24
out
14

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, Lançamento do livro A lição de anatomia do temível dr. Louison, romance de Enéias Tavares. Bate-papo do autor com Gustavo Czekster sobre literatura fantástica, com mediação de Gabriela Silva.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

25, sábado, 18h: Lançamento do livro A lição de anatomia do temível dr. Louison, romance de Enéias Tavares (Casa da Palavra). Bate-pap0 do autor com Gustavo Czekster sobre literatura fantástica, com mediação de Gabriela Silva.

lição de anatomia - enéias tavares

VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA A LIÇÃO DO DOUTOR?

a lição de anatomia do temível dr louison1911. Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo.

De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores: a exposição dos órgãos de suas vítimas.

A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos.

Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em brilhante reinvenção: Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, de Álvares de Azevedo, entre outros.

eneias tavaresEnéias Tavares tem 32 anos e mora em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. É doutor em Letras e especialista nos Livros iluminados de William Blake. Pesquisador, tradutor e escritor, leciona literatura clássica na Universidade Federal de Santa Maria. De ficção, publicou As idades do homem na Coletânea 40, da editora Libretos. Escreve à noite e à luz de castiçais.

.

Palavraria - livros a

.

.

23
out
14

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 24, Lançamento do livro A ficção na psicanálise – passagem pela Outra cena, organizado por Lúcia Serrano Pereira (org.). Bate-papo com os autores e leituras.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

24, sexta, 19h30: Lançamento do livro A ficção na psicanálise – passagem pela Outra cena, organizado por Lúcia Serrano Pereira (org.). Bate-papo com os autores e leituras. (Edição APPOA / Instituto APPOA)

a ficção na psicanálise

 

(…)A ficção na psicanálise transita pelas vias que foram se apresentando – a fantasia e a escrita, a relação escritor-criação, a figura do poeta e o contemporâneo, a transmissão de um estilo, o cinema e a imagem(…)

A noite de lançamento de A Ficção na Psicanálise – passagem pela Outra cena (Instituto APPOA/APPOA) será um encontro no clima da encruzilhada entre ficção e pela psicanálise. Além dos autógrafos, será feita a leitura de brevíssimos fragmentos na voz dos próprios autores, mantendo a atmosfera dos seminários que resultaram no livro. Os textos preservam o mesmo estilo coloquial das diferentes edições das conversas, sustentando a informalidade compartilhada.

    A Ficção na Psicanálise – passagem pela Outra cena é o resultado de dois anos de debates desenvolvidos durante os seminários A Ficção na Psicanálise: Freud, Lacan e os Escritores, que compõem o Quadro de Ensino do Instituto APPOA/APPOA. Obras de Freud, Lacan, Schnitzler, Anna G., Beckett, Fernando Pessoa, Giorgio Agamben, Pamuk, Shakespeare e Sófocles servem como ponto de partida para reflexões e também como fontes de inspiração para novas formulações. E a arte de Élida Tessler atravessando o livro. Mas há também os cineastas, os filósofos e as histórias infantis. As múltiplas interlocuções, reproduzidas e rigorosamente/cuidadosamente reelaboradas em forma de texto, oferecem a rara oportunidade de o leitor se sentir em pleno clima das discussões. A seguir, os textos que integram o livro.

 

APRESENTAÇÃO

A ficção na psicanálise - Lucia Serrano Pereira

 DAS FALAS

Freud e Schnitzler: a densa escritura do sonho – Pedro Heliodoro Tavares

Escritores criativos e devaneios – Luís Augusto Fischer e Marieta Luce Madeira

Gênese do sujeito da fantasia e na fantasiaDiana Lichtenstein Corso e

Mário Corso

Seminário a partir do livro Mon analyse avec le professeur Freud Anna G. – Lucia Serrano Pereira

Conversa sobre sonhos e ficção a partir do filme A Origem –

Robson de Freitas Pereira e Enéas Costa de Souza

Mínima ficção: resto e letra em Beckett - Maria Cristina Poli e Ana Costa

As Invenções poéticas e filosóficas de Fernando Pessoa – Enéas Costa de Souza

Samuel Beckett – Breve gramática do inominável - Edson Luiz André de Sousa

O poeta, o contemporâneo- Uma leitura do ensaio O que é o contemporâneo? De Giorgio Agamben – Sonia Mara M. Ogiba

Meu nome também é vermelho – Elida Starosta Tessler

 

DOS ESCRITOS

Édipo Rei na perspectiva de Jocasta - Kathrin Rosenfield

Fantasias uterinas, procriação e vulnerabilidade masculina em King Lear - Lawrence Flores Pereira

A FICÇÃO NA PSICANÁLISE – passagem pela Outra cena (Instituto APPOA/APPOA) – Org. Lucia Serrano Perreira – 382 páginas

R$ 59,00

.

Palavraria - livros a

.

.

21
out
14

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 23, Abertura da exposição fotográfica Cenas de Rua: Londres, verão de 2014, de Guilherme Rimoli

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

23, quinta, 19h: Abertura da exposição fotográfica Cenas de Rua: Londres, verão de 2014, de Guilherme Rimoli

exposição guilherme

A principal motivação era provar pra si mesmo que não é preciso “ser artista” para fazer arte. A partir do incentivo de amigos foi planejada a exposição, uma amostra de 25 fotografias das 2359 feitas pelas ruas de Londres em seu mais recente verão. São cenas de uma grande metrópole, mas o foco está nas pessoas.
guilherme rímoliGuilherme Rimoli Hillebrand, formado em comunicação social pela Famecos-PUCRS, é diretor de Criação e Planejamento da agência Duetto – Eventos de Marketing e tem na fotografia sua válvula de escape para o universo da arte.

.

Palavraria - livros a

.

.

21
out
14

Vem aí, na Palavraria, dia 4 de novembro: Escrita e imaginação, Oficina literária com Gonçalo M. Tavares

.

Cursos 2014

.

Escrita e imaginação

Oficina literária com Gonçalo M. Tavares

Dia 4 de novembro de 2014, das 10 às 12h30 e das 14 às 16h30

na Palavraria

20 vagas

 

Investimento: R$ 250,00 – à vista, em dinheiro

Gonçalo M. Tavares retorna a Porto Alegre este ano em promoção da FestiPoa Literária. Repetirá, na Palavraria Livros & Cafés, a oficina  Escrita e imaginação.

Programa da oficina:
A partir do livro O senhor Valéry, do autor (Edição Casa da Palavra) serão feitos exercícios práticos de aplicação de alguns conceitos, em redor da linguagem e da imaginação.
– Conceito de erro. Erro e criatividade.
Exercícios.
– Objectividade e subjectividade.
Racionalidade irracionalidade.
– Corpo, espaço e objectos.
– Conceito de arquivo.
Arquivo do corpo.
Arquivo do espaço.
Arquivo dos objectos.
Combinações de arquivos.
– Linguagem como base da arte.
Abstrato e concreto,
Pensamento criativo e linguagem.
– Linguagem privada. Noções de linguagem- Wittgenstein.
Jogos de linguagem.
Exercícios.
– Observação e arte
– Reparar – o acto de reparar e a arte.
– Ponto de vista (exercícios a partir de diferentes pontos de vista)

gonçalo m. tavaresGonçalo M.Tavares  nasceu em Luanda, em 1970, tendo ido logo a seguir para Portugal. Premiado e elogiado pela crítica, estreou em 2001 com Livro da dança, e vem se firmando como uma das maiores vozes do romance português contemporâneo. De sua autoria, já foram publicados no Brasil O homem ou é tonto ou é mulher1O senhor Valéry, entre outros.

Obras do autor encontram-se à venda na Palavraria.

 

Informações e inscrições: Palavraria Livros & Cafés
Rua Vasco da Gama, 165 – Telefone 32684260 – palavraria@palavraria.com.br

 

.

 

Palavraria - livros a.

.

21
out
14

Programação de 20 a 25 de outubro de 2014

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

20 a 25 de outubro de 2014

.

20, segunda, 19h: Clube de Leitura Especial – Encontro com o escritor Luiz Ruffato. Em foco seu mais recente romance Flores artificiais.

flores artificiais - capaO escritor Luiz Ruffato recebe em sua casa a correspondência de um desconhecido. Trata-se de um manuscrito, uma compilação de memórias que Dório Finetto, funcionário graduado do Banco Mundial, redigiu a partir de suas muitas viagens de trabalho. Como consultor de projetos na área de infraestrutura, Finetto percorreu meio mundo numa sucessão de simpósios, reuniões e congressos. A mente de engenheiro, no entanto, esconde um observador arguto e sensível, uma dessas pessoas capazes de se misturar com naturalidade num grupo de desconhecidos.
De Beirute a Havana, passando por Hamburgo, Timor Leste, Buenos Aires e incontáveis lugares mundo afora, Finetto colecionou grandes histórias e pequenos acontecimentos. Foi tão capaz de se misturar à vida local quanto de saber a hora exata em que o prudente é tomar distância e não se envolver. Por alguns momentos, fez parte da vida dessas pessoas. Em outros, foi protagonista involuntário do drama alheio. Às vezes, assistiu a essas realidades quase como de um periscópio.
Foi a partir dessas observações que Finetto compôs seu Viagens à terra alheia, o manuscrito que mandou ao conterrâneo Luiz Ruffato. E é este livro dentro do livro que Ruffato irá transformar no romance Flores artificiais. Partindo de um esqueleto ficcional, Ruffato – o autor, e não o personagem do próprio livro – irá embaralhar as fronteiras entre ficção e realidade, sem jamais perder de vista a força literária que é a grande marca de sua obra.

- – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – -

Clube de Leitura Penguim/Companhia das Letras – Palavraria

Inscrições gratuitas

O Clube de Leitura reúne, preferencialmente na primeira segunda-feira de cada mês, pessoas interessadas em ler e trocar idéias sobre obras da literatura clássica e contemporânea.
A primeira reunião foi em novembro de 2012, e desde então mais de uma dezena de livros já foram enfocados.
Em cada reunião os participantes escolhem as obras a serem discutidas nos próximos encontros e os respectivos mediadores, que serão sempre alternados.
Os participantes do Clube de Leitura terão um desconto de 10%, ao adquirirem na Palavraria os livros destinados à discussão.

Informações e inscrições na Palavraria
Rua Vasco da Gama, 165 – 51 3268 4260 – de segunda à sexta das 11 às 21h
ou pelo email palavraria@palavraria.com.br.

.

Palavraria - livros a

.

.

21, terça, 19h: Confraria de Leitura Reinações. Em foco o livro Do alto do meu chapéu, de Gláucia de Souza.

confraria reinações outubro

.

Palavraria - livros a

.

.

23, quinta, 19h: Abertura da exposição fotográfica Cenas de Rua: Londres, verão de 2014, de Guilherme Rímoli

exposição guilherme

A principal motivação era provar pra si mesmo que não é preciso “ser artista” para fazer arte. A partir do incentivo de amigos foi planejada a exposição, uma amostra de 25 fotografias das 2359 feitas pelas ruas de Londres em seu mais recente verão. São cenas de uma grande metrópole, mas o foco está nas pessoas.
guilherme rímoliGuilherme Rimoli Hillebrand, formado em comunicação social pela Famecos-PUCRS, é diretor de Criação e Planejamento da agência Duetto – Eventos de Marketing e tem na fotografia sua válvula de escape para o universo da arte.

.

Palavraria - livros a

.

.

24, sexta, 19h30: Lançamento do livro A ficção na psicanálise – passagem pela Outra cena, organizado por Lúcia Serrano Pereira (org.). Bate-papo com os autores e leituras. (Edição APPOA / Instituto APPOA)

a ficção na psicanálise

 

(…)A ficção na psicanálise transita pelas vias que foram se apresentando – a fantasia e a escrita, a relação escritor-criação, a figura do poeta e o contemporâneo, a transmissão de um estilo, o cinema e a imagem(…)

A noite de lançamento de A Ficção na Psicanálise – passagem pela Outra cena (Instituto APPOA/APPOA) será um encontro no clima da encruzilhada entre ficção e pela psicanálise. Além dos autógrafos, será feita a leitura de brevíssimos fragmentos na voz dos próprios autores, mantendo a atmosfera dos seminários que resultaram no livro. Os textos preservam o mesmo estilo coloquial das diferentes edições das conversas, sustentando a informalidade compartilhada.

    A Ficção na Psicanálise – passagem pela Outra cena é o resultado de dois anos de debates desenvolvidos durante os seminários A Ficção na Psicanálise: Freud, Lacan e os Escritores, que compõem o Quadro de Ensino do Instituto APPOA/APPOA. Obras de Freud, Lacan, Schnitzler, Anna G., Beckett, Fernando Pessoa, Giorgio Agamben, Pamuk, Shakespeare e Sófocles servem como ponto de partida para reflexões e também como fontes de inspiração para novas formulações. E a arte de Élida Tessler atravessando o livro. Mas há também os cineastas, os filósofos e as histórias infantis. As múltiplas interlocuções, reproduzidas e rigorosamente/cuidadosamente reelaboradas em forma de texto, oferecem a rara oportunidade de o leitor se sentir em pleno clima das discussões. A seguir, os textos que integram o livro.

 

APRESENTAÇÃO

A ficção na psicanálise - Lucia Serrano Pereira

 DAS FALAS

Freud e Schnitzler: a densa escritura do sonho – Pedro Heliodoro Tavares

Escritores criativos e devaneios – Luís Augusto Fischer e Marieta Luce Madeira

Gênese do sujeito da fantasia e na fantasiaDiana Lichtenstein Corso e

Mário Corso

Seminário a partir do livro Mon analyse avec le professeur Freud Anna G. – Lucia Serrano Pereira

Conversa sobre sonhos e ficção a partir do filme A Origem –

Robson de Freitas Pereira e Enéas Costa de Souza

Mínima ficção: resto e letra em Beckett - Maria Cristina Poli e Ana Costa

As Invenções poéticas e filosóficas de Fernando Pessoa – Enéas Costa de Souza

Samuel Beckett – Breve gramática do inominável - Edson Luiz André de Sousa

O poeta, o contemporâneo- Uma leitura do ensaio O que é o contemporâneo? De Giorgio Agamben – Sonia Mara M. Ogiba

Meu nome também é vermelho – Elida Starosta Tessler

 

DOS ESCRITOS

Édipo Rei na perspectiva de Jocasta - Kathrin Rosenfield

Fantasias uterinas, procriação e vulnerabilidade masculina em King Lear - Lawrence Flores Pereira

A FICÇÃO NA PSICANÁLISE – passagem pela Outra cena (Instituto APPOA/APPOA) – Org. Lucia Serrano Perreira – 382 páginas

R$ 59,00

.

Palavraria - livros a

.

.

25, sábado, 18h: Lançamento do livro A lição de anatomia do temível dr. Louison, romance de Enéias Tavares (Casa da Palavra). Bate-pap0 do autor com Gustavo Czekster sobre literatura fantástica, com mediação de Gabriela Silva.

lição de anatomia - enéias tavares

VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA A LIÇÃO DO DOUTOR?

a lição de anatomia do temível dr louison1911. Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo.

De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores: a exposição dos órgãos de suas vítimas.

A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos.

Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em brilhante reinvenção: Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, de Álvares de Azevedo, entre outros.

eneias tavaresEnéias Tavares tem 32 anos e mora em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. É doutor em Letras e especialista nos Livros iluminados de William Blake. Pesquisador, tradutor e escritor, leciona literatura clássica na Universidade Federal de Santa Maria. De ficção, publicou As idades do homem na Coletânea 40, da editora Libretos. Escreve à noite e à luz de castiçais.

.

Palavraria - livros a

.

.

16
out
14

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 17, Debate Perspectivas sobre a composição e o estudo de canção popular, com Bianca Obino, Felipe Azevedo, Fernando Lewis de Mattos e Guto Leite. Promoção da Festipoa revisitada.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

 

17, sexta, 19h: Debate Perspectivas sobre a composição e o estudo de canção popular, com Bianca Obino, Felipe Azevedo, Fernando Lewis de Mattos e Guto Leite. Promoção da Festipoa revisitada.

Bianca Obino convida Killy Freitas 013Bianca Obino é Bacharel em Canto Lírico pela UFRGS, Bianca agrega ao seu currículo diversos cursos, workshops e masterclasses de aperfeiçoamento nas áreas de canto lírico, canto popular, técnica vocal e fisiologia do canto com reconhecidos professores e fonoaudiólogos. Entre os cursos, participou do Florence Opera International Masterclass, cidades de Florença e Prato (Itália), em 2009, e certificou-se nos três níveis do método Somatic Voiceworktm, nas cidades de Nova Iorque e Winchester (EUA), em 2011. Atualmente, desenvolve uma temporada de estudos na Inglaterra: na Bath SPA University, ela desenvolverá seu mestrado em Composição e Canção. Suas composições estão registradas no CD Artesão, lançado em 2013.

FELIPE AZEVEDOFelipe Azevedo é compositor, violonista e arranjador. Vencedor de quatro prêmios Açorianos no RS: Menção especial – Balaio de Cordas 1999; Melhor Compositor MPB 2001; Melhor Trilha composta para espetáculo de Dança 2002 e Melhor Instrumentista MPB 2005. Além do Tamburilando, tem três álbuns lançados: Cimbalê (1998), Identidades (2002) junto com o acordeonista suíço, Olivier Forel e Percussìvé ou a prece do louva-a-deus (2007).  

fernando lewis de mattosFernando Lewis de Mattos (Porto Alegre, 1963) é compositor, arranjador, professor, musicólogo e instrumentista. Cursou música na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ingressou no seu quadro docente em 1987 e posteriormente obteve grau de mestre em 1997 com a dissertação A Salamanca do Jarau de Luiz Cosme: Análise Musical e História da Recepção Crítica, obtendo nota máxima. Sua tese de doutorado enfocou também a produção de Luiz Cosme, sendo intitulada Estética e Música na Obra de Luiz Cosme. Tem grande número de obras compostas para os mais varidos gêneros e formações instrumentais e vocais, algumas das quais tem sido gravadas no Brasil e no exterior e recebido premiações. É um autor freqüentemente ouvido nos concertos da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, da Orquestra de Câmara da ULBRA e da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Suas atividades se estendem ainda às áreas do cinema e do teatro, criado trilhas sonoras, da pesquisa, com investigações em música eletrônica, da direção artística de grupos musicais, e do ensaio, escrevendo textos críticos, desenvolvendo pesquisas sobre a música gaúcha e apresentando obras gravadas de outros compositores.

guto leiteGuto Leite. Poeta, músico, compositor, professor. Poeta dos livros “zero um” (2010), “Poemas Lançados Fora” (7Letras, 2007), “Sintaxe da Última Hora” (Scortecci, 2006) e “Reflexos” (FEME, 2000), além de premiado em concursos literários e presente em diversas coletâneas de poesia. Linguista pela Unicamp, especialista, mestre e doutorando em Literatura Brasileira pela UFRGS. Atualmente trabalha como professor temporário de Literatura Brasileira na UFRGS.www.gutoleite.com.br. Teve recentemente seu livro inédito “Entrechos” agraciado no Açorianos 2012 com o prêmio Criação Literária.

.

Palavraria - livros a

.

.

15
out
14

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 16, Primeiras Leituras: Ismael Caneppele lê trechos de seu novo livro Só a exaustão traz a verdade, a ser lançado no final de outubro. Mediação de Kelli Pedroso.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

16, quinta, 19h: Primeiras Leituras: Ismael Caneppele lê trechos de seu novo livro Só a exaustão traz a verdade, a ser lançado no final de outubro (Editora Pergamus). Mediação de Kelli Pedroso. 

Ismael caneppeleIsmael Caneppele já é uma das mais importantes revelações da literatura brasileira contemporânea. Além de escrever romances, divide seu tempo desenvolvendo argumentos e roteiros para cinema e viajando para pequenas cidades, preferencialmente cortadas por trilhos de trem. Morou na Alemanha e na Croácia, onde foi assistente de direção em ópera e ator de teatro. “Música para quando as luzes se apagam” é seu primeiro título publicado. Atualmente reside em São Paulo. Seu segundo livro “Os Famosos e os Duendes da Morte” foi filmado pelo diretor Esmir Filho (jovem cineasta premiado em Cannes e criador do Tapa na Pantera). A produção do longa foi feita pela Dezenove Som e Imagens, de Sara Silveira, importante nome do cinema brasileiro. O roteiro é assinado por ele e Esmir Filho.

kelli pedrosoKelli Pedroso é editora e escritora, autora do livro O sexo das antas.

.

.

Primeiras leituras são encontros mensais para se conhecer, em primeira mão, livros que estão na iminência de serem publicados. Promoção da Festipoa Revisitada.

.

Palavraria - livros a

.

.




outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias

Blog Stats

  • 442,556 hits

Comunidade

Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.436 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: