23
set
14

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 26, Conversas Afinadas convida para Contribuições de Rubem Alves: conversando sobre psicanálise, literatura e educação, com Adriane de Rose e Dalila Frota. Coordenação de Bianca Sanchotene. Promoção do Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicoterapia – IEPP

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

 

.

26, sexta, 18h: Conversas Afinadas convida para Contribuições de Rubem Alves: conversando sobre psicanálise, literatura e educação, com Adriane de Rose e Dalila Frota. Coordenação de Bianca Sanchotene. Promoção do Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicoterapia – IEPP

conversas afinadas iepp

A proposta deste encontro será discutir sobre a obra de Rubem Alves e suas contribuições para a literatura, psicanálise e educação.

Rubem Alves faleceu em Julho deste ano e deixou uma obra que muito contribui para as práticas em educação e psicanálise. O autor era teólogo, educador, psicanalista e doutor em filosofia. A literatura e a poesia o acompanharam em sua trajetória. Propomos às convidadas que tragam seu olhar sobre a obra do autor, entrelaçando com suas experiências na área da psicanálise e educação.

Contribuirão neste encontro:

Adriane de Rose  (psicóloga, sócia graduada do IEPP, coordenadora do grupo de contos)

Dalila Frota (pedagoga, pós- graduada em psicopedagogia, orientação escolar e supervisão na área de educação especial)

 

.

Palavraria - livros a.

.

 

23
set
14

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 25, Lançamento do livro Teatro de Mauro Rasi 2 – bate-papo com Luís Francisco Wasilewski, com o tema O teatro besteirol dos anos 80 e a importância de Mauro Rasi pra a dramaturgia brasileira.

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

 

25, quinta, 19h: Lançamento do livro Teatro de Mauro Rasi 2 – bate-papo com Luís Francisco Wasilewski, com o tema O teatro besteirol dos anos 80 e a importância de Mauro Rasi pra a dramaturgia brasileira. (Editora Giostri)

TEATRO-DE-MAURO-RASI-VOLUME-2Neste volume, mais três textos teatrais que demonstram a força cada vez maior da dramaturgia de Mauro Rasi. Um dos pais do “besteirol” que tomou os palcos brasileiros na década de 1980, Rasi deixou diversos textos engraçados, críticos e também emocionantes. É o caso dos que foram selecionados para este livro. Através da evocação de dramas familiares, do dia a dia de um casal cheio de paranoias e de outro, já mais velho, que está na pior depois de uma vida nadando em dinheiro, faz-se recortes do Brasil moderno, com inteligência, humor e, acima de tudo, talento criador.

Luís Francisco WasilewskiLuís Francisco Wasilewski nasceu em 6 de setembro de 1980, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. É licenciado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRG e mestre em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP). Na mesma universidade, cursa o Doutorado em Literatura Brasileira a partir de 2010. Começa a trabalhar como crítico e repórter teatral do Jornal Palco & Plateia, editado pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, em 1998. De 1998 até 2000, é jurado dos Prêmios Açorianos e Tibicuera, promovidos pela mesma Secretaria. Dentro da UFRGS, atua como pesquisador sobre a obra de Qorpo-Santo, o que lhe confere 2 prêmios, um em 1999 e outro em 2002. Colabora, também, com artigos para o Jornal da UFRGS. Em 2004 e 2005, atua na equipe de Criação do Catálogo de Dramaturgia Brasileira, vencedor do Prêmio Shell de Teatro RJ, em 2006. A partir de 2007, torna-se repórter e crítico teatral do site Aplauso Brasil. Nos anos de 2008 e 2009, trabalha como redator de verbetes da Enciclopédia de Teatro Brasileiro do Itaú Cultural. Em 2009, colabora como pesquisador para o livro Vedetes do Teatro Brasileiro, a ser lançado pela Coleção Aplauso, além de escrever o roteiro e fazer a produção do espetáculo A Casa das 3 Irenes. Lança, em 2010, o livro Isto é Besteirol:O Teatro de Vicente Pereira.

 

.

Palavraria - livros a.

.

 

23
set
14

Aconteceu na Palavraria, nesta segunda, 22, Lançamento do livro A vez de morrer, romance de Simone Campos

.

aconteceu

.

22, segunda, 19h: Lançamento do livro A vez de morrer, romance de Simone Campos (Cia das Letras)

.

simone campos 01.

simone campos 02simone campos 03 simone campos 04 simone campos 05.

.

.

.

.

.

.

.

Palavraria - livros c.

 

21
set
14

Programação de 22 a 27 de setembro de 2014

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

De 22 a 27 de setembro de 2014

.

22, segunda, 19h: Lançamento do livro A vez de morrer, romance de Simone Campos (Cia das Letras)

a vez de morrer - simone camposQuando Izabel voltou a passar seus fins de semana em Araras, a casa da família estava praticamente abandonada. Desde a morte do avô, Izabel e sua mãe pouco se interessaram pelo lugar. A mãe, inclusive, sempre achou que a casa precisava ser vendida. Nas duas últimas décadas, a região serrana do Rio de Janeiro se convertera num veraneio para ricos e famosos, e pouco lembrava a Araras de antigamente, com seus sítios e chácaras familiares. O terreno, hipervalorizado como tudo no Estado do Rio, acertaria de vez a vida das duas.

O que poderia vir a calhar, principalmente para Izabel, que vem descobrindo na pele as agruras de trabalhar como freelancer. Entre pagamentos atrasados e a escassez generalizada de serviços, pouco resta a ela senão distrair a cabeça na casa de Araras. E um fim de semana na serra logo vira outro e outro e outro. Aos poucos, o ar de abandono vai dando lugar a uma casa viva, como se aquelas ruínas estivessem sendo reconstruídas pela memória de Izabel. Sem perceber, ela se vê praticamente morando na serra.

Como ocorre em todo ponto turístico, Araras é feita de duas cidades. Na temporada, vicejam as lojinhas e restaurantes, as ruas coalhadas de gente. Durante a semana, são os moradores que ocupam a praça, a sorveteria e as igrejas, que parecem brotar do chão. E é justamente essa segunda cidade que atrairá Izabel.

O gerente da lan house, cheio de grandes aspirações profissionais, ou sua irmã, eternamente envolvida com a complexa cultura evangélica da região. Ou ainda o amigo do Rio, que pretende instaurar um polo tecnológico ao lado de Araras. Ou a amiga casada, que vai pra debaixo dos seus lençóis. No cruzamento dessas vidas, Simone Campos constrói peça a peça uma trama de alta voltagem sexual, um retrato de geração ao mesmo tempo ácido e delicado, violento e bucólico.

simone camposSimone Campos nasceu no Rio de Janeiro, em 1983. Estreou na literatura com No shopping, publicado em 2000. Seguiram-se a este o romance A feia noite (2006), a ficção científica Penados y rebeldes (2006), o volume de contos Amostragem complexa (2009) e o livro-jogo Owned (2011). Mestre em literatura pela UERJ, a autora figura, ainda, em inúmeras antologias de contos. Twitter: @fillepenchee

.

Palavraria - livros a.

.

23, terça, 19h: Lançamento do livro Aprendendo português através de gêneros literários, de Marco Antonio Bonfoco (Editora Buqui)

aprendendo portuguêsEste livro é um manual de trabalho cujo objetivo didático é melhorar o desempenho dos estudantes da educação básica na leitura e interpretação de textos. Os exercícios não têm a pretensão de propor uma análise exaustiva dos textos, muito menos de sugerir uma única via de leitura para eles. Certamente, são adequados para o início de trabalho com o texto poético. A revisão teórica é igualmente modesta e se determinaram duas finalidades: apresentar algumas ideias e conceitos em torno da estrutura da poesia e propor uma atividade de aplicação.

Marco Antonio Bonfoco tem graduação em Letras (1997) pela Universidade de Passo Fundo, Mestrado (2001) e Doutorado (2005) em Letras, na área de Linguística Aplicada, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Lecionou nos cursos de graduação e de pós-graduação da Faculdade de Tecnologia SENAC (2006-8). É autor de “Introdução à Linguística” (Porto Alegre: Brejo Bibliobureau, 2012) e de “Aprendendo Português Através de Gêneros Literários” (Porto Alegre: Buqui, 2014). É membro do Núcleo de Estudos em Tecnologias Digitais na Educação (NETE/UFRGS).

.

Palavraria - livros a.

.

25, quinta, 19h: Lançamento do livro Teatro de Mauro Rasi 2 – bate-papo com Luís Francisco Wasilewski, com o tema O teatro besteirol dos anos 80 e a importância de Mauro Rasi pra a dramaturgia brasileira. (Editora Giostri)

TEATRO-DE-MAURO-RASI-VOLUME-2Neste volume, mais três textos teatrais que demonstram a força cada vez maior da dramaturgia de Mauro Rasi. Um dos pais do “besteirol” que tomou os palcos brasileiros na década de 1980, Rasi deixou diversos textos engraçados, críticos e também emocionantes. É o caso dos que foram selecionados para este livro. Através da evocação de dramas familiares, do dia a dia de um casal cheio de paranoias e de outro, já mais velho, que está na pior depois de uma vida nadando em dinheiro, faz-se recortes do Brasil moderno, com inteligência, humor e, acima de tudo, talento criador.

Luís Francisco WasilewskiLuís Francisco Wasilewski nasceu em 6 de setembro de 1980, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. É licenciado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRG e mestre em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP). Na mesma universidade, cursa o Doutorado em Literatura Brasileira a partir de 2010. Começa a trabalhar como crítico e repórter teatral do Jornal Palco & Plateia, editado pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, em 1998. De 1998 até 2000, é jurado dos Prêmios Açorianos e Tibicuera, promovidos pela mesma Secretaria. Dentro da UFRGS, atua como pesquisador sobre a obra de Qorpo-Santo, o que lhe confere 2 prêmios, um em 1999 e outro em 2002. Colabora, também, com artigos para o Jornal da UFRGS. Em 2004 e 2005, atua na equipe de Criação do Catálogo de Dramaturgia Brasileira, vencedor do Prêmio Shell de Teatro RJ, em 2006. A partir de 2007, torna-se repórter e crítico teatral do site Aplauso Brasil. Nos anos de 2008 e 2009, trabalha como redator de verbetes da Enciclopédia de Teatro Brasileiro do Itaú Cultural. Em 2009, colabora como pesquisador para o livro Vedetes do Teatro Brasileiro, a ser lançado pela Coleção Aplauso, além de escrever o roteiro e fazer a produção do espetáculo A Casa das 3 Irenes. Lança, em 2010, o livro Isto é Besteirol:O Teatro de Vicente Pereira.

 

.

Palavraria - livros a.

.

26, sexta, 18h: Conversas Afinadas convida para Contribuições de Rubem Alves: conversando sobre psicanálise, literatura e educação, com Adriane de Rose e Dalila Frota. Coordenação de Bianca Sanchotene. Promoção do Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicoterapia – IEPP

conversas afinadas iepp

A proposta deste encontro será discutir sobre a obra de Rubem Alves e suas contribuições para a literatura, psicanálise e educação.

Rubem Alves faleceu em Julho deste ano e deixou uma obra que muito contribui para as práticas em educação e psicanálise. O autor era teólogo, educador, psicanalista e doutor em filosofia. A literatura e a poesia o acompanharam em sua trajetória. Propomos às convidadas que tragam seu olhar sobre a obra do autor, entrelaçando com suas experiências na área da psicanálise e educação.

Contribuirão neste encontro:

Adriane de Rose  (psicóloga, sócia graduada do IEPP, coordenadora do grupo de contos)

Dalila Frota (pedagoga, pós- graduada em psicopedagogia, orientação escolar e supervisão na área de educação especial)

 

.

Palavraria - livros a.

.

27, sábado, 17h: Lançamento do livro Olhares Avessos, contos de Angela Gerst Ferreira, Claudia Lemos, Isabelle Fontrin, Laura Schneider, Luiza Silva e Maria Cristina Petrucci Sole.

olhares avessos

olhares avessos capaEm “Olhares Avessos”, está presente um caleidoscópio da vida. Seja nas narrativas regionais produzidas pela escrita telúrica de Maria Cristina; na abordagem crua de dramas humanas cosmopolitas de Isabelle; no peso das vidas solitárias retratadas por Cláudia; através de personagens conformados e sobreviventes de Angela;na visão romântica de Laura, em sua concepção poética e esperançosa; ou, seja, finalmente, no viés bem humorado e fantástico, presente nos contos da Luiza.

As autoras:

olhares avessos

 

.

Palavraria - livros a.

.

21
set
14

Aconteceu na Palavraria, nesta quinta, 18, Lançamento do livro O último saladeiro,de Diego Irigoyen Pereira. Apresentação de áudio-visual sobre o livro.

.

aconteceu

.

18, quinta, 19h: Lançamento do livro O último saladeiro,de Diego Irigoyen Pereira. Apresentação de áudio-visual sobre o livro.

.

diego irigoyen 01.

diego irigoyen 02diego irigoyen 03 diego irigoyen 04 diego irigoyen 05 diego irigoyen 06.

.

.

.

.

.

.

 

.

.

.

Palavraria - livros c.

 

19
set
14

Vai rolar na Palavraria, na próxima terça, 23, Lançamento do livro Aprendendo português através de gêneros literários, de Marco Antonio Bonfoco

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

23, terça, 19h: Lançamento do livro Aprendendo português através de gêneros literários, de Marco Antonio Bonfoco (Editora Buqui)

aprendendo portuguêsEste livro é um manual de trabalho cujo objetivo didático é melhorar o desempenho dos estudantes da educação básica na leitura e interpretação de textos. Os exercícios não têm a pretensão de propor uma análise exaustiva dos textos, muito menos de sugerir uma única via de leitura para eles. Certamente, são adequados para o início de trabalho com o texto poético. A revisão teórica é igualmente modesta e se determinaram duas finalidades: apresentar algumas ideias e conceitos em torno da estrutura da poesia e propor uma atividade de aplicação.

Marco Antonio Bonfoco tem graduação em Letras (1997) pela Universidade de Passo Fundo, Mestrado (2001) e Doutorado (2005) em Letras, na área de Linguística Aplicada, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Lecionou nos cursos de graduação e de pós-graduação da Faculdade de Tecnologia SENAC (2006-8). É autor de “Introdução à Linguística” (Porto Alegre: Brejo Bibliobureau, 2012) e de “Aprendendo Português Através de Gêneros Literários” (Porto Alegre: Buqui, 2014). É membro do Núcleo de Estudos em Tecnologias Digitais na Educação (NETE/UFRGS).

.

Palavraria - livros a.

.

 

17
set
14

Vai rolar na Palavraria, na próxima segunda, 22, lançamento do livro A vez de morrer, romance de Simone Campos

.

ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

.

22, segunda, 19h: Lançamento do livro A vez de morrer, romance de Simone Campos (Cia das Letras)

a vez de morrer - simone camposQuando Izabel voltou a passar seus fins de semana em Araras, a casa da família estava praticamente abandonada. Desde a morte do avô, Izabel e sua mãe pouco se interessaram pelo lugar. A mãe, inclusive, sempre achou que a casa precisava ser vendida. Nas duas últimas décadas, a região serrana do Rio de Janeiro se convertera num veraneio para ricos e famosos, e pouco lembrava a Araras de antigamente, com seus sítios e chácaras familiares. O terreno, hipervalorizado como tudo no Estado do Rio, acertaria de vez a vida das duas.

O que poderia vir a calhar, principalmente para Izabel, que vem descobrindo na pele as agruras de trabalhar como freelancer. Entre pagamentos atrasados e a escassez generalizada de serviços, pouco resta a ela senão distrair a cabeça na casa de Araras. E um fim de semana na serra logo vira outro e outro e outro. Aos poucos, o ar de abandono vai dando lugar a uma casa viva, como se aquelas ruínas estivessem sendo reconstruídas pela memória de Izabel. Sem perceber, ela se vê praticamente morando na serra.

Como ocorre em todo ponto turístico, Araras é feita de duas cidades. Na temporada, vicejam as lojinhas e restaurantes, as ruas coalhadas de gente. Durante a semana, são os moradores que ocupam a praça, a sorveteria e as igrejas, que parecem brotar do chão. E é justamente essa segunda cidade que atrairá Izabel.

O gerente da lan house, cheio de grandes aspirações profissionais, ou sua irmã, eternamente envolvida com a complexa cultura evangélica da região. Ou ainda o amigo do Rio, que pretende instaurar um polo tecnológico ao lado de Araras. Ou a amiga casada, que vai pra debaixo dos seus lençóis. No cruzamento dessas vidas, Simone Campos constrói peça a peça uma trama de alta voltagem sexual, um retrato de geração ao mesmo tempo ácido e delicado, violento e bucólico.

simone camposSimone Campos nasceu no Rio de Janeiro, em 1983. Estreou na literatura com No shopping, publicado em 2000. Seguiram-se a este o romance A feia noite (2006), a ficção científica Penados y rebeldes (2006), o volume de contos Amostragem complexa (2009) e o livro-jogo Owned (2011). Mestre em literatura pela UERJ, a autora figura, ainda, em inúmeras antologias de contos. Twitter: @fillepenchee

.

Palavraria - livros a.

.

 




setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Categorias

Blog Stats

  • 434,389 hits

Comunidade

Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.398 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: