Posts Tagged ‘Vereda Literária 2013

29
nov
13

Aconteceu na Palavraria, nesta sexta, 29, Vereda Literária: O deus dos insetos encontra a condição indestrutível de ter sido. Com Helena Terra, Monique Revillion e Leila de Souza Teixeira.

.

aconteceu

.

Aconteceu na Palavraria, nesta sexta, 29, Vereda Literária: O deus dos insetos encontra a condição indestrutível de ter sido. Helena Terra e Monique Revillion conversaram sobre seus livros lançados este ano, com mediação de Leila de Souza Teixeira.

.

helena & monique 01.

helena & monique 02helena & monique 03 helena & monique 04 helena & monique 05.

.

.

.

.

.

helena & monique 06helena & monique 07helena & monique 08helena & monique 09.

.

.

.

.

.

helena & monique 10helena & monique 11 helena & monique 12 helena & monique 13.

.

.

.

.

DSCN9727.

.

.

.

.

.

 

.

Palavraria - livros c.

 

Anúncios
29
nov
13

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, 30, Vereda Literária: Conversas de Taberna: Chaucer e outras referências etílicas. Com Gustavo Czekster, Francisco Botelho e Andrea Kahman

program sem

.

30, sábado, às 18h, Vereda Literária: Conversas de Taberna: Chaucer e outras referências etílicas. Gustavo Czekster e Francisco Botelho transformam a mesa da Vereda em mesa de bar, com a mediação de Andrea Kahman.
Encerramento da Vereda 2013: show de Cosme Rodrigues e Banda, com participação de Sociedade Cósmica .

gustavo melo czeksterGustavo Melo Czekster nasceu em Porto Alegre, em 1976. Cursou a oficina de criação literária de Luiz Antonio de Assis Brasil em 2000 e a de Léa Masina em 2001. É advogado e mestre em Literatura Comparada pela UFRGS. Em 2011, lançou o livro de contos “O homem despedaçado”, pela editora Dublinense.

josé francisco botelhoJosé Francisco Botelho sofre de um mal peculiar: o excesso de pseudônimos. Seu verdadeiro e espantoso nome é José Francisco Hillal Tavares de Junqueira Botelho, mas pode ser invocado indiferentemente como Francisco Hillal, Chico Botelho, José Francisco Tavares, J.F.H.T.J.B. et alii. Seja como for, a pessoa em questão nasceu em Bagé, em 1980, e formou-se em Comunicação Social na PUC-RS. É mestre em Letras pela UFRGS e trabalha com jornalismo e literatura desde os primórdios do milênio. É autor da coletânea de contos A árvore que falava aramaico, premiada pela Biblioteca Nacional e finalista do Prêmio Açorianos de 2012. É autor de uma tradução em versos dos Contos da Cantuária de Geoffrey Chaucer, publicada pela Penguin/Companhia das Letras em 2013. Em seu avatar jornalístico, é editor e redator da República – Agência de Conteúdos e colabora com publicações como Superinteressante, Aventuras na História e Aplauso.

andrea kahmann 1Andrea Kahmann é doutoranda em Literatura Comparada pela UFRGS.

 

.

vereda literária

.

4ª VEREDA LITERÁRIA – 2013

vereda literária

A VEREDA LITERÁRIA é um evento anual, próximo ao período da Feira do Livro de POA, mas fora das mediações da Praça da Alfândega (não com o propósito de oposição, mas com o de adição: propor mais um caminho, ou mais uma vereda, que fomente novas discussões literárias). A realização do evento não tem fins comerciais e não conta com patrocínio. Por isso, essa Vereda é fruto do trabalho e doação dos seus idealizadores, da parceria de amigos ligados a área da literatura e cultura, e, é claro, da boa vontade dos participantes das ‘mesas’.

Curadoria:
Leila  da Silva Teixeira

Idealização:
Cris MoreiraDaniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

Organização:
Daniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

.

.

.

28
nov
13

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 28, Vereda Literária: Lançamento do livro Niterói – Rock Underground – 1990-2010, de Pedro de Luna

.

aconteceu

.

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 28, Vereda Literária: Lançamento do livro Niterói – Rock Underground – 1990-2010, de Pedro de Luna

.

pedro de luna 01.

pedro de luna 02pedro de luna 03 pedro de luna 04 pedro de luna 05.

.

.

.

.

pedro de luna 06pedro de luna 07.

.

.

.

.

 

Palavraria - livros c.

 

28
nov
13

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 29, Vereda Literária: O deus dos insetos encontra a condição indestrutível de ter sido. Com Helena Terra, Monique Revillion e Leila de Souza Teixeira.

program sem

.

29, sexta, das 19h30 às 21h: O deus dos insetos encontra a condição indestrutível de ter sido. Helena Terra e Monique Revillion conversam sobre seus livros lançados este ano, com mediação de Leila de Souza Teixeira.

helena-terraHelena Terra é jornalista e escritora, ilustradora e artista plástica. Nasceu em Vacaria (RS), mas mora em Porto Alegre. Participou de oficinas literárias e publicou contos. A condição indestrutível de ter sido é sua estreia na narrativa longa.

monique-revillionMonique Revillion nasceu em São Leopoldo (RS), em 1960. Mora em Porto Alegre, onde se graduou em jornalismo. Tem contos publicados em antologias no Brasil e no exterior. Seu primeiro livro,Teresa, que esperava as uvas, recebeu o Prêmio Açorianos de Literatura de livro do ano em 2006.

.

.

 

4ª VEREDA LITERÁRIA

vereda literária 2013

A VEREDA LITERÁRIA é um evento anual, próximo ao período da Feira do Livro de POA, mas fora das mediações da Praça da Alfândega (não com o propósito de oposição, mas com o de adição: propor mais um caminho, ou mais uma vereda, que fomente novas discussões literárias). A realização do evento não tem fins comerciais e não conta com patrocínio. Por isso, essa Vereda é fruto do trabalho e doação dos seus idealizadores, da parceria de amigos ligados a área da literatura e cultura, e, é claro, da boa vontade dos participantes das ‘mesas’.  A proposta inicial são encontros entre autores novos ou mais experientes, com temas ligados ao fazer literário.  Convocamos todos que, como nós, são apaixonados por literatura para participar e construir essa nova Vereda.

Curadoria:
Leila  da Silva Teixeira

Idealização:
Cris MoreiraDaniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

Organização:
Daniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

.

.

.

27
nov
13

Aconteceu na Palavraria, nesta terça, 26, Vereda Literária 2013: A historiografia e a ficção, com Marcel Citro, Tailor Diniz e Gustavo Czkester

.

aconteceu

.

Aconteceu nesta terça, 26, na Vereda Literária 2013, A historiografia e a ficção: Marcel Citro e Tailor Diniz conversaram sobre a pesquisa histórica em seus livros, com mediação de Gustavo Czkester.

.

01.

0203 04 05.

.

.

.

.

.

0607 0809.

.

.

.

.

.

.

 

Palavraria - livros c.

 

26
nov
13

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 28, Vereda Literária: Lançamento do livro Niterói – Rock Underground – 1990-2010, de Pedro de Luna

program sem

.

28, quinta, das 19h às 21h: Vereda Literária: Rock e literatura. Pedro de Luna lança o livro “Niterói – Rock Underground – 1990-2010″ e conversa com os leitores.

Capa Niteroi Rock Underground

Niterói Rock Underground (1990-2010) mostra a transição da música (e por que não da cultura) no país e seus reflexos em Niterói-RJ. A revolução aconteceu no campo sociológico, político, estético, econômico e, claro, tecnológico. Da fita cassete, LP, VHS, fotocópia, fotografia em papel e o fax para o mp3 e o telefone celular, foi um longo caminho. E no meio dele não tinha uma pedra, e sim o fax, a popularização do computador pessoal com impressora, o CD, o DVD e o vídeo laser. E o Pedro. O processo de pesquisa consumiu dois anos. Começou através do seu imenso acervo pessoal de CDs, fitas demo, fotos, cartazes, fanzines e flyers. “Abri cada pasta no fundo do baú e a partir dali fui organizando tudo cronologicamente”, conta. “Depois realizei entrevistas com pessoas essenciais e conferi algumas informações através da internet e trocando e-mails”. Seu livro vem para cobrir uma lacuna na bibliografia do gênero.

Pedro de Luna - foto Paulo BelotePedro de Luna, 38 anos, formado em Comunicação Social pela UFF com MBA em Gestão Cultural pela UCAM, é jornalista, quadrinista e publicitário. Foi assessor de imprensa na Caixa Cultural, no CCBB e no festival Cinemúsica. Também foi assessor da Orquestra Sinfônica Nacional e do Teatro da UFF. Publicou seus quadrinhos diariamente no Jornal do Brasil, onde ainda mantém um blog. Com experiência em publicidade e no mercado editorial, foi Consultor de Comunicação na Petrobras (2010/2012) e redator de agências como Dia, GR−3, All−E e McCann Erickson. Trabalhou para a Microsoft ao mesmo tempo em que criou um portal de sk8 e escrevia uma coluna no site da MTV. Desde 2006 é colaborador do Jornal do Brasil e já escreveu para diversos jornais, sites e revistas. Em 2011 lançou o seu primeiro livro, “Niterói Rock Underground (1990−2010)”, no país e no exterior. É o criador do coletivo Arariboia Rock, criado em 2004.

Apoio:
El mapa de todos
el-mapa-de-todosProgramação completa aqui.

.

4ª VEREDA LITERÁRIA

vereda literária 2013

A VEREDA LITERÁRIA é um evento anual, próximo ao período da Feira do Livro de POA, mas fora das mediações da Praça da Alfândega (não com o propósito de oposição, mas com o de adição: propor mais um caminho, ou mais uma vereda, que fomente novas discussões literárias). A realização do evento não tem fins comerciais e não conta com patrocínio. Por isso, essa Vereda é fruto do trabalho e doação dos seus idealizadores, da parceria de amigos ligados a área da literatura e cultura, e, é claro, da boa vontade dos participantes das ‘mesas’.  A proposta inicial são encontros entre autores novos ou mais experientes, com temas ligados ao fazer literário.  Convocamos todos que, como nós, são apaixonados por literatura para participar e construir essa nova Vereda.

Curadoria:
Leila  da Silva Teixeira

Idealização:
Cris MoreiraDaniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

Organização:
Daniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

.

.

.

26
nov
13

Vai rolar na Palavraria, nesta quarta, 27,Vereda Literária: Teledramadurgia é literatura? Com Biagio D’Ângelo, Leonardo Wittmmann e Rafael Jacobsen.

program sem

.

27, quarta, das 19h30 às 21h: Teledramaturgia é literatura? Biagio D’Ângelo e Leonardo Wittmmann conversam sobre as relações da telenovela com a literatura, com mediação de Rafael Jacobsen.

biagio d´angelo_benjamin 02Biagio D’Angelo é mestre em Línguas e Literaturas Estrangeiras, área de Eslavística, pela Universidade de Veneza Ca’ Foscari (1992) e doutor em Teoria literária pela Universidade Russa de Estudos Humanísticos (1998). Lecionou literatura na Universidade Pázmany Peter, de Budapeste (Hungria), na PUC-SP e atualmente leciona Teoria da Literatura na PUC-RS (Faculdade de Letras). Dentre suas publicações, destacam-se Borges en el centro del universo (Lima, 2005), Las babas del sabio. Ensayos sobre la dislocación de la escritura (2007), Comparaciones en vertical. Conflictos mitológicos en las literaturas de América Latina, escrito com Paola Mildonian (2009), e Oriundos das palavras. A meta da literatura em Machado de Assis e Guimarães Rosa (Porto Alegre, Ed. UFRGS, 2011). Seu livro Benjamin. Poema com desenhos e músicas (São Paulo: Melhoramentos, 2011) ganhou o Premio Jabuti 2012 (1º lugar em Literatura Infantil-Juvenil).

leonardo wittmannLeonardo Wittmann – Formado em Produção Audiovisual – Cinema e Vídeo, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em 2007. Em 2008 cursou, na mesma universidade, a Oficina de Criação Literária do Professor Doutor Luiz Antonio de Assis Brasil. Atualmente, é mestrando em Escrita Criativa na Faculdade de Letras da PUCRS, com um projeto de roteiro de longa-metragem intitulado “Mãos de Concreto”, sob orientação do Prof. Dr. Carlos Gerbase. Dirigiu e co-roteirizou dois curtas-metragem: “O boxeador” (Histórias Curtas da RBSTV, 2009) e “Trajeto” (curta independente, 2011, exibido em festivais no RS e em São Paulo).

rafael bán-jacobsen 04Rafael Bán Jacobsen é professor, físico da UFRGS, pianista e escritor. É autor de Tempos & Costumes e de Solenar (ambos livros agraciados com o Prêmio Açorianos de Literatura) e também de Uma leve simetria (finalista do Prêmio Açorianos de Literatura e do Prêmio Livro do Ano da Associação Gaúcha de Escritores). O projeto de seu romance Imemorial das pedras (ainda inédito) foi contemplado com a Bolsa Funarte de Criação Literária. É o mais jovem membro da Academia Rio-Grandense de Letras.

 

4ª VEREDA LITERÁRIA

vereda literária 2013

.

A VEREDA LITERÁRIA é um evento anual, próximo ao período da Feira do Livro de POA, mas fora das mediações da Praça da Alfândega (não com o propósito de oposição, mas com o de adição: propor mais um caminho, ou mais uma vereda, que fomente novas discussões literárias). A realização do evento não tem fins comerciais e não conta com patrocínio. Por isso, essa Vereda é fruto do trabalho e doação dos seus idealizadores, da parceria de amigos ligados a área da literatura e cultura, e, é claro, da boa vontade dos participantes das ‘mesas’ A proposta inicial são encontros entre autores novos ou mais experientes, com temas ligados ao fazer literário.  Convocamos todos que, como nós, são apaixonados por literatura para participar e construir essa nova Vereda.

Curadoria:
Leila  da Silva Teixeira

Idealização:
Cris MoreiraDaniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

Organização:
Daniela Langer e Leila  da Silva Teixeira

.

.

.




agosto 2019
S T Q Q S S D
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 717.313 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: