Posts Tagged ‘Programação da semana

02
mar
15

Programação de 2 a 7 de março de 2015

. ESTA SEMANA NA PALAVRARIA b.

2, meu nome é vermelhosegunda, 19h: Clube de Leitura: Meu nome é vermelho, de Orhan Pamuk.

 

Meu nome é Vermelho alia narrativa policial, uma história de amor proibido e reflexões sobre as culturas do Ocidente e do Oriente. A trama se passa em Istambul, no fim do século XVI. Para comemorar o primeiro milênio da Hégira (a fuga de Maomé para Meca), o sultão encomenda um livro para demonstrar a riqueza do Império Otomano. Para provar a superioridade do mundo islâmico, porém, as imagens devem ser feitas com técnicas de perspectiva da Itália renascentista. As intenções secretas do sultão logo dão margem a especulações, desencadeando uma onda de intrigas, e um dos artistas que trabalhava no livro é assasinado. Ao mesmo tempo, desenrola-se o caso de amor entre o Negro, que voltara a Istambul após doze anos de ausência, e a bela Shekure. Construída por dezenove narradores – entre eles um cachorro, um cadáver e o pigmento cuja cor dá nome ao livro -, a história surpreende pela exuberância estilística, que reflete o encontro de duas culturas. orhan pamukOrhan Pamuk nasceu em 1952, em Istambul. Principal romancista turco da atualidade, já foi traduzido para mais de quarenta idiomas e ganhou o prêmio Nobel de literatura em 2006. Foi um dos primeiros turcos a falar abertamente sobre o massacre de armênios promovido pela Turquia no início do século XX.

. Palavraria - livros a 3, terça, 19h: Lançamento do livro Os jovens e a rua, de Anelise Gregis Estivalet. Bate-papo e autógrafos.

os jovens e a ruaPesquisar acerca de meninos/as que vivem nas ruas do Brasil não é uma tarefa fácil. Ao contrário, é uma proposta que trilha caminhos tortuosos e difíceis. Primeiro, porque pesquisamos sobre crianças e jovens que experimentam o abandono e a sobrevivência nas ruas. Segundo, porque uma criança ou um jovem é levado pelos contextos social e familiar a ter esse tipo de vida. Ir para a rua torna-se a última alternativa, constituindo, antes de tudo, um ato de coragem. A rua constitui-se em um espaço possível, uma estratégia de sobrevivência. Trazer à tona o discurso dos jovens em situação de rua em nossa sociedade, ou seja, dos sem-lugar, é, primeiramente, um ato libertador. Portanto, é uma forma de tentar libertar aqueles que frequentemente estão em uma situação de invisibilidade. Anelise Gregis Estivalet é Cientista Social graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2003. Licenciada em Ciências Sociais pela UFRGS em 2005. Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense (2008). Doutoranda em Ciências Sociais pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2014). É socióloga e atua principalmente nos seguintes temas: juventude, gênero, cidadania, violência e políticas públicas. Autora do livro Os jovens e a rua: trajetórias dos sem-lugar (Appris, 2014).

. Palavraria - livros a .

 

5, quinta, 19h: Lançamento do livro Algumas mulheres do mundo, de Chiquinha. (Mórula Editorial)

 

algumas mulheres 1.jpg Reunindo quase 200 cartuns “Algumas mulheres do mundo”, de Chiquinha, é um retrato bem-humorado do comportamento feminino. Com 192 páginas, o livro conta com prefácio da antropóloga Mirian Goldenberg, que descreve as mulheres de Chiquinha como “extremamente irreverentes e dramaticamente insatisfeitas” e que elas “ensinam que rir de si mesmas é fundamental para quebrar clichês, tabus e estereótipos”. Laerte Coutinho, que assina a quarta capa, lembra ainda que os desenhos de Chiquinha representam “nossa busca por equilíbrio entre o grotesco e o gracioso, o patético e o encantador, o terror do fracasso e a esperança de um empate honroso”. CHIQUINHAChiquinha: Gaúcha de Porto Alegre, Fabiane Bento Langona é autora de quadrinhos, cartunista, e jornalista. Publicou pela primeira vez em mídia impressa em 2005, na sessão “Abre Alas” do Jornal do Brasil e desde então não parou mais. Teve seus desenhos publicados nas revistas Mad, F. Humor, Eca Magazine, Ragú, Caros Amigos, Imprensa, Vip, Gloss, Bravo!, Mundo Estranho, na eslovena Stripburguer (onde representou o Brasil em edição comemorativa ao 13th City of Women International Festival of Contemporary Arts), entre outras. Publicou  em 2011 a história em quadrinhos Uma patada com carinho.

. Palavraria - livros a .

.

7, sábado, 18h: Isabel Nogueira e convidados: vestígios violeta e story telling em homenagem ao dia da mulher. Participam: Gilberto Oliveira, Davi Covalesky, Luciano Zanatta, Gabriel Gottardo, Roberto Steyer. Histórias inéditas de monique revillion, em recriação ficcional sobre as compositoras interpretadas. Direção cênica de Luciana Eboli.

 

Palavraria - livros a . .

Anúncios
23
abr
13

Vai rolar na Palavraria, nesta quinta, 25, Sarau PsicanArte – O amor na contemporaneidade

program sem

.

 

25, quinta, 19h30: Sarau PsicanArte – O amor na contemporaneidade, com Maria Celia Detoni e Marisa Eizirik. Promoção de Estudos Integrados de Psicoterapia Psicanalítica – ESIPP.

sarau psicanarte

.

O ESIPP – Estudos Integrados de Psicoterapia Psicanalítica abre seu Sarau PsicanArte de 2013 com um tema atual e instigante: “Amor na contemporaneidade”. Através deste deste momento passaremos a questionar esse sentimento profundo e complexo, que na sociedade muitas vezes  acaba recebendo varias nuances e percepções ao longo da historia do homem.

Marisa Faermann Eizirik: Psicóloga, Mestre e Doutora em Educaçã/o pela UFRGS. Diretora de INCLUDE – Ações Inclusivas. Coordenadora do Comitê de Estudos sobre Poder da SPRGS. Coordenadora da Comissão Científica  Jornada de Psicologia SPRGS-2013. É autora dos livros Michel Foucault, um pensador do presente (UNIJUÍ (2005, 2 ed) e Educação e escola: a aventura institucional (AGE, 2001) e co-autora de A escola (In) visível: jogos de poder, saber, verdade (UFRGS, 2005, 2 ed.).

Maria Célia Detoni é Psicoterapeuta, Mestre em Educação e Autora do Livro: Artesania Clínica.

.

.

20
abr
13

Programação de 22 a 26 de abril de 2013

program sem

.

22, segunda, 19h: Lançamento do livro Pensar a cultura, Fronteiras do Pensamento.

pensar a cultura

.

.

23, terça, 19h: Lançamento do livro Romeu e Julieta: uma história de amor infame, de Paulo Leônidas e Carlos Raimundo Pereira. Bate-papo com os autores. ATENÇÃO: ADIADO 

.

.

25, quinta, 19h30: Sarau PsicanArte – O amor na contemporaneidade, com Maria Celia Detoni e Marisa Eizirik. Promoção de Estudos Integrados de Psicoterapia Psicanalítica – ESIPP.

sarau psicanarte

.

.

19
abr
13

Vai rolar na Palavraria, nesta segunda, 22: Lançamento do livro Pensar a Cultura

program sem

.

22, segunda, 19h: Lançamento do livro Pensar a Cultura,  primeiro volume da nova série Fronteiras do Pensamento.  organizado por Cassiano Elek Machado (Editora Arquipélago).

pensar a cultura

Pensar a cultura é o primeiro livro de uma série que se propõe a colocar em discussão os temas mais instigantes do mundo contemporâneo. Resultado de uma parceria entre o Fronteiras do Pensamento e a Arquipélago Editorial, a coleção tem como lastro o sólido repertório acumulado pelo ciclo de conferências ao longo dos últimos anos. Para aumentar a diversidade de ideias, cada obra terá o acréscimo de material inédito, como entrevistas, artigos e ensaios visuais.

Este volume de estreia, organizado pelo jornalista Cassiano Elek Machado, reúne o pensamento de grandes artistas e intelectuais – entre eles, dois ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura, os romancistas Mario Vargas Llosa e Orhan Pamuk – em torno das questões culturais. O debate é ampliado com a publicação das conferências do cineasta Wim Wenders, do escritor Michel Houellebecq, do jornalista Tom Wolfe e do escultor Richard Serra. Para completar, uma entrevista exclusiva do crítico Tzvetan Todorov, um artigo do romancista Mia Couto e um ensaio visual da artista plástica Mayana Redin.

.

.

 

19
abr
13

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, 20: Lançamento do livro A espiral, de Tuca Rosa

program sem

.

20, sábado, 19h: Lançamento do livro A espiral, de Tuca Rosa 

espiral

Amante da poesia desde criança, Tuca Rosa abriu as gavetas, arrecadou os cadernos de escritos que guarda deste a infância e selecionou uma primeira leva de textos, que compõe seu primeiro livro de poemas. Segundo o compositor Flávio Oliveira, que assina a apresentação de “A Espiral”, Tuca Rosa mostra sua força poética em linguagem sutil e delicada, revelada na contramão das modas. Por tabela, “faz com que mergulhemos em nossas perplexidades, ao mesmo tempo em que nos joga para fora, fazendo com que nos defrontemos com a realidade complexa de um mundo de fissuras e incompletudes”. O livro foi estruturado em sete partes, em uma organização que faz sentido para a autora, mas que talvez não tenha lógica nenhuma para o leitor. “Essa é a melhor parte. Não sei o que estou dizendo para o leitor nos poemas, pois ele tem a leitura dele”, avalia a escritora. Em relação aos temas, há o tempo, a passagem de tudo, a efemeridade – vida e morte, afinal.

.

.

 

19
abr
13

Vai rolar na Palavraria, neste sábado, AGES Entrevista Aberta, com Marlon Almeida, Marcel Citro e Sidnei Schneider

program sem

.

20, sábado, 11h: AGES Entrevista Aberta. Marlon Almeida recebe Marcel Citro e Sidnei Schneider para bate-papo e leitura de textos

ages poesia blues

marcel citroMarcel Citro é gaúcho de Porto Alegre. Bacharel em Direito e em Administração de Empresas pela UFRGS, foi funcionário do Banco do Brasil, auditor do Tesouro Nacional e é atualmente magistrado. Contista premiado (2º e 1º lugares no concurso Histórias do Trabalho – edições 1994 e 1996), escreveu A Noite do Sáurio, livro de contos publicada em 2004 pela Editora Movimento, e Travessia – quinze contos peregrinos, publicado pela Editora da Cidade em 2011. Publicou em 2012, pela Editora Libretos, o romance Outonos de sangue.

SIDNEI SCHNEIDERSidnei Schneider é poeta, tradutor e contista. Autor dos contos de Andorinhas e outros enganos (Dhamer, 2012) e dos livros de poesia Quichiligangues (Dahmer, 2008), Plano de Navegação (Dahmer, 1999) e tradutor de Versos Singelos/José Martí (SBS, 1997). Participa de Poesia Sempre (Biblioteca Nacional/MinC, 2001), Antologia do Sul (Assembléia Legislativa, 2001), O Melhor da Festa 1 e 2 (Nova Roma, 2009; Casa Verde, 2010). 1º lugar no Concurso de Contos Caio Fernando Abreu, UFRGS, 2003 e 1º lugar em poesia no Concurso Talentos, UFSM, 1995, de um total de treze premiações. Publicou artigos, poemas, contos e traduções de poesia em jornais e revistas. Participa do projeto ArteSesc e é membro da Associação Gaúcha de Escritores.

marlon almeidaMarlon de Almeida é doutor em Letras pela UFRGS com tese sobre a poesia de Guilhermino Cesar. É autor dos livros: Histórias de um domingo qualquer (1994), Domingo desde a esquina (1997), Domingo de futebol (1997), Domingo de chuva (2000), Malabares ou clube dos incomparáveis (2003) – livro indicado ao Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira, Prosa do mar (7Letras/2008), vencedor do Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores e do recente O pistoleiro e o guarda-meta de Bagé e outros poemas de acontecido (2012).

.

 

16
abr
13

Vai rolar na Palavraria, nesta sexta, 19, o lançamento do livro livro Ranking dos maiores campeões de futebol do Brasil, de Flávio Scholant

program sem

.

19, sexta, 19h: Lançamento do livro Ranking dos maiores campeões de futebol do Brasil, de Flávio Scholant (Editora Alcance)

ranking dos maioresVocê sabe quem é o maior vencedor entre todos os clubes brasileiros de futebol? E seu time do coração, em que posição estará entre os campeões? Quem está melhor posicionado? Grêmio ou Internacional? Palmeiras ou Corinthians? Flamengo ou Fluminense? Pois o engenheiro Flávio Scholant responde estas e outras questões em seu livro Ranking dos Maiores Campeões de Futebol do Brasil, que em breve será lançado pela Editora Alcance.

Um vasto trabalho de pesquisa foi feito para buscar todos os títulos oficiais registrados nas federações estaduais, CBF, Conmebol e FIFA, ao longo dos 110 anos de histórias de campeonatos dos clubes brasileiros, desde o primeiro Paulista, em 1902, vencido pelo São Paulo Athletic, até os atuais títulos de 2012.

Os critérios de elaboração do ranking foram criados antes de qualquer análise da pontuação dos clubes ou estados de maneira que o resultado fosse o mais justo possível e com a total isenção necessária.

A obra lista mais de 370 clubes de todos os recantos do Brasil em ordem de conquistas. Somando pontos através de competições oficiais desde os regionais passando pelo Brasileiro, Libertadores, Mundial.

O livro ainda traz um grande apanhado histórico com todos os vencedores de todos os campeonatos estaduais do Brasil desde seus inícios, além dos ganhadores da Libertadores, campeonato Brasileiro, Robertão, e outros torneios de relevância.

Uma obra de referência para todos os amantes do futebol.

flávio scholantFlávio Scholant nasceu em Bagé, no Rio Grande do Sul, e reside atualmente em Tramandaí, no mesmo Estado. Formou-se em Engenharia Civil, em 1986, pela UFRGS e Engenharia de Petróleo, em 2004, através do curso de formação da Universidade da Petrobras, onde trabalha até hoje. Faz sua estreia no mundo literário apresentando este trabalho de pesquisa e criação no qual desenvolve uma metodologia para definir um ranking histórico para o futebol brasileiro.

.

 




setembro 2019
S T Q Q S S D
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Categorias

Blog Stats

  • 721.812 hits
Follow Palavraria – Livros & Cafés on WordPress.com
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: