em quadrinhos e oficinas de mini-comics na Palavraria, na Koralle, no Colégio Israelita, na Escola Projeto e em agências de propaganda, endomarketing e assessorias de comunicação em Porto Alegre, e na Universidade Feevale, em Novo Hamburgo; é palestrante e ministra oficinas sobre criatividade nos mais diversos lugares e para os mais diversos públicos; compôs, dirigiu, executou e coloriu o álbum de música experimental contemporânea Pintura Sônica (2007); é o idealizador do projeto Desenhando Na Rua; é criador do projeto Lori-Jel, que visa espalhar HQs pelo mundo, e da banda de música fictícia Traquitana Vulnerável; alimenta vinte blogs ao mesmo tempo; é diretor e editor da BIFE Editorial; vencedor do Primeiro GoGoComics Awards de mini-comics; compõe trilhas sonoras para teatro e espetáculos de dança; compôs, arranjou, gravou e lançou o single Samba Triste – o primeiro samba progressivo do mundo (2010/2011); e adora livros, música, HQs, produção independente, café(s), quindins, pistaches e outras coisas encantadas.

www.lehgau-z.blogspot.com

 

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

.

.

04
out
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí REDAÇÃO NOTA 10 (Para Concursos, Vestibulares e Enem)

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

REDAÇÃO NOTA 10

(Para Concursos, Vestibulares e Enem)

Com Roberto Medina

de 8 de outubro a 26 de novembro de 2011

NA PALAVRARIA

HORÁRIO: Das 16h30min às 18h30min (sábados)

ENCONTROS: 8, 15, 22, 29 (OUTUBRO) e 12, 19 e 26 (NOVEMBRO)

INVESTIMENTO: 2 x de R$ 100,00

PÚBLICO ALVO: estudantes, concursistas, secretárias, universitários e aqueles que necessitam de uma melhor e eficiente comunicação escrita.

NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: De 10 a 15 alunos

INSCRIÇÕES ABERTAS

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260

Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre

De segunda a sábado, das 11 às 21h

 

EMENTA:

– Estrutura argumentativo-dissertativa;

– Coerência e coesão textuais;

– Linguagem e paragrafação;

– Desenvolvimento de temas;

– Revisão gramatical;

– Modelos de redação;

– Produção e avaliação de textos.

MINISTRANTE: Roberto Medina leciona português, inglês e francês em escolas, cursos preparatórios para concursos nacionais e internacionais. Foi professor de projetos literários na UDC – Faculdade Dinâmica Cataratas –, em Foz do Iguaçu. É editor e consultor de textos para editoras e autores independentes e ministra oficinas, cursos e palestras sobre temas literários e culturais em universidades e outras instituições no Rio Grande e no Paraná. Tem contos publicados na antologia 101 que contam e Brevíssimos (org. de Charles Kiefer), e lançou recentemente  o livro de poemas Pedrarias. É autor dos textos dramáticos Você precisa saber (peça teatral escrita para a Cia. Amadeus), Silêncio (peça teatral para o Teatro da Adega, SP), Até que (monólogo para a atriz Cláudia Ribeiro) e  Fernando Palavra (para a Cia G3).

.

.

25
ago
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí “Escrita de textos breves”, oficina com Eliana Mara de Freitas Chiossi

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Escrita de textos breves (o conto) – Modulo I

Oficina com Eliana Mara de Freitas Chiossi

.


Inscrições abertas 

.

A partir de 03 de setembro até 25 de novembro (sábados, das 16 as 18h30)

Valor: 350,00 à vista ou em dois pagamentos de 185,00

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

EMENTA: O ponto de partida da oficina é instrumentalizar a leitura. Tratar os elementos fundamentais da arquitetura da narrativa escrita em prosa (espaço, tempo, personagem) e analisar a rede de fatos que compõe a trama (conflito exterior ou interior), pensada enquanto embate de forças. Utilizando livremente várias fontes para constituir base teórica e crítica, o grupo vai se apropriar, também livremente, do que lhe interessar para construir uma espécie de “caixa de ferramentas”. E com esta caixa, re-escrever contos conhecidos, alterando elementos e enredo. A cada encontro haverá partilha de trechos realizados e textos completos, com abertura para sugestão de ajustes e perguntas complicadoras.  Uma das técnicas utilizadas será a de recortar cenas de filmes e usá-las como material de partida para escrita de contos. Caso haja material, alguns contos poderão receber orientação para que, trabalhados em sua extensão, se aproximem da estrutura da novela (a qual denominamos de  “treinamento para um romance”).

MINI CURRICULO

Eliana Mara Chiossi é paulistana. Atualmente, mora Porto Alegre. Fez parte do MPA-Movimento Popular de Arte, na zona leste de São Paulo, onde descobriu a paixão pela literatura e outras artes. Professora doutora (UFRGS/UFBA/UEFS), na área de Estudos Literários.

Tem um livro de contos, inédito, Mil Folhas e uma, que ficou entre os selecionados do concurso nacional SESC/Record (2006). Escreve em revistas eletrônicas e sites de literatura e cultura. Mantém o blogue “O mundo tem inscrições sempre abertas“.

Em 2009, publicou o livro Fábulas Delicadas, pela editora Escrituras, de São Paulo. Em Salvador, na UFBA, ministrou disciplinas de Criação Literária e fez parte da Comissão que elaborou a área de concentração Escrita Criativa para os Bacharelados Interdisciplinares, dentro do projeto REUNI. Tem realizado oficinas de escrita criativa em Porto Alegre (FESTPOA, Casa de Cultura Mario Quintana e Ponto de Cultura Ventre Livre, na Vila Jardim).

.

.

25
ago
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí “Os segredos da crônica”, curso/oficina de literatura com Eliana Mara Chiossi e Roberto Medina

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Os segredos da crônica


Curso/Oficina de literatura com Eliana Mara Chiossi e Roberto Medina

.


Inscrições abertas 

.

PERIODO: De 08 de setembro a 15 de dezembro

HORÁRIO: Das 16h às 18h (quintas-feiras)

INVESTIMENTO: 4 x de R$ 220,00

PÚBLICO ALVO: escritores, poetas, professores, jornalistas, estudantes e aqueles que amam a literatura e queiram estimular sua criatividade através da leitura e da escrita.

NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: De 10 a 15 alunos

 

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

 

Ao lermos uma crônica, envolvemo-nos, pelo prazer da leitura e proximidade com o gênero, o que nos permite ampliar nosso universo de conhecimento, pois somos instigados à interpretação, e, assim, avançamos como leitores: ultrapassamos a linearidade, rompemos com a paráfrase, passamos às relações necessárias à leitura polissêmica – aquela que de fato nos permite atuar como leitores críticos; adentramos, enfim, à riqueza do mundo discursivo como fenômeno prático, social e cultural.
Nas crônicas, a realidade dos fatos tratados numa contemporaneidade por nós vivida estimula, ao mesmo tempo, a busca da coerência do texto organizado bem como o estabelecimento de uma interação social e, assim, realizamos uma leitura que se apoia numa análise do discurso entendida como ação social permanente e também concentrada na ordem e organização.
PROGRAMA:

MOMENTO 1

· Apresentação do curso
· Crônica e incentivo à leitura
· Origens históricas do gênero
· Sentido original do termo
· Significado da palavra crônica
· Relação entre crônica e tempo
· Crônica como gênero jornalístico: o século XIX e o desenvolvimento do gênero
· O surgimento do folhetim
· Folhetinistas brasileiros famosos

MOMENTO 2

· Aspectos formais e temáticos da crônica, representantes da passagem do século XIX para o XX
· A crônica no início do século XX  – “a crônica como pão”
· Aspectos do folhetim-crônica do século XIX
· A crônica moderna – aspectos formais e temáticos
· Cronistas do pré-modernismo
· Leitura textos e de crônicas, com debate sobre aspectos formais e temáticos que anunciam a modernidade do gênero
· Crônica e temas transversais
· Debate sobre as possibilidades de uso interdisciplinar da crônica, com ênfase para a discussão do tema “Ética”

MOMENTO 3

· A crônica no modernismo – aspectos formais e temáticos
· Principais autores
· A crônica moderna – aspectos formais e temáticos
· Principais cronistas contemporâneos
· A importância da crônica como formadora de leitores
· O público da crônica

MOMENTO 4

· A crônica: gênero literário menor ou maior?
· Limites entre a crônica e outros gêneros literários
MOMENTO 5
– Apresentação de atividades relativas à crônica realizadas pelos participantes do curso.

 

MINISTRANTES:

Eliana Mara Chiossi é paulistana. Atualmente, mora Porto Alegre, mas vivia pertinho do mar, em Salvador. Fez parte do MPA-Movimento Popular de Arte, na zona leste de São Paulo, onde descobriu a paixão pela literatura e outras artes. Professora doutora (UFRGS/UFBA/UEFS), na área de Estudos Literários. Tem um livro de contos, inédito, Mil Folhas e uma, que ficou entre os selecionados do concurso nacional SESC/Record (2006). Escreve em revistas eletrônicas e sites de literatura e cultura. Em 2009, publicou o livro Fábulas Delicadas, pela editora Escrituras, de São Paulo. Tem realizado oficinas de escrita criativa em Porto Alegre (FESTPOA, Casa de Cultura Mario Quintana e Ponto de Cultura Ventre Livre, na Vila Jardim). Mantém o blogue O mundo tem inscrições sempre abertas (http://inscricoessempreabertas.blogspot.com).

Roberto Medina é escritor gaúcho, tradutor e professor de literatura. Lecionou, no Rio Grande do Sul e no Paraná, Retórica e Oratória no SENAC. É editor e consultor de textos para editoras e autores independentes e ministra oficinas, cursos e palestras sobre temas literários e culturais em universidades e outras instituições. Tem contos publicados nas antologias brevíssimos101 que contam (org. de Charles Kiefer), e em revistas eletrônicas. É autor do premiado pedrarias, publicado pela Redes Editora. Também escreveu os textos dramáticos Você precisa saber (Cia. Amadeus), Silêncio (Teatro da Adega, SP), Até que (monólogo para a atriz Cláudia Ribeiro) e Fernando em Pessoa (Cia G3).

.

25
ago
11

Cursos e oficinas na Palavraria: vem aí “Iniciação à escrita criativa”, oficina de literatura com Roberto Medina

Cursos e Oficinas na Palavraria

.

Iniciação à escrita criativa


Oficina de literatura com Roberto Medina

.


Inscrições abertas 

.

de 3 de setembro a 17 de dezembro de 2011

NA PALAVRARIA

HORÁRIO: Das 14h às 16h (sábados)

INVESTIMENTO: 4 x de R$ 150,00

PÚBLICO ALVO: escritores, poetas, professores, jornalistas, estudantes e aqueles que amam a literatura e queiram estimular sua criatividade através da leitura e da escrita.

NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA: De 10 a 15 alunos

 

Informações e inscrições na Palavraria: 51 3268 4260
Rua Vasco da Gama, 165 – Bom Fim – Porto Alegre
De segunda a sábado, das 11 às 21h

 

Em especial, a escrita criativa demarca seu território por meio de poemas, crônicas, contos, novelas, romances e peças de teatro, por exemplo. Dessa forma, podemos aguçar a curiosidade acerca de questionamentos relativos a talento, genialidade, poder criativo, técnicas de escrita e desvendamento crucial da leitura.

O homem necessita deslindar e simbolizar seus mundos e representá-los na Arte, tendo a língua portuguesa como ponto de partida: desafio e domínio.

Tanto a leitura como a escrita são formas de descobertas e de compreensão sobre o ser humano e as relações sociais entre eles: há uma potencialização em ambas.

DESTINADO A  Aspirantes a escritores e poetas, estudantes, professores e todos aqueles que amam a literatura.

OBJETIVOS:

– Estudar diferentes autores nacionais e internacionais de varias épocas;

– Descobrir chaves para melhor compreender e interpretar textos literários;

– Experenciar a maior gama possível de gêneros literários;

– Aprofundar o domínio da língua portuguesa para depois transgredi-la;

– Desenvolver técnicas capazes de expressar a escrita criativa enquanto “voz autoral”;

– Instigar a ampliação do arcabouço cultural do aprendiz para correlacioná-lo a aspectos interdisciplinares e intertextuais existentes no universo da escrita: cinema, artes plásticas, teatro, dança, por exemplo;

– Discutir o papel imposto e pretendido por autores da América Latina: periferia e centro da produção escrita.

EMENTA:

– Leitura de textos literários de gêneros variados. Análise e interpretação dos textos. Características principais de cada gênero. Atividades de escrita criativa. Produção escrita de textos a partir das leituras realizadas.

 

PROGRAMA:

–  O processo criativo na teoria e na prática;

–  Narração, descrição e texto poético;

–  A poesia, o conto e a crônica: características estruturais;

–  Narrador e eu-lírico;

–  Personagens e suas descrições;

–  Cenário: o espaço da narrativa;

–  O tempo na narração;

–  O romance;

–  Leitura e escrita de textos diversos;

 

Roberto Medina é escritor gaúcho, tradutor e professor de literatura. Lecionou, no Rio Grande do Sul e no Paraná, Retórica e Oratória no SENAC. É editor e consultor de textos para editoras e autores independentes e ministra oficinas, cursos e palestras sobre temas literários e culturais em universidades e outras instituições no Rio Grande do Sul e no Paraná. Tem contos publicados nas antologias brevíssimos101 que contam (org. de Charles Kiefer), e em revistas eletrônicas. É autor do premiado pedrarias, publicado pela Redes Editora. Também escreveu os textos dramáticos Você precisa saber (Cia. Amadeus), Silêncio (Teatro da Adega, SP),  Até que(monólogo para Cláudia Ribeiro) e Fernando em Pessoa (Cia G3).

.

.




julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 747.885 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: